Ponto de Partida

Esteja você na direita ou na esquerda, comece por aqui. Pedro Doria explica didaticamente o início, o fim e o meio da política nacional.

Segundas, quartas e sextas, sempre ao final do dia.

Bolsonaro inelegível na democracia relativa

Bolsonaro está inelegível, mas o bolsonarismo não morreu. Pode não ser a intenção dele, mas sempre que Lula diz coisas como “a democracia é relativa”, os bolsonaristas não se surpreendem. É exatamente isso que eles acham que Lula pensa. E isso só fortalece o movimento.

Uma democracia quebrada

Na internet, toda conversa política vira maniqueísta. Ou é de um lado, ou do outro. Assim, a delicadeza de debater o futuro da democracia se perde.

A Jovem Pan deve ser cassada?

O MPF de São Paulo quer cassar a concessão da Jovem Pan. Olha, os caras trabalharam ativamente para criar um clima no qual um golpe de Estado seria possível. Mas chega ao ponto de caber a pena mais grave que se pode usar contra um veículo de comunicação? A pergunta é mais complicada do que parece.

O coach e a ideologia da morte

Se essa história não lhe pareceu política, acredite, ela é puro suco de política. A história do rapaz que morreu por excesso de esforço seguindo os ensinamentos de um coach é também a história de uma ideologia que destrói sociedades.

O problema do Brasil é o povo?

No Ponto se Partida de perguntas e respostas, um dos debates mais antigos da política brasileira. Ainda: Pedro é lavajatista? O direito da discordância. E censura ou punição?

Um Exército sempre golpista

Chegou a hora de o Brasil colocar um ou dois generais na cadeia por tentativa de golpe de Estado. É uma história golpista longa demais a que nosso Exército tem. O ponto final tem de vir agora.

Monark e o desafio à democracia

Monark é um idiota. Mas não é tirando seus direitos como cidadão que a gente vai vencer o bolsonarismo. Eu sei, a ideia é contraintuitiva. Ainda assim, me dê uma oportunidade de defender esse conceito: a democracia tem em si as armas para vencer seus inimigos.

E o Monark? É censura?

Nesta edição de respostas às perguntas e comentários nos vídeos, Pedro fala sobre a decisão do STF de suspender as contas nas redes do ex-apresentador do Flow, Monark. Ainda em debate: a direita estava em 2013? E o papel de cada leitor — e cidadão - numa democracia.

Machismo estrutural, crianças trans e a diversidade humana

Daniela do Waguinho afirma que estão atrás de seu cargo, de ministra do Turismo, por conta do machismo estrutural da sociedade. Será? Simultaneamente, a direita mais extrema atacou uma faixa na parada LGBTQIA+ falando de crianças trans. Este é o grande embate e o grande desafio das democracias: como lidar com a diversidade que faz de nós humanos.

Do que lembro das Jornadas de Junho

Hoje eu gostaria de falar um pouco das minhas memórias pessoais, de como foi cobrir as Jornadas de Junho de 2013. O que eu lembro mais? Lembro do medo.