Assine o Meio: notícia confiável para quem não tem tempo de ler jornal.





Share Tweet
14 de dezembro de 2016
Consultar edições passadas

14 de dezembro de 2016

PEC do Teto aprovada. Mas foi por pouco.

A maior vitória parlamentar do governo Michel Temer: por 53 votos a 16, a Proposta de Emenda Constitucional que estabelece um teto aos gastos públicos foi aprovada. Margem estreita: só quatro mais do que o necessário. Em 29 de novembro, na primeira das duas rodadas de voto, ficou em 61 contra 14. (Globo)

Míriam Leitão: O governo tem o que comemorar. Mas a margem foi muito estreita e a reforma da Previdência, que será mais difícil, ainda vem por aí. (Globo)

É o mais duro ajuste fiscal desde 1988, segundo o El País.

Veja como votou cada senador.

São Paulo, Brasília e mais 11 estados tiveram protestos contra a PEC. Na Avenida Paulista, vidros do prédio da Fiesp foram quebrados e fogos de artifício soltados no interior do imóvel. Na capital federal, 5 mil pessoas estavam nas ruas, segundo a PM. (Estadão)

Aliás… o Senado também aprovou projeto que impõe limite aos supersalários no funcionalismo público. Atinge, principalmente, o Poder Judiciário. E os juízes falam que se trata de retaliação. Ainda é preciso que a Câmara aprove. (Estadão)

Ronaldo Caiado (DEM) fez um discurso duro. “Não podemos ter medo de uma antecipação do processo eleitoral”, disse o senador por Goiás. Defendeu a renúncia do presidente Michel Temer por eleições diretas. E é candidato ao Planalto. (Folha)

Leia no Twitter de Caiado sua sequência de ataques.

Aliados do governo têm medo de que a ideia de Diretas Já pegue força. (Globo)

Executivos da Odebrecht têm uma frustração com o chefe. Marcelo Odebrecht não reconheceu, em sua delação, que comandava o sistema paralelo para o pagamento de propinas. Muitos terão de enfrentar o processo penal por conta disto, informa Sonia Racy. (Estadão)

A Batalha de Aleppo acabou. A cidade, a maior em população da Síria antes da guerra civil, é cenário de fogo pesado desde 2012. Segundo o acordo mediado entre o governo do país e os rebeldes, milhares de pessoas poderão deixar o local imediatamente. O centro, dominado pela oposição, vinha sofrendo intenso bombardeio russo. Dadas as características do conflito, cabe esperar alguns dias para ter certeza de que acabou mesmo. (Folha)

O novo secretário de Estado americano, responsável por toda diplomacia do país, é o CEO da ExxonMobil Rex Tillerson. Ele tem uma profunda relação com a Rússia.

Cotidiano Digital

A empresa recém-lançada se chama Waymo. Após sete anos trabalhando em veículos autômatos, o Google chegou à conclusão de que sua tecnologia está pronta. Pôs ontem a empresa na rua, com identidade própria. Não é certo que vá fabricar carros. Talvez só venda a tecnologia. Mas já tem uma parceira: a Fiat Chrysler. Desde maio, engenheiros de ambas trabalham para tornar as minivans da Chrysler capazes de dirigir por conta própria. O grupo italiano ganhou insight sobre a nova tecnologia. O Google, por sua vez, conseguiu entrar no processo de fabricação de automóveis para compreender como aplicar sua tecnologia em escala.

Aliás… quando o Google começou a falar de carros autômatos, estava sozinho. Hoje, tanto Uber quanto Tesla já têm produtos na rua. O risco da empresa era chegar atrasado.

Para ler com calma: a Wired narra a história de como a empresa Google tomou a decisão de finalmente se apresentar ao mercado. Envolve um homem cego.

Enfim saíram os AirPods, headphones sem fio da Apple para o iPhone 7.

Snapchat para grupos: já é possível trocar snaps com até 16 ao mesmo tempo.

O Uber começou a entregar comida em São Paulo. (Estadão)

Viver

Como criar uma filha em sete passos. Ruth Bader Ginsburg, que aos 83 anos é juíza da Suprema Corte americana, escreveu um artigo no New York Times sobre a criação de meninas. Que leiam muito, que sejam ciosas da própria independência. É importante que aprendam como reconhecer bons professores. A controlar receios para fazer conquistas, a fingir que não ouviram certas coisas vez por outra, e a construir a própria sorte. Escolher bem com quem casar, com quem passará o resto da vida, também faz grande diferença.

Galeria: o fotógrafo Lee Jeffries retrata pessoas sem teto pelo mundo.

Novas regras da ANAC: empresas aéreas poderão cobrar pelo despacho de bagagens e não serão mais obrigadas a aceitar as duas malas de 32kg cada em voos internacionais. As companhias dizem que a medida permitirá a diminuição do preço das passagens.

Alan Ruschel e Rafael Henzel chegaram a Chapecó, onde foram recebidos com festa e seguiram direto para o hospital. O lateral e o jornalista, sobreviventes do acidente, estão bem.

O Brasil é campeão do Mundial de Surfe Adaptado. Recebeu o ouro por equipe e em mais duas categorias. Entre os surfistas que pegam onda deitados, Fellipe Lima se tornou bicampeão. E Davi Teixeira, o Davizinho, levou o título entre os que precisam de ajuda para chegar às ondas. (Globo)

Cultura

Bon Jovi e Billy Idol confirmados para o Rock in Rio 2017, que ocorrerá em setembro. (Estadão)

Bill Gates publicou a lista dos cinco melhores livros que leu em 2016.

A primeira crítica em português de Rogue One, o filme paralelo à saga Guerra nas Estrelas que estreia quinta-feira.

Assine o Meio: notícia confiável para quem não tem tempo de ler jornal.





Share Tweet



Consultar edições passadas