Curadoria de vídeos

Aécio Neves apoia João Leite na televisão

28 de outubro de 2016



Renan vai à guerra

27 de outubro de 2016

27 de outubro de 2016

Renan vai à guerra

A quarta foi um dia agitado para o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB). Em discurso (vídeo), anunciou uma série de medidas.
 
Fará dois recursos ao Supremo. Em um, afirma que a ação da Polícia Federal contra o Senado só poderia ser ordenada pelo próprio STF. No outro, representa o juiz Vallisney Oliveira, que autorizou a operação contra a Polícia Legislativa, perante o Conselho Nacional de Justiça. O objetivo é anular a operação e repreender o juiz.
 
Além disso, Renan pôs em regime de urgência uma PEC para acabar com as aposentadorias de juízes e membros do MP condenados por improbidade administrativa. Hoje, são afastados em definitivo do cargo com o salário integral.
 
Renan defendeu, ainda, a aprovação da lei contra abuso de autoridade. Entrevistado pelo Estadão, o decano da Força Tarefa da Lava Jato defende uma lei mais forte contra abusos. Mas vê, nas entrelinhas deste projeto, a permissão de que qualquer investigado processe juiz ou procurador pela maneira como interpreta as leis. Procedimentos contra réus poderosos viriam acompanhados de sérios riscos pessoais.

A presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, marcou para a quinta, dia 3 de novembro, o julgamento que definirá se um réu pode ocupar cargos situados na linha sucessória da Presidência. Renan está muito próximo de se tornar réu da Lava Jato.

Outro ministro do STF, Luís Roberto Barroso, está em campanha contra o foro privilegiado para autoridades.

A Folha conta quem é Vallisney Oliveira, o magistrado chamado de juizeco por Renan.

Temer não vai se meter na briga entre o presidente do Senado e a Justiça, informa Jorge Bastos Moreno.

E o conflito aberto não vai atrapalhar o trâmite da PEC do Teto no Senado, diz Kennedy Alencar.

Curtas

Com dados do Ibope, José Roberto de Toledo faz uma análise interessante do eleitor brasileiro. 36% são politizados, escolhem cedo o candidato e, destes, dois terços têm partido preferido. Se informam pela internet e, nela, debatem muito. 26% são igualmente politizados, discutem política com a família e amigos, tendem a se informar pela imprensa tradicional ainda que online. Estes costumam se decidir pelo candidato no final da campanha. Por fim, 38% não têm qualquer interesse em política e só votam obrigados. Destes, 84% sequer iriam às urnas caso não fossem obrigados. (Estadão)

Quem voltar ao trabalho após se aposentar não terá direito a correção do benefício. A decisão do Supremo poupará até R$ 7,7 bilhões por ano à Previdência. (Folha)

E a AGU cogita ir à Justiça pedir ressarcimento de quem recebeu a mais por conta de desaposentadorias. (Globo)

Ainda não entendeu a PEC do Teto? Você não está sozinho. A briga virou apenas uma repetição da guerra do impeachment, em que os mesmos times cerram fileiras de um lado e do outro e mais repetem números imprecisos do que buscam compreender. Uma análise diferente.

Eduardo Cunha virou réu de novo. Ele e outro ex-presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, são acusados de desvios na Caixa. A decisão é do juiz Vallisney Oliveira. Aquele mesmo. (Estadão)

A doutora Janaína Pascal teme que a Rússia invada o Brasil. Vai que…

ERRATA: diferentemente do que o Meio publicou na edição de ontem, o deputado federal Bebeto (PSB-BA), único que virou o voto no segundo turno de avaliação da PEC do Teto, não é o jogador tetracampeão. Aquele, embora também baiano, é deputado estadual pelo PDT do Rio.

Multidões tomaram as ruas da Venezuela contra Nicolás Maduro.

Trump parece Brizola? Pois lembra sim, de acordo com um grupo de velhos brizolistas, informa Lauro Jardim.

O cerco a Mossul em fotos.

O Partido Pirata deve vencer as eleições na Islândia, sábado. Entre seus planos, oferecer passaporte para Edward Snowden. E escrever uma Constituição colaborativa.

Viver

O sexo da mulher que não casou

Nas últimas semanas, o livro Future Sex explodiu no mundo falado em inglês. Resenhado pelos veículos mais sofisticados: New Yorker, New York Times, Financial Times, quase todas as revistas femininas. Sua autora é a jornalista Emily Witt, 34 anos, que não casou. E, num repente, começa a se perguntar: acaso nunca case, como seria sua vida sexual? E, nessa, além: que tipo de vida há para uma mulher adulta que não casa? Será que ainda vivemos num tempo em que apenas no casamento há felicidade? Future Sex conta o resultado desta investigação. De encontros marcados online a experiências com poliamor, da pornografia virtual a cursos de masturbação, além de muitas conversas. Um livro a respeito de solidão e independência, afinal, assim como um estudo sobre quem somos hoje.
 
Em tempo: Witt formou-se pela excelente Universidade Brown em Estudos Brasileiros.

A lama tóxica da Samarco que ainda se encontra em Mariana (MG) pode agravar a tragédia ambiental. (Folha)

Cotidiano Digital

Um PC para designers, da Microsoft

A Microsoft dobrou as apostas contra a Apple e entrou pesado no ramo de multimídia, principalmente design 3D e realidade virtual. No evento de ontem, lançou um update para o Windows 10 com ferramentas para criação em três dimensões. O Paint, incrivelmente, ganhou também um upgrade. Paint 3D. Óculos de realidade virtual estão entre as novidades. O Surface, seu misto de notebook e tablet também ganhou nova versão.
 
O maior destaque, porém, é o Surface Studio (vídeo). O primeiro computador de mesa da marca, com o monitor mais fino do mercado. Uma tela de 28 polegadas que retrai e, por ser sensível ao toque, se porta também como prancheta. O vídeo impressiona.
 
Aliás… A Apple lança novos computadores hoje. Será transmitido ao vivo a partir das 15h (Brasília).

Ler o WhatsApp sem disparar as setinhas azuis: cinco técnicas.

Casos em que hackers se meteram na internet das coisas.

Cultura

Turnê do Sepultura no Brasil terá Lobão como convidado especial. Por conta do posicionamento do músico carioca à direita, gerou polêmica. Os shows ocorrerão em Belém (25/11), Goiânia (09/12), Recife (10/12) e Vitória (17/12).

A quarta temporada de Sherlock estreia, no Reino Unido e EUA, em 1º de janeiro. Nada confirmado para o Brasil. Este vídeo, com legendas, trata do primeiro episódio.

Game of Thrones, próxima temporada: spoilers.

Superman, uma biografia não autorizada. Ou quase: livro traça a evolução do personagem em oito décadas.



A Microsoft apresenta o Surface Studio

26 de outubro de 2016



Renan fala ao Senado em 26 de outubro de 2016

26 de outubro de 2016



Quarto Gol de Brasil 4 x 1 Itália, na Copa de 1970

25 de outubro de 2016



Renan Calheiros ataca juízes por conta de operação da PF no Senado

25 de outubro de 2016

“Um juizeco de primeira instância não pode, a qualquer momento, atentar contra um poder”, disse o presidente do Senado, Renan Calheiros. “Busca e apreensão no Senado só pode se fazer por decisão do Supremo Tribunal Federal.” O que o vídeo da TV Senado não mostra é a complementação. Renan chamou os métodos da PF de fascistas. Classificou a operação no Parlamento, sexta-feira, de crise institucional. E voltou suas metralhadoras contra o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes.



José Dirceu presta depoimento ao Juiz Sergio Moro

24 de outubro de 2016

Não se trata de pena, mas de reconhecimento. Vale assistir aos minutos finais do depoimento de José Dirceu ao juiz Sérgio Moro, na última sexta. Em seu rosto, o custo de estar preso por um crime.



Congresso acusa Maduro de Golpe, na Venezuela

24 de outubro de 2016

24 de outubro de 2016

Congresso acusa Maduro de Golpe, na Venezuela

A Venezuela entrou em profunda crise institucional durante o fim de semana. O Congresso acusa o presidente Nicolás Maduro de ter dado um Golpe de Estado, na quinta-feira. Ameaça abrir um processo de impeachment. No domingo, enquanto os parlamentares estavam em sessão especial, o prédio da Assembleia Nacional foi invadido por militantes governistas e houve violência.
 
Na quinta, o Conselho Nacional Eleitoral (CNE) mandou suspender a coleta de assinaturas para autorizar referendo constitucional que pode encerrar antecipadamente o mandato do presidente. A expectativa era de que a oposição conseguiria as 4 milhões de assinaturas legalmente necessárias para disparar a consulta popular. Mas o governo tem controle do CNE e abortou o processo.
 
A sessão da Assembleia não tem poder legal e um impeachment dificilmente seguirá seu curso. A Suprema Corte, composta por ministros chavistas, determinou que o Legislativo nacional está em desacato enquanto não destituir três deputados acusados de comprar votos. Suas decisões não têm valor legal. Mas a crise econômica, no país, que gera desemprego e escassez de produtos, faz do governo do PSUV cada vez mais impopular. O partido fundado por Chávez está há 17 anos no poder.

A polícia de Renan

Três dos quatro policiais legislativos presos pela Polícia Federal, na sexta-feira, foram liberados domingo. Quem permanece detido é Pedro Araújo Carvalho, o diretor da corporação. Ele é acusado de ter montado uma operação ilegal de contraespionagem para retirar escutas autorizadas judicialmente nas residências dos senadores Fernando Collor (PTC), Gleisi Hoffmann (PT) e Edson Lobão Filho (PMDB), além do ex-senador José Sarney.
 
Em entrevista ao Fantástico, o policial legislativo que delatou a operação diz ter medo das consequências. (Com vídeo)

A uma semana da eleição

A capa da revista Veja que circula no Rio de Janeiro apresenta as fotografias de um jovem Marcelo Crivella preso, em 1990. Na época pastor, segundo a revista, o hoje candidato se revoltou contra um rapaz que reivindicava posse de um terreno onde seria erguida uma Igreja Universal. Crivella respondeu em vídeo, pelo Facebook. No Globo, o colunista Lauro Jardim revela que delação do ex-diretor da Petrobras, Renato Duque, envolve Crivella na Lava Jato. Ele teria pedido auxílio para a campanha ao Senado, em 2010. O candidato também nega.

Enquanto isso, seu concorrente, Marcelo Freixo, pode anunciar esta semana uma Carta aos Cariocas, afastando-se das alas mais radicais do PSOL. Segundo o Estadão, a ex-secretária da Fazenda de Eduardo Paes, a economista liberal Eduarda La Rocque, se juntou à equipe do candidato para adaptar seu programa de governo.

Vem de Belo Horizonte a mais incrível declaração de um candidato no segundo turno. Alexandre Kalil (PHS): “Eu roubo, mas não peço propina.” Foi no debate de sexta-feira, devidamente registrada em vídeo. O ex-presidente do Atlético Mineiro pediu desculpas pelo YouTube.
 

Curtas

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), quer agilizar trâmite de projeto de lei de sua autoria para coibir abuso de responsabilidade, especialmente por policiais ou Ministério Público. Há resistência no Senado. O projeto é visto como retaliação à Lava Jato. (Globo)

Petrobras começa sua lenta recuperação após rombo provocado pela Lava Jato. (Estadão)

Arena Corinthians foi presente para Lula, afirma Emílio Odebrecht. (Folha)

Três de cada quatro juízes brasileiros recebem remunerações acima do teto constitucional de R$ 33.763 mensais. (Globo)

Cotidiano Digital

O negócio do ano

O maior negócio do ano vem sendo combinado faz apenas dois meses. No sábado, a AT&T anunciou que comprará o grupo Time Warner, pagando 36% acima do valor de cada ação. A empresa de telecomunicações gastará US$ 85,4 bilhões em dinheiro e ações, resultando numa fusão.
 
É o movimento mais impressionante de um jogo que vem se desenhando no mercado americano. Com o avanço do digital em nossas vidas, as empresas de infraestrutura de telecomunicações temem perder importância, meras fornecedoras de um serviço de necessidade pública, mas incapazes de se distinguir umas das outras. Por isso, vêm buscando assumir ao menos em parte o conteúdo que circula por seus cabos e antenas.
 
Acaso os reguladores autorizem a fusão, a AT&T leva para casa marcas como HBO, CNN e Warner Bros.

Curtas

O grupo hacker Anonymous declarou via Twitter que prepara um ataque DDoS. Neste tipo de ofensiva, milhões de conexões simultâneas sobrecarregam servidores. Na sexta, três ondas seguidas de ataques DDoS derrubaram metade da internet americana.

O aplicativo Telecine Play poderá ser assinado sem pacote de TV a cabo. É a partir do ano que vem, o objetivo é servir de concorrente nacional do Netflix. (O que, aliás, pode forçar o app americano a melhorar a seleção de filmes.)

Depois do Uber, Airbnb. O governador de Nova York baixou decreto proibindo aluguel de apartamentos por menos de um mês. Muitos moradores se incomodam com o fluxo alto de estranhos num prédio quando há Airbnb. E apartamentos tirados do mercado de aluguel aumentam o preço de moradia numa região. Uma análise, em inglês.

Viver

Os alemães querem proibir o motor a combustão de gasolina ou diesel a partir de 2030. A decisão da Câmara Alta do parlamento não é definitiva. Além disso, Índia, Holanda e a Noruega já tomam caminhos parecidos. Mas o aceno é simbólico pois este mesmo motor foi inventado há 130 anos pelo alemão Karl Benz. E várias das mais importantes marcas de automóveis são alemãs, incluindo-se na lista Volkswagen, Mercedes e BMW. O futuro próximo é elétrico. (Da Wired, em inglês)

Sebastião Salgado relembra, em entrevista ao Estadão, as fotografias que tirou nos poços de petróleo em chamas do Kuwait, em 1991. A editora Taschen já colocou em pré-venda o livro que documenta o trabalho.

Em 23 de outubro de 1956, se iniciou em Budapeste a Revolução Húngara contra a dominação soviética. Foi arrasada. Na celebração dos 60 anos, a Radio Free Europe mostra fotografias da época comparadas com os locais, hoje.

O Palmeiras venceu o Sport por 2 a 1 enquanto o Flamengo terminou em empate contra o Corinthians, de 2 a 2. O resultado permitiu ao clube paulista abrir vantagem de seis pontos no Brasileirão. Tem, agora, 90% de sagrar-se campeão, nas contas do matemático Tristão Garcia. O Flamengo tem 5% de chances, Atlético Mineiro, 3% e, o Santos, 2%.

Cultura

Nova heroína da Marvel é uma mãe síria. Dá para ler a primeira história online, na versão americana.

Veterano da Marvel e DC tenta emplacar um grupo de super-heróis brasileiros. (Globo)



Nintendo anuncia seu novo console

21 de outubro de 2016

Switch, o console de videogames anunciado ontem pela Nintendo, liga na TV mas também é portátil. Um jogo pode começar na sala e terminar no restaurante. O vídeo mostra. Chega às lojas em março próximo.



O que ocorre após a prisão de Cunha

21 de outubro de 2016

21 de outubro de 2016

O que ocorre após a prisão de Cunha

Eduardo Cunha passou boa parte do primeiro dia como prisioneiro lendo seu processo. Segundo relato de dentro da carceragem obtido pela Folha, não treme ou demonstra nervosismo. É uma descrição que soaria bem familiar aos congressistas. É um homem que se dedica a estudar, conhecia profundamente as legislações que punha em votação. E é frio. Um de seus primeiros atos foi constituir, como advogado, Marlos Arns. Negociador da delação premiada de executivos da Camargo Correia, é um especialista. Se uma delação vier, o acordo será muito demorado.

No Planalto há dois temores. Um de curto prazo, o outro de longo. O temor imediato é paralisia do Congresso. Na Câmara, pelos cálculos iniciais dos próprios deputados ouvidos pelo Globo, Cunha poderia delatar até cem parlamentares. Muitos têm medo. Mas o governo Temer precisa de um Congresso capaz de votar projetos difíceis, como a PEC do Teto e reformas Política e da Previdência. Se a negociação para conquistar os votos necessários já é difícil em condições normais, com uma bomba relógio do tamanho de Eduardo Cunha, ela aumenta.

A longo prazo o receio é pior. Antes de chegar à presidência da Câmara, Cunha foi próximo de Michel Temer. Ele tem ligações e inimizades com muitos na cúpula do governo. Mesmo num processo de delação lento, há vazamentos. Na pior das hipóteses, o temor é de que presidência Temer comece a enfraquecer como ocorreu com a de Dilma.

E, neste cenário, pode ganhar força o processo que já corre no Tribunal Superior Eleitoral contra a chapa Dilma-Temer.
 

Curtas

José Casado explica a acusação que levou Cunha para o cárcere. (Globo)

Patrimônio de Cunha é 53 vezes maior do que o declarado, segundo investigação. (Estadão)

Eliane Cantanhêde pergunta: se todo mundo sempre soube exatamente quem é Eduardo Cunha, como pode ele ter voado tão alto? (Estadão)

Até a noite de quarta-feira, já haviam sido repatriados R$ 61,3 bilhões. Mas como não houve acordo com os governadores, as mudanças na Lei de Repatriação não passaram pelo Congresso. O perdão parcial para quem tem recursos não declarados no exterior era uma das táticas do governo para aumentar o caixa. Os estados querem um naco maior do dinheiro das multas. Sem a aprovação, há incerteza jurídica sobre como tributar. E, neste momento, há novo obstáculo. Os bancos estão sem estrutura para processar todos os pedidos até o prazo final em 31 de outubro.

Debate em Porto Alegre, hoje, entre os candidatos à prefeitura. Marcado para 22h30, será transmitido pela Folha e pelo UOL.

E o humor num gif animado.

Ibope

Rio de Janeiro: Marcelo Crivella (PRB) conta com 46% das intenções de voto contra 29% de Marcelo Freixo (PSOL). A diferença entre os dois caiu bastante, nove pontos, se comparada com o levantamento do dia 10. O número de brancos e nulos se manteve estável em 21%.

Belo Horizonte: Alexandre Kalil (PHS) tem 41% contra 35% de João Leite (PSDB). Estão empatados no limite da margem de erro mas, no primeiro turno, Leite terminou à frente. Se houver virada, é má notícia para Aécio Neves.

Aracaju: Valadares Filho (PSB) leva 44% contra 41% de Edvaldo Nogueira (PCdoB).

Pesquisa da CNN indica que Hillary venceu o último debate contra Trump. (Estadão)

Viver

Pesado temporal atingiu São Paulo na noite de quinta-feira. Um homem morreu eletrocutado. Vários bairros ficaram sem luz e internet pelo celular.

Ministério Público pede à Justiça que executivos da Samarco, Vale e BHP respondam por homicídio e mais 12 crimes ambientais, por desastre na barragem de Mariana (MG).

Após liminar, o Uber volta ao preço normal em São Paulo. Ao menos por enquanto.

Descoberta muda a história dos dinossauros australianos.

Fotografias registram a Tóquio marginal da década de 1980.

Tudo voltou a ser como antes e o STJD anulou a impugnação do Fla-Flu da semana passada. Assim, o Flamengo volta a estar a quatro pontos de distância do Palmeiras no Brasileirão. O Fluminense reclama.

ERRATA: Diferentemente do publicado no Meio, ontem, o Palmeiras empatou com o Grêmio. O resultado levou, de fato, à saída da equipe paulistana da Copa Brasil. Mas não por derrota.

Cultura

Novo álbum de Leonard Cohen, You Want it Darker, chega hoje às lojas e ao Spotify.

O novo de Lady Gaga também entrou no Spotify.

No Netflix, estreia hoje a terceira temporada da série Black Mirror. Assista ao trailer.

Na Fox, estreia domingo a sétima temporada de The Walking Dead. Trailer.

Dentre as novidades de cinema, o destaque é Jovens, Loucos e Mais Rebeldes, a incursão do diretor Richar Linklater (Boyhood) no mundo adolescente dos anos 1980. Veja o trailer ou os outros filmes que entram em cartaz.

Heavy Metal em tupi?

Cotidiano Digital

Switch, o console de videogames anunciado ontem pela Nintendo, liga na TV mas também é portátil. Um jogo pode começar na sala e terminar no restaurante. O vídeo mostra. Chega às lojas em março próximo.

O WhatsApp para iPhone, em nova versão, permite que convites para grupos sejam enviados por links.



CUNHA PRESO

20 de outubro de 2016

20 de outubro de 2016

CUNHA PRESO

Eduardo Cunha foi preso pela Polícia Federal na garagem do prédio onde ficava seu apartamento funcional, após acordo entre seu advogado e a polícia. Vestia terno, por ter pedido para ser conduzido assim. A mala para a cadeia estava pronta e ele havia recebido fazia pouco uma ligação da mulher, a jornalista Claudia Cruz, o avisando de que os oficiais estavam a caminho. Um pouco antes, a polícia o havia procurado em sua casa, na Barra da Tijuca, Rio. (El País, Globo)
 
No pedido de prisão acatado por Sérgio Moro, um documento de 44 páginas (PDF), a Força Tarefa de Curitiba alega que mesmo cassado o ex-presidente da Câmara indicou nomes para o governo Temer e seguia capaz de influenciar parlamentares. O suficiente, portanto, para obstruir a investigação. A prisão provisória é o mesmo regime que mantem o empresário Marcelo Odebrecht atrás das grades há mais de um ano. (Estadão)

Do Planalto aos plenários de Câmara e Senado, o estado geral é de tensão. A fase do PMDB na Lava Jato começou.

Maiá Menezes: Cunha pressionava jornalistas com sua estratégia de abrir processos a toda hora. Não adiantou. Foi da imprensa que saíram informações fundamentais para a Lava Jato. (Globo)
 
Vera Magalhães: A prisão de Cunha deve acelerar as tratativas pluripartidárias já em curso para tentar conter a Lava Jato. (Estadão)

Ricardo Noblat: O efeito de curto prazo é que aumenta o pânico na República. No médio prazo, esvazia o discurso do PT de que a Lava Jato foi concebida para destruí-lo. (Globo)
 
Josias de Souza: Cunha tem dito que receia ser tratado por Moro de forma draconiana. (UOL)
 
Natuza Nery: A contar pelo humor de parte do Ministério Público, Cunha terá de ‘cuspir sangue’ se quiser se tornar delator. (Folha)

Jânio de Freitas: Há 26 anos no mercado das transações marginais, Cunha pode expor uma quantidade e variedade de pessoas que não têm similar na Lava Jato. (Folha)
 
Gerson Camarotti: Aliados mais próximos avaliam que, se houver aval da Procuradoria Geral da República, Cunha faria delação para livrar mulher e filha de prisões. (G1)

José Roberto de Toledo: Qualquer previsão sobre a delação de Cunha é um chute. Marcelo Odebrecht entrou na cela pensando de um jeito e está tentando sair porque agora pensa diferente. (Estadão)
 
Matheus Leitão: Para investigadores da Lava Jato, Cunha é o político contra quem há mais provas de envolvimento na corrupção da Petrobras. (G1)

Roberto Dias: A prisão por Sergio Moro é um tapa na cara da imagem do STF. (Folha)

Ricardo Lodi: Estamos diante de mais um caso de abuso das prisões cautelares. (Justificando)

A moda é outra: sai o japonês, entra o lenhador da Federal. Que tem Instagram. E é anti-petista.
 

Curtas

O Banco Central diminuiu os juros básicos da economia em 0,25%. É a primeira vez que a Selic cai desde outubro de 2012. (Estadão)

A Justiça Eleitoral cassou a candidatura do prefeito de Belém (PA), Zenaldo Coutinho (PSDB), que tentava reeleição no segundo turno. (Estadão)

Ex-governador do Rio, Sérgio Cabral Filho deu anel de R$ 800 mil de presente para a mulher pago com dinheiro de empresário. (Globo)

No último debate, Donald Trump ameaça não reconhecer derrota nas eleições americanas, se ela ocorrer. (Globo)

Histórias trágicas por trás dos protestos feministas na Argentina. A Quarta-Feira Negra foi convocada após o estupro seguido de assassinato de uma adolescente de 16 anos. (El País)
 

Viver

A sonda TGO pegou a órbita de Marte, como planejado. Mas a nave Schiaparelli, que deveria pousar no planeta, perdeu o contato com as Agências Espaciais de Europa e Rússia. O plano era justamente testar a tecnologia para este pouso. Schiaparelli tem bateria o suficiente para operar de forma autônoma por algo entre três e dez dias. Os cientistas não perderam a esperança de recuperar contato.

Num cenário de aumento de divórcios, a Justiça brasileira continua evitando conceder a guarda compartilhada. Em 2014, 7,5% contra 85,1% de guarda materna.

Todos os modelos de carros Tesla passarão a ser vendidos com a tecnologia self driving, que permite ao computador interno assumir o controle do automóvel em períodos da viagem.

Detentos usam drones para pescar drogas, em Londres. Com vídeo.

Palmeiras, Corinthians e Santos perdem e paulistas são eliminados da Copa do Brasil. (Estadão)

Cultura

O lineup do Lollapalooza 2017, que ocorrerá entre 25 e 26 de março em São Paulo, foi definido. Inclui Metallica e The Strokes. Ingressos já à venda.

Elis, o filme, tem trailer. A atriz Andreia Horta venceu o Kikito pelo papel.

Cotidiano Digital

O Museu do Videogame fica até o dia 30 de outubro no Shopping SP Market, na capital paulista. A exposição inclui mais de 250 consoles dos últimos 42 anos.

A história de Doom, um documentário sobre um dos videogames pioneiros em que o jogador se põe no lugar de um atirador. Em inglês, com legendas em inglês. 50 minutos para assistir online.



Aos 45 do segundo, sai o dinheiro de Enem e Fies

19 de outubro de 2016

19 de outubro de 2016

Aos 45 do segundo, sai o dinheiro de Enem e Fies

Se tudo der certo, o MEC já abrirá nesta quarta-feira o sistema para que alunos beneficiados pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) possam renovar suas matrículas para o semestre. Depende apenas da sanção presidencial, que deve ocorrer nesta quarta-feira pela manhã. O Fies garante a mensalidade de faculdades particulares para 1.8 milhão de estudantes. O projeto que libera recursos para o fundo e para a realização do Enem vinha sendo bloqueado por PT, PCdoB e PSOL, no Congresso. Ontem, foi aprovado.
 
O argumento para impedir a liberação dos R$ 1,1 bilhão é que parte dos recursos deveria ser destinado às instituições públicas de ensino e não apenas às privadas. O Fies foi criado durante o governo FHC mas ganhou o atual tamanho com Lula. Em 2014, 16% dos estudantes em instituições particulares pagavam as contas através dele.

A palavra no debate carioca: ‘ódio’

Os Marcelos Crivella (PRB) e Freixo (PSOL) fizeram um debate agressivo, ontem à noite, organizado por RedeTV!, Veja, UOL e Facebook. “O que você escreve não é o que você fala, e o que você fala não é o que você pensa”, acusou Freixo, apontando a inconsistência de Crivella ter escondido seu livro sobre a África, que hoje renega. Crivella, por sua vez, acusou Freixo de ‘liderar’ os black blocs. O candidato evangélico ouviu que as milícias o apoiam e, seu adversário, que tem sangue dos conflitos em passeatas nas mãos. Ambos marcaram que o outro representa ódio político. Este foi o tom num debate com pouca avaliação de propostas. No site da Vejatrechos em vídeo.

Curtas

Em outro livro assinado por Crivella e descoberto por Fernando Molica, no Globo: “Não basta que (a mulher) seja de Deus e batizada com o Espírito Santo; é preciso que seja compatível com o marido, com o mesmo objetivo, sendo submissa, cumpridora de deveres como mulher, mãe e dona de casa.” Na Folha, Italo Nogueira descobriu uma música do candidato defendendo o chute em imagens católicas.

Ibope: no Recife, Geraldo Julio (PSB) tem 54% das intenções de voto contra 33% de João Paulo (PT). Os eleitores que planejam votar branco ou nulo são 11% e 2% não souberam responder.

Proposta de delação premiada de Fernando Cavendish, da Delta Engenharia, atinge o senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB) e o ex-governador Sérgio Cabral Filho (PMDB). (Estadão)

O Exército confirmou ajuda para a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, em 4 de setembro. Naquele dia, 21 manifestantes foram detidos antes de protesto pelo ‘Fora Temer’. Um dos integrantes do grupo foi identificado como oficial infiltrado das Forças Armadas. O governo do Estado nega operação conjunta.

Para ler com calma: no El País, a explicação de como uma ruptura no pacto de duas décadas entre o PCC paulista e o Comando Vermelho carioca provocou rebeliões em presídios e pode redefinir o tráfico de drogas no país.

Uma investigação de dois anos desaguou, ontem, numa operação envolvendo 265 policiais federais e 35 auditores da Receita contra a banda cearense Aviões do Forró e seus vocalistas, Solange Almeida e Xand. Popularíssimos no Nordeste, são acusados de sonegar até R$ 500 milhões. (Globo)

Em tempos de polarização, esta cena do Zorra do último fim de semana, e que estourou no Facebook, merece o link.

O último debate entre Donald Trump e Hillary Clinton acontecerá hoje, às 23h (Brasília). Será transmitido ao vivo pelo Twitter e YouTube.

Saiu o calendário oficial Vladimir Putin para o ano que vem. Rússia, pois é.

Viver

No Planeta Vermelho

Duas naves chegam a Marte hoje, no início da tarde. As duas, parte da missão ExoMars realizada em conjunto pelas agências espaciais Europeia e Russa, se dividiram no domingo. A TGO vai entrar em órbita enquanto Schiaparelli pousará no planeta.
 
Em órbita, TGO tentará localizar componentes como metano, produzidos pela vida como a conhecemos na Terra. Está em busca, afinal, de indícios sobre vida por lá. Para Schiaparelli, o trabalho é mais simples. Basta que chegue intacta ao solo. As agências querem ter certeza de que já dominam a tecnologia necessária para pousar no planeta. A descida começa pontualmente às 12h47 (Brasília) e será transmitida ao vivo por LiveStreamFacebook.

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva mandou a CBF suspender provisoriamente os pontos ganhos pelo Flamengo no Fla-Flu da semana passada. O tricolor carioca quer anular a partida. Agora, o Figueirense também vai ao tapetão e deseja anular seu jogo contra o Palmeiras. E o Brasileirão pode terminar sem campeão claro.

Cotidiano Digital

Nada está claro, mas Elon Musk, CEO de Tesla e SpaceX, promete o anúncio de um produto novo e misterioso, hoje. Era segunda-feira, mas adiou em cima da hora. Musk é do tipo que costuma surpreender. O jeito é acompanhar.

Gilberto Kassab acena com mudanças no Marco Civil da Internet. O ministro da Ciência, Tecnologia, Comunicações e Inovações fala vagamente sobre demandas das empresas de telecomunicações. Kassab não detalhou, mas a demanda costuma ser a quebra da neutralidade da rede, o que aumenta o custo para o consumidor.

As pulseiras que medem frequência cardíaca, como FitBit e Apple Watch, erram feio. A avaliação é de um estudo publicado no respeitado Journal of the American Medical Association (JAMA).

Cultura

Chuck Berry lançará disco novo, segundo O Globo, em 2017. Seu último álbum saiu em 1979. E Chuck não é qualquer um. É em Maybellene, sua música de 1955, que se ouviu pela primeira vez uma guitarra com pegada de rock. Veja no YouTube uma de suas primeiras interpretações.