Assine o Meio: notícia confiável para quem não tem tempo de ler jornal.





Share Tweet
20 de outubro de 2016
Consultar edições passadas

20 de outubro de 2016

CUNHA PRESO

Eduardo Cunha foi preso pela Polícia Federal na garagem do prédio onde ficava seu apartamento funcional, após acordo entre seu advogado e a polícia. Vestia terno, por ter pedido para ser conduzido assim. A mala para a cadeia estava pronta e ele havia recebido fazia pouco uma ligação da mulher, a jornalista Claudia Cruz, o avisando de que os oficiais estavam a caminho. Um pouco antes, a polícia o havia procurado em sua casa, na Barra da Tijuca, Rio. (El País, Globo)
 
No pedido de prisão acatado por Sérgio Moro, um documento de 44 páginas (PDF), a Força Tarefa de Curitiba alega que mesmo cassado o ex-presidente da Câmara indicou nomes para o governo Temer e seguia capaz de influenciar parlamentares. O suficiente, portanto, para obstruir a investigação. A prisão provisória é o mesmo regime que mantem o empresário Marcelo Odebrecht atrás das grades há mais de um ano. (Estadão)

Do Planalto aos plenários de Câmara e Senado, o estado geral é de tensão. A fase do PMDB na Lava Jato começou.

Maiá Menezes: Cunha pressionava jornalistas com sua estratégia de abrir processos a toda hora. Não adiantou. Foi da imprensa que saíram informações fundamentais para a Lava Jato. (Globo)
 
Vera Magalhães: A prisão de Cunha deve acelerar as tratativas pluripartidárias já em curso para tentar conter a Lava Jato. (Estadão)

Ricardo Noblat: O efeito de curto prazo é que aumenta o pânico na República. No médio prazo, esvazia o discurso do PT de que a Lava Jato foi concebida para destruí-lo. (Globo)
 
Josias de Souza: Cunha tem dito que receia ser tratado por Moro de forma draconiana. (UOL)
 
Natuza Nery: A contar pelo humor de parte do Ministério Público, Cunha terá de ‘cuspir sangue’ se quiser se tornar delator. (Folha)

Jânio de Freitas: Há 26 anos no mercado das transações marginais, Cunha pode expor uma quantidade e variedade de pessoas que não têm similar na Lava Jato. (Folha)
 
Gerson Camarotti: Aliados mais próximos avaliam que, se houver aval da Procuradoria Geral da República, Cunha faria delação para livrar mulher e filha de prisões. (G1)

José Roberto de Toledo: Qualquer previsão sobre a delação de Cunha é um chute. Marcelo Odebrecht entrou na cela pensando de um jeito e está tentando sair porque agora pensa diferente. (Estadão)
 
Matheus Leitão: Para investigadores da Lava Jato, Cunha é o político contra quem há mais provas de envolvimento na corrupção da Petrobras. (G1)

Roberto Dias: A prisão por Sergio Moro é um tapa na cara da imagem do STF. (Folha)

Ricardo Lodi: Estamos diante de mais um caso de abuso das prisões cautelares. (Justificando)

A moda é outra: sai o japonês, entra o lenhador da Federal. Que tem Instagram. E é anti-petista.
 

Curtas

O Banco Central diminuiu os juros básicos da economia em 0,25%. É a primeira vez que a Selic cai desde outubro de 2012. (Estadão)

A Justiça Eleitoral cassou a candidatura do prefeito de Belém (PA), Zenaldo Coutinho (PSDB), que tentava reeleição no segundo turno. (Estadão)

Ex-governador do Rio, Sérgio Cabral Filho deu anel de R$ 800 mil de presente para a mulher pago com dinheiro de empresário. (Globo)

No último debate, Donald Trump ameaça não reconhecer derrota nas eleições americanas, se ela ocorrer. (Globo)

Histórias trágicas por trás dos protestos feministas na Argentina. A Quarta-Feira Negra foi convocada após o estupro seguido de assassinato de uma adolescente de 16 anos. (El País)
 

Viver

A sonda TGO pegou a órbita de Marte, como planejado. Mas a nave Schiaparelli, que deveria pousar no planeta, perdeu o contato com as Agências Espaciais de Europa e Rússia. O plano era justamente testar a tecnologia para este pouso. Schiaparelli tem bateria o suficiente para operar de forma autônoma por algo entre três e dez dias. Os cientistas não perderam a esperança de recuperar contato.

Num cenário de aumento de divórcios, a Justiça brasileira continua evitando conceder a guarda compartilhada. Em 2014, 7,5% contra 85,1% de guarda materna.

Todos os modelos de carros Tesla passarão a ser vendidos com a tecnologia self driving, que permite ao computador interno assumir o controle do automóvel em períodos da viagem.

Detentos usam drones para pescar drogas, em Londres. Com vídeo.

Palmeiras, Corinthians e Santos perdem e paulistas são eliminados da Copa do Brasil. (Estadão)

Cultura

O lineup do Lollapalooza 2017, que ocorrerá entre 25 e 26 de março em São Paulo, foi definido. Inclui Metallica e The Strokes. Ingressos já à venda.

Elis, o filme, tem trailer. A atriz Andreia Horta venceu o Kikito pelo papel.

Cotidiano Digital

O Museu do Videogame fica até o dia 30 de outubro no Shopping SP Market, na capital paulista. A exposição inclui mais de 250 consoles dos últimos 42 anos.

A história de Doom, um documentário sobre um dos videogames pioneiros em que o jogador se põe no lugar de um atirador. Em inglês, com legendas em inglês. 50 minutos para assistir online.

Ainda não é assinante? Assine. Não custa nada.





Share Tweet



Consultar edições passadas