Assine o Meio: notícia confiável para quem não tem tempo de ler jornal.





Share Tweet
27 de outubro de 2016
Consultar edições passadas

27 de outubro de 2016

Renan vai à guerra

A quarta foi um dia agitado para o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB). Em discurso (vídeo), anunciou uma série de medidas.
 
Fará dois recursos ao Supremo. Em um, afirma que a ação da Polícia Federal contra o Senado só poderia ser ordenada pelo próprio STF. No outro, representa o juiz Vallisney Oliveira, que autorizou a operação contra a Polícia Legislativa, perante o Conselho Nacional de Justiça. O objetivo é anular a operação e repreender o juiz.
 
Além disso, Renan pôs em regime de urgência uma PEC para acabar com as aposentadorias de juízes e membros do MP condenados por improbidade administrativa. Hoje, são afastados em definitivo do cargo com o salário integral.
 
Renan defendeu, ainda, a aprovação da lei contra abuso de autoridade. Entrevistado pelo Estadão, o decano da Força Tarefa da Lava Jato defende uma lei mais forte contra abusos. Mas vê, nas entrelinhas deste projeto, a permissão de que qualquer investigado processe juiz ou procurador pela maneira como interpreta as leis. Procedimentos contra réus poderosos viriam acompanhados de sérios riscos pessoais.

A presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, marcou para a quinta, dia 3 de novembro, o julgamento que definirá se um réu pode ocupar cargos situados na linha sucessória da Presidência. Renan está muito próximo de se tornar réu da Lava Jato.

Outro ministro do STF, Luís Roberto Barroso, está em campanha contra o foro privilegiado para autoridades.

A Folha conta quem é Vallisney Oliveira, o magistrado chamado de juizeco por Renan.

Temer não vai se meter na briga entre o presidente do Senado e a Justiça, informa Jorge Bastos Moreno.

E o conflito aberto não vai atrapalhar o trâmite da PEC do Teto no Senado, diz Kennedy Alencar.

Curtas

Com dados do Ibope, José Roberto de Toledo faz uma análise interessante do eleitor brasileiro. 36% são politizados, escolhem cedo o candidato e, destes, dois terços têm partido preferido. Se informam pela internet e, nela, debatem muito. 26% são igualmente politizados, discutem política com a família e amigos, tendem a se informar pela imprensa tradicional ainda que online. Estes costumam se decidir pelo candidato no final da campanha. Por fim, 38% não têm qualquer interesse em política e só votam obrigados. Destes, 84% sequer iriam às urnas caso não fossem obrigados. (Estadão)

Quem voltar ao trabalho após se aposentar não terá direito a correção do benefício. A decisão do Supremo poupará até R$ 7,7 bilhões por ano à Previdência. (Folha)

E a AGU cogita ir à Justiça pedir ressarcimento de quem recebeu a mais por conta de desaposentadorias. (Globo)

Ainda não entendeu a PEC do Teto? Você não está sozinho. A briga virou apenas uma repetição da guerra do impeachment, em que os mesmos times cerram fileiras de um lado e do outro e mais repetem números imprecisos do que buscam compreender. Uma análise diferente.

Eduardo Cunha virou réu de novo. Ele e outro ex-presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, são acusados de desvios na Caixa. A decisão é do juiz Vallisney Oliveira. Aquele mesmo. (Estadão)

A doutora Janaína Pascal teme que a Rússia invada o Brasil. Vai que…

ERRATA: diferentemente do que o Meio publicou na edição de ontem, o deputado federal Bebeto (PSB-BA), único que virou o voto no segundo turno de avaliação da PEC do Teto, não é o jogador tetracampeão. Aquele, embora também baiano, é deputado estadual pelo PDT do Rio.

Multidões tomaram as ruas da Venezuela contra Nicolás Maduro.

Trump parece Brizola? Pois lembra sim, de acordo com um grupo de velhos brizolistas, informa Lauro Jardim.

O cerco a Mossul em fotos.

O Partido Pirata deve vencer as eleições na Islândia, sábado. Entre seus planos, oferecer passaporte para Edward Snowden. E escrever uma Constituição colaborativa.

Viver

O sexo da mulher que não casou

Nas últimas semanas, o livro Future Sex explodiu no mundo falado em inglês. Resenhado pelos veículos mais sofisticados: New Yorker, New York Times, Financial Times, quase todas as revistas femininas. Sua autora é a jornalista Emily Witt, 34 anos, que não casou. E, num repente, começa a se perguntar: acaso nunca case, como seria sua vida sexual? E, nessa, além: que tipo de vida há para uma mulher adulta que não casa? Será que ainda vivemos num tempo em que apenas no casamento há felicidade? Future Sex conta o resultado desta investigação. De encontros marcados online a experiências com poliamor, da pornografia virtual a cursos de masturbação, além de muitas conversas. Um livro a respeito de solidão e independência, afinal, assim como um estudo sobre quem somos hoje.
 
Em tempo: Witt formou-se pela excelente Universidade Brown em Estudos Brasileiros.

A lama tóxica da Samarco que ainda se encontra em Mariana (MG) pode agravar a tragédia ambiental. (Folha)

Cotidiano Digital

Um PC para designers, da Microsoft

A Microsoft dobrou as apostas contra a Apple e entrou pesado no ramo de multimídia, principalmente design 3D e realidade virtual. No evento de ontem, lançou um update para o Windows 10 com ferramentas para criação em três dimensões. O Paint, incrivelmente, ganhou também um upgrade. Paint 3D. Óculos de realidade virtual estão entre as novidades. O Surface, seu misto de notebook e tablet também ganhou nova versão.
 
O maior destaque, porém, é o Surface Studio (vídeo). O primeiro computador de mesa da marca, com o monitor mais fino do mercado. Uma tela de 28 polegadas que retrai e, por ser sensível ao toque, se porta também como prancheta. O vídeo impressiona.
 
Aliás… A Apple lança novos computadores hoje. Será transmitido ao vivo a partir das 15h (Brasília).

Ler o WhatsApp sem disparar as setinhas azuis: cinco técnicas.

Casos em que hackers se meteram na internet das coisas.

Cultura

Turnê do Sepultura no Brasil terá Lobão como convidado especial. Por conta do posicionamento do músico carioca à direita, gerou polêmica. Os shows ocorrerão em Belém (25/11), Goiânia (09/12), Recife (10/12) e Vitória (17/12).

A quarta temporada de Sherlock estreia, no Reino Unido e EUA, em 1º de janeiro. Nada confirmado para o Brasil. Este vídeo, com legendas, trata do primeiro episódio.

Game of Thrones, próxima temporada: spoilers.

Superman, uma biografia não autorizada. Ou quase: livro traça a evolução do personagem em oito décadas.

Assine o Meio: notícia confiável para quem não tem tempo de ler jornal.





Share Tweet



Consultar edições passadas