Cultura

Artistas brasileiros participam de ‘single’ do Suicidal Tendencies

Prestes a voltar ao Brasil para cinco apresentações no Sul e Sudeste, o quinteto americano Suicidal Tendencies (Spotify), pioneiro da fusão de thrash metal com hip-hop e funk, gravou um single comemorativo com artistas e atletas brasileiros. Chamada Nós Somos Família (em português mesmo), nome da turnê, a gravação conta com nomes locais como Badauí (CPM22), B Negão (Planet Hemp), João Gordo, Rodrigo Lima (Dead Fish), Supla, os campeões mundiais de Skate Sandro Dias e Pedro Barros, Fernanda (Crypta), Marcão Britto e Thiago Castanho (Charlie Brown Jr). A canção deve chegar às plataformas de streaming ainda nesta quinzena. (Rolling Stone)

Comemoração dos 80 anos de Chico Buarque tem série de shows em RJ e SP

Em comemoração aos 80 anos de Chico Buarque, começa hoje uma série de shows para celebrar a vida e obra do cantor, com a Orquestra Sinfônica Juvenil Chiquinha Gonzaga, que tocará músicas de Chico, com regência de Priscila Bonfim e a participação da cantora Mônica Salmaso no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. No sábado, Claudio Lins apresenta no Teatro Adolfo Bloch as trilhas sonoras criadas pelo compositor para peças como Gota d'Água, de 1975, e Ópera do Malandro, de 1978. Em São Paulo, o Museu da Imagem e do Som terá dois shows com Claudette Soares, no dia 22, e Ayrton Montarroyos, no dia 28, com repertório que faz parte da programação Chico 80 do museu. (Folha)

Salman Rushdie será tema de documentário baseado em livro de memórias

O escritor Salman Rushdie será tema de um novo documentário do diretor Alex Gibney, vencedor do Oscar por Um Táxi para a Escuridão. Com título provisório de Knife, o longa é inspirado no livro Knife: Meditations After an Attempted Murder lançado por Rushdie em abril deste ano, que retrata a tentativa de homicídio sofrida em 2022. O romancista foi esfaqueado 15 vezes por um homem de 24 anos, durante uma palestra no anfiteatro de Chautauqua, em Nova York, que o fez perder um olho e ter o movimento de uma das mãos prejudicado. O documentário vai explorar a recuperação de Rushdie, tanto física quanto espiritual, renovando a esperança para o futuro. As imagens incluirão clipes de filmes, entrevistas e a fatwa convocada pelo aiatolá Khomeini, em 1989, que exigiu a morte do escritor por conta de seu livro Os Versos Satânicos, motivando o ataque. (Variety)

Cyndi Lauper anuncia aposentadoria dos palcos com turnê de despedida

Cyndi Lauper (Spotify) vai se aposentar dos palcos com uma excursão por 23 cidades da América do Norte a partir de outubro. O anúncio foi feito nesta segunda-feira, às vésperas do lançamento de Let The Canary Sing, documentário sobre a cantora, que estreia amanhã na Paramount+, sem revelar o que causou a decisão. A Girls Just Wanna Have Fun Farewell Tour começa em 18 de outubro em Montreal e deve terminar em Chicago no dia 5 de dezembro. A turnê ainda passará por Madison Square Garden, em Nova York, em 30 de outubro, e no Intuit Dome, em Los Angeles, em 23 de novembro. (Deadline)

Prêmio Pallas de Literatura 2024: inscrições abertas a partir de 3 de junho

Nesta segunda-feira, começam as inscrições para o Prêmio Pallas de Literatura 2024.  O prêmio visa descobrir novos autores negros, oferecendo-lhes a chance de publicar um romance pela primeira vez. A Pallas é conhecida por publicar autores consagrados como Conceição Evaristo e Nei Lopes. Os romances devem ter entre 120 mil e 500 mil caracteres, em formato PDF, e os autores não podem ter nenhum romance publicado anteriormente. A competição é destinada a brasileiros e estrangeiros residentes no Brasil, autodeclarados negros, a partir de 18 anos. As inscrições serão feitas através do site até dia 28 de junho. O resultado será divulgado em setembro, e o livro vencedor será publicado em 2025.

O que torna Virginia Wolf necessária

O que faz de Virginia Wolf, autora britânica que cometeu suicídio em 1941, necessária para os nossos tempos? A atriz Claudia Abreu, que já levou mais de 35 mil pessoas ao teatro desde 2022 com o monólogo Virginia, argumenta que "ela é uma feminista importante do século 20. As discussões atuais reverberam essas questões porque não evoluíram tanto assim." Uma série de lançamentos do mercado editorial  demonstram esse interesse. Um é  Virgínia – Um Inventário Íntimo, versão em livro do monólogo de Claudia Abreu, outro é a biografia A Medida da Vida: os últimos anos de Virginia Wolf, de Herbet Marber, e um terceiro é a coletânea Ensaios Seletos.  (Valor Econômico)

Livraria de Porto Alegre perde 100 mil livros

Com nove unidades em Porto Alegre, a rede de livrarias Cameron, estima ter perdido mais de 100 mil exemplares de livros, o que corresponde aproximadamente a metade de seu estoque, um prejuízo estimado em R$ 2,2 milhões somente em produtos. Para superar a crise, a livraria reabre suas portas em unidades pop-up, que apresentam um conceito aberto, dentro de shoppings e galerias. (Estadão)

Ativista climática é presa após atacar quadro de Monet em Paris

Uma ativista climática foi presa em Paris por colar um adesivo em uma pintura de Monet no Museu d'Orsay, como forma de protesto contra o aquecimento global. O grupo ao qual ela pertence, Riposte Alimentaire, tem realizado uma série de protestos semelhantes em diversas partes da França, incluindo ataques a obras de arte famosas. Embora a pintura não tenha sofrido danos permanentes, o incidente destaca a crescente preocupação com a crise climática entre os ativistas. O grupo se autodenomina um "movimento de resistência civil" e alega buscar uma mudança social radical para proteger o meio ambiente. Este não é o primeiro incidente desse tipo, e outros artistas e obras também têm sido alvo de protestos semelhantes em diferentes partes do mundo. (DW)

‘Fã’ processa Madonna por ‘atos sexuais’ em show

Imagine ir a um torneio de MMA e não querer ver violência ou assistir a um stand up e se incomodar por haver piadas? Pois é, após assistir a um show da Celebration Tour na Califórnia, o americano Justin Lipeles está processando Madonna por não ter sido avisado previamente de que haveria simulação de “atos sexuais” no palco e por ela ter usado playback – prática realmente condenável, mas onipresente na atual cena pop. Além disso, e com alguma razão, ele reclama do atraso de uma hora e meia e do calor, alegando que a cantora teria mandado desligar o ar condicionado do espaço onde aconteceu a apresentação. “Forçar consumidores a esperar horas no calor, arenas desconfortáveis, e submetê-los a pornografia sem aviso demonstra o desrespeito de Madonna pelos fãs”, diz Lipeles no processo. (Rolling Stone)

Jeremy Renner fará primeiro filme após acidente grave

Jeremy Renner (Gavião Arqueiro) fará seu primeiro filme após o grave acidente que o deixou internado na UTI. Renner integrará o elenco de Wake Up Dead Man, terceiro filme do universo cinematográfico de Entre Facas e Segredos. O filme ainda não tem história detalhada, mas o diretor Rian Johnson confirma que o terceiro mistério da série será o caso mais perigoso do detetive Benoit Blanc, interpretado por Daniel Craig. Outras participações do elenco estão sob suspeita, mas não foram confirmadas, como o Andrew Scott - o padre de Fleabag e o Moriarty, da série  Sherlock. Wake Up Dead Man estreia em 2025, veja aqui o anúncio do título. (Variety)