Assine o Meio: notícia confiável para quem não tem tempo de ler jornal.





Share Tweet
10 de outubro de 2016
Consultar edições passadas

10 de outubro de 2016

Trump sob pressão

Donald Trump disse que, se fosse presidente, Hillary Clinton estaria na cadeia. A senadora afirmou que o milionário não cumpre os requisitos básicos para a presidência.  Logo ao chegar no palco para o segundo de três debates, não se apertaram as mãos, como de praxe. Estava dado o tom. Foi um encontro acirrado, agressivo, tenso. E não à toa.
 
Ao longo do sábado, um deputado republicano após o outro foi retirando o apoio formal a Trump, candidato à presidência de seu partido. O senador John McCain, ele próprio ex-candidato à Casa Branca, os acompanhou. (Uma lista.)
 
Na sexta-feira, o Washington Post trouxe a público um vídeo de 2005 no qual Trump diz que agarra mulheres a força, e que elas deixam por ele ser uma estrela. Foi, para muitos, a gota d’água após mais de um ano de declarações grotescas. O candidato vinha sofrendo nas pesquisas. Levou para o debate mulheres que acusam Bill Clinton de assédio. “No meu caso eram palavras, no dele, ações.” Hillary respondeu citando a primeira-dama Michelle Obama. “Quando eles vão baixo, nós seguimos por cima.”
 
Hillary foi criticada por emails pessoais vazados pelo Wikileaks, no qual afirma a banqueiros que políticos têm de ter uma postura em público e outra em privado. Segundo ela, estava citando Abraham Lincoln, que fazia uso de argumentos distintos para cada parlamentar durante a aprovação da abolição da escravatura. Trump ironizou. Foi o debate com mais tweets da história.  Em geral, é preciso esperar alguns dias para que as pesquisas indiquem o vencedor. Mas é o fim de campanha mais turbulento das últimas décadas.

Temer luta pela PEC dos gastos públicos

Aproximadamente 420 pessoas, entre parlamentares e suas mulheres, assessores e ministros, jantaram ontem à noite com o presidente Michel Temer, no Palácio da Alvorada. Temer já passara a tarde ao telefone tentando conquistar os votos de deputados indecisos para aprovar, possivelmente hoje, a Proposta de Emenda Constitucional 241, que delimita um teto aos gastos públicos. O governo espera 350 votos. PECs precisam passar duas vezes pela Câmara e a segunda votação deve ocorrer apenas no final do mês.
 
Ainda: Uns afirmam que ela é fundamental para a economia. Outros dizem que cortará serviços sociais ampliando a desigualdade no Brasil. Mas há um terceiro argumento: e se o orçamento for uma peça de ficção?

Constituição violada

Foi divulgado no sábado que uma juíza de Brasília autorizou a quebra do sigilo telefônico de um jornalista da revista Época. O repórter não é suspeito de qualquer crime. O objetivo é descobrir a identidade de uma de suas fontes. Inacreditavelmente, o sigilo de fonte é garantido pela Constituição.


Curtas

Os bastidores da delação premiada de Marcelo Odebrecht.

O Itaú Unibanco comprou a rede de varejo do Citibank no Brasil.

O prefeito paulistano Fernando Haddad analisa, em artigo, a derrota das esquerdas nas eleições municipais. O artigo que estava no link é falsamente atribuído ao prefeito Fernando Haddad. Pedimos desculpas pelo erro.

O argumento de uma economista ortodoxa pela queda da taxa básica de juros.

Viver

Painéis solares geraram mais energia do que carvão, durante os últimos seis meses, no Reino Unido. É inédito.

O arcebispo de Brasília, Sérgio Rocha, foi nomeado cardeal pelo papa Francisco.

De volta ao jornal carioca O Globo, o colunista Arthur Xexéo comenta sobre como foi acordar após um mês em coma.

Já havia cães domésticos no Brasil pelo menos mil anos antes de Cabral, segundo descoberta de fóssil.

O Departamento de Energia dos Estados Unidos vem por meio desta deixar claro que não explora universos paralelos.

Cultura

Direto do Desert Trip, tem Rolling Stones fazendo cover de Beatles. E Paul McCartney em dueto com Neil Young. De quebra, Roger Waters encara o muro. Em vídeo.

No ano 2000, o Oscar homenageou assim o grande cineasta polonês Andrzej Wajda. Estava elegante, ele. Wajda morreu ontem, aos 90 anos.

A terceira temporada de Black Mirror, com estreia marcada até o final do mês no Netflix, ganhou seu trailer. Também no Netflix, entrou para o acervo a série brasileira Terminadores.

Um campeonato de esgrima. Ou quase. De sabres de luz.

Cotidiano Digital

Nove entre dez corridas via aplicativo feitas em São Paulo são via Uber. Técnicos do município vão fazer recomendações para que o novo prefeito, João Doria, cogite intervir para evitar monopólio.

A Microsoft apresentará novidades no dia 26 de outubro.

A Motorola terá seguro para celulares no Brasil.

Qual o melhor assistente virtual para um brasileiro: Google Home ou Amazon Echo?

Assine o Meio: notícia confiável para quem não tem tempo de ler jornal.





Share Tweet



Consultar edições passadas