Ainda não é assinante? Assine. Não custa nada.

 
 


23 de julho de 2018
Consultar edições passadas

Começou: já são 5, oficialmente, os candidatos à presidência


Jair Bolsonaro foi indicado no domingo, pelo PSL, à presidência da República. No sábado, o PSOL pôs oficialmente na disputa o coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto, Guilherme Boulos — a única candidatura realmente de esquerda, segundo afirmou em seu discurso. Até agora, todos eram pré-candidatos. Não mais. Na sexta-feira, Ciro Gomes, pelo PDT, a sindicalista alagoana Vera Lúcia, pelo PSTU, e o ex-presidente do BNDES Paulo Rabello de Castro, pelo PSC, foram também apresentados como postulantes à sala grande no terceiro andar do Palácio do Planalto. Todos precisam ainda que suas candidaturas sejam referendadas pelo TSE. (Folha)

Ainda há uma crise, na campanha Bolsonaro, em busca de um candidato a vice-presidente. Numa convenção marcada pela euforia, a advogada do impeachment Janaína Paschoal, que entrou como nome favorito no domingo, jogou um banho de água fria no auditório. Ela sugeriu que os partidários do capitão reformado têm se portado de forma radical. “Não se ganha eleição com pensamento único”, afirmou. “Reflitam se não estamos fazendo o PT ao contrário.” (Folha)

Compartilhe:

Estudo da Fundação Getúlio Vargas sugere que o Brasil só deve voltar ao PIB de 2014 em 2020. Embora já estejamos no quinto trimestre seguido de crescimento desde o fim oficial da recessão, os níveis são baixos. A última vez que o Brasil teve uma recessão longa, entre 1989 e 1992, demorou sete trimestres para se recuperar. Nesta agora, entre 2014 e 16, será de 16 trimestres. Quatro anos. (Globo)

Compartilhe:

A luta pela corrupção iniciada com as delações da Odebrecht, no Peru, alcançou um lado ainda inédito na América Latina: a Justiça. O Congresso destituiu, na sexta, os sete membros do Conselho Nacional de Magistratura — equivalente ao CNJ brasileiro. Naquele momento, uma multidão de manifestantes protestava em frente ao Palácio da Justiça, em Lima. Os juízes encarregados de avaliar a conduta de todos os magistrados do país foram flagrados em uma série de conversas telefônicas que revelou um esquema de tráfico de influência e suborno em troca de penas mais amenas, indicações a cargos e até liberdade. Já são cinco os ministros do Supremo peruano que estão suspensos, acusados de liberar políticos em troca de dinheiro.

Compartilhe:

O Congresso cubano aprovou uma reforma constitucional que depende ainda de passagem por referendo popular para que seja formalizada. Embora o Partido Comunista permaneça como o órgão de governo da ilha, o país deixa de ser oficialmente comunista. Uma das consequências imediatas é que passa a ser legal, em Cuba, a existência de propriedade privada — uma porta que abre investimentos estrangeiros. Há outra mudança de impacto: o casamento deixa de ser definido como aquele celebrado entre um homem e uma mulher, encerrando uma longa história de homofobia do regime.

Compartilhe:

E, durante a madrugada, Donald Trump ameaçou o Irã via Twitter. Em letras garrafais, ‘Nunca ameace novamente os EUA ou você sofrerá consequências que muito poucos na história sofreram’. O presidente Hassan Rouhani havia dito que um conflito armado entre os dois países seria ‘a mãe de todas as guerras’.

Compartilhe:

Cultura


Começa na quarta-feira e vai até domingo a 16ª edição da Festa Literária Internacional de Paraty, a Flip, que terá como homenageada a escritora Hilda Hilst. Boa parte das mesas do programa principal da feira são inspiradas em sua obra e em temas importantes para ela.

Restaurado, o Cinema da Praça exibirá dois filmes baseados na vida e no trabalho da autora: Unicórnio (trailer), de Eduardo Nunes, que participará de debate após a exibição, e a premiere de Hilda Pede Contato (trailer), de Gabriela Greeb. (Estadão)

O último trata do lado misterioso da escritora, que falava com espíritos, dizia ver discos voadores e se guiava pela numerologia. O filme,assim como o livro homônimo, se baseia em fitas deixadas por Hilda, com 100 horas de gravações das suas experiências. (Globo)

Aliás... A homenagem da Flip intensificou a presença da escritora nas livrarias. Publicada exclusivamente pela Globo de 2001 até o ano passado, diversas editoras prepararam lançamentos de sua obra. (Estadão)

E há uma casa especial em Paraty inteiramente dedicada a Hilda Hilst. Terá oficinas, mesas, saraus — e um bar. Numa parede instalação, vídeos diversos são costurados. A atriz Tainá Muller interpreta Hilda num, amigos falam dela noutro, há também imagens de seus desenhos. A casa é uma produção do Instituto Hilda Hilst, da Companhia das Letras e da turma da Hysteria.

Para os curiosos: Um roteiro de seis leituras para entrar no universo da autora. (Estadão)

Há boa literatura, e também boa gastronomia. Num projeto criado pelo Museu da Língua Portuguesa, os restaurantes de Paraty vão homenagear com pratos típicos diferentes países de língua portuguesa, como Angola, Moçambique e Portugal. (Estadão)

As atrações são para todos os gostos. A Festa Literária Pirata das Editoras Independentes, Flipei, terá saraus, slams e lançamentos alternativos. Há ainda as programações da Flipinha, com central na Praça da Matriz e cortejos literários, e da Flipzona, na Casa de Cultura, que foca diálogos da literatura com outras linguagens. O Estadão preparou um guia de sobrevivência para quem estará por lá.

Compartilhe:

Mais novidades foram anunciadas nos últimos dias da Comic-Con San Diego, que chegou ao fim ontem. Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald, que estreia em novembro, ganhou seu novo trailer. No vídeo, Newt Scamander é incumbido de lutar contra o grande vilão interpretado por Johnny Depp. Jude Law é o novo Alvo Dumbledore.

A Warner também mostrou suas novidades: o primeiro e esperado trailer de Acquaman, e uma cena de Mulher-Maravilha 1984, cujas gravações começaram há poucas semanas.

Teve ainda o novo trailer de Glass, o filme de M. Night Shyamalan com Bruce Willis e Samuel L. Jackson que dá sequência a Corpo Fechado (trailer) e Fragmentado (trailer).

E por fim, com Cumbe, o quadrinista brasileiro Marcelo D’Salete venceu o Prêmio Eisner, o ‘Oscar dos quadrinhos’, na categoria melhor publicação estrangeira nos Estados Unidos.

Compartilhe:

Viver


Neymar Jr.: “Não queria ver bola na minha frente, não queria ver futebol, queria me desligar um pouco de tudo. Tive meus momentos de luto, de tristeza, de ficar eu só. Não queria ver mais ninguém, mas a tristeza não pode durar para sempre. Pressão é para tudo mundo que joga futebol. Claro que existem dois pesos quando são relacionados ao meu nome, eu sei disso. A responsabilidade que eu tenho, não só na seleção mas nos clubes que eu joguei, sempre foi muito grande. Desde que tinha 17 anos, 18, quando fui para a seleção, eu já sabia da cobrança que iria ter e me preparei para isso. Sei muito bem que quando os resultados não vêm a crítica e a cobrança são maiores.” (Folha)

Mas não está fácil para o atacante superar as crises de imagem. A da vez foi causada por seu pai, que ofendeu a repórter Camila Mattoso, da Folha, ao ser questionado sobre uma festa que supostamente teria dado no hotel da seleção, na Rússia, após a vitória contra a Suíça. “A festa que eu fiz foi com a sua mãe”, respondeu ele.

Isto posto... Parece que o esporte traz mesmo mais tristeza do que felicidade. Munidos de três milhões de respostas a um aplicativo de monitoramento da felicidade, além dos locais e horários de vários jogos de futebol britânicos, economistas calcularam que a tristeza que os torcedores sentem quando sua equipe perde é duas vezes maior que a felicidade quando o time vence.

Pois é. A Copa acabou e, como o hexa não veio, a CBF e a Netflix cancelaram o projeto de um documentário sobre os bastidores da seleção na Rússia. O material gravado foi todo para o arquivo da confederação. (Globo)

 

Compartilhe:

A Nasa está se preparando para enviar ao espaço uma sonda que deve chegar mais perto do Sol do que qualquer outra espaçonave até agora. Os cientistas esperam que ela chegue sete vezes mais próximo do que as outras já conseguiram. A sonda, que aguentará um calor extremo, vai examinar a coroa solar, a parte externa da atmosfera da grande estrela. (Globo)

Galeria: As imagens candidatas à melhor fotografia astronômica do ano.

Compartilhe:

Cotidiano Digital


O WhatsApp começou a testar impor limites mais rígidos ao número de vezes que um usuário pode encaminhar uma mensagem usando o sistema. Era 250, passará a 20. O objetivo é conter a distribuição de informações falsas. Na Índia, onde boatos viralizados pelo app já levaram a diversas mortes, o limite testado será cinco. Não é a única mudança implementada. No início do mês, mensagens encaminhadas também passaram a ser destacadas de forma diferente. — com um ‘Encaminhado’ em itálico no início. É para que fique claro para quem recebe.

Compartilhe:

Os homens que hackearam contas de email ligadas à campanha de Hillary Clinton à presidência dos EUA, em 2016, publicaram o que encontraram num site. No início do mês, o procurador-especial que investiga a interferência do Kremlin naquele pleito acusou formalmente 12 russos do crime. E chegou a eles por conta de Bitcoins. É que tanto o domínio — o endereço do site — quanto os servidores foram pagos com criptomoedas e uma das características deste dinheiro digital é que todas as transações são públicas. Os usuários em cujas mãos passam as Bitcoins respondem por uma identidade numérica única. Foi cuidadosamente seguindo de trás para frente o caminho dos pagamentos digitais que ajudou os americanos a identificar os hackers. “O problema para criminosos”, explica Kevin Werbach, professor da Universidade da Pensilvânia, “é que é possível reconstruir a identidade de quem está por trás de uma Bitcoin.” Para ele, o mais seguro teria sido usar malas de dinheiro vivo. (New York Times)

Compartilhe:

Menos badalados do que os carros autônomos, uma das febres correntes do Vale são os carros voadores. Ou quase. Drones para pessoas: veículos para transporte urbano. Que voam, mas nem sempre parecem com carros. E a turma do Verge descobriu que Larry Page, um dos dois fundadores do Google, é acionista de três empresas que buscam o produto capaz de abrir este mercado: Opener, Kitty Hawk e Zee.Aero. As duas últimas, mais recentemente, vêm trabalhando em conjunto. Seus produtos são distintos, mas engenheiros trocam informação e descobertas a toda hora. Com a Opener é diferente. Sebastian Thrun, o CEO da Kitty, é odiado por Marcus Leng, fundador da Opener. Ambos, aliás, são professores em Stanford. E, segundo as pessoas ouvidas pelo site, Page gosta da rivalidade. Acredita que atiça a criação. Seu objetivo, afinal, é ser dono das principais empresas do ramo quando ele se consolidar.

Compartilhe:

Fica na pequena Bend, no Oregon, a última locadora de vídeos Blockbuster ainda em operação nos EUA. Não faz muito tempo, eram nove mil lojas em todo o país. Em Bend, não parece que vai fechar. Os vizinhos — muitos deles idosos — frequentam a locadora e rejeitam o streaming. Além do quê... virou cenário popular para o Instagram.

Compartilhe:


Share Tweet


Ainda não é assinante? Assine. Não custa nada.





23 de julho de 2018
Consultar edições passadas