Ainda não é assinante? Assine. Não custa nada.





Share Tweet
10 de fevereiro de 2017
Consultar edições passadas

10 de fevereiro de 2017

No fio da navalha, Supremo e governo

O ministro Edson Fachin autorizou a abertura de seu primeiro inquérito pela Lava Jato no STF. O ex-presidente José Sarney e os senadores Renan Calheiros e Romero Jucá serão investigados por tentar atrapalhar a operação. É a primeira vez que Sarney aparece como investigado. O pedido assinado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, menciona que os trtês viam na chegada de Michel Temer à presidência a possibilidade de um “acordão” que lhes permitisse abafar o processo. (Estadão)

O STF deu ao presidente da República 24 horas para explicar por que decidiu nomear Moreira Franco ministro. (Estadão)

O postulante a uma cadeira no Supremo, Alexandre de Moraes, será sabatinado por 27 senadores na Comissão de Constituição e Justiça. Dentre eles, dez dos treze investigados pela Lava Jato. (Globo)

E Temer proibiu jornalistas de circularem livremente pelo quarto andar do Planalto, onde ficam os gabinetes de seus principais auxiliares. O acesso era livre desde os governos militares. (Folha)

Merval Pereira: “Quanto mais poder o PMDB tem, mais revela sua índole patrimonialista. Com o vazamento de parte ínfima das delações da Odebrecht, e a proximidade da quebra oficial do sigilo, essa mesma classe política entrou em ebulição, possivelmente considerando que as mudanças ocorridas com a morte do relator Teori Zavascki poderão abrir espaços para a operação abafa de que tanto falavam líderes peemedebistas.” (Globo)

Fernando Henrique depôs perante o juiz Sérgio Moro como testemunha de defesa de Paulo Okamoto, diretor do Instituto Lula. Um presidente “não tem como saber de tudo”, afirmou. (Folha)

A Polícia Federal diz ter indícios de que o governador fluminense, Luiz Fernando Pezão, recebeu propinas.

O Rio de Janeiro amanheceu com policiamento normal, apesar de muitos boatos de greve durante a noite. A Força Nacional e o Exército estão de prontidão a pedido do governador.

Justamente a PMRJ entrou em choque violento com manifestantes no centro do Rio durante protestos contra a privatização da companhia de águas, Cedae. Pelo menos 15 pessoas foram feridas. Um estudante precisou sofrer cirurgia após uma bala de borracha lhe atingir fígado e intestino. (Globo)

Número de mortos pela greve da polícia, no Espírito Santo, chega a 113.

O avião em que estava o senador Aécio Neves fez pouso de emergência em Guarulhos, na noite de quinta.

O saldo de contas inativas do FGTS estará liberado a partir de 14 de março até 31 de julho, nas agências da Caixa Econômica. O governo espera que os saques cheguem a R$ 30 bilhões. (Globo)

Para ler com calma: David Frum, que foi autor de muitos dos discursos de George W. Bush, explica como Donald Trump pode se tornar um autocrata americano. E já está no caminho. Em inglês.

Bill Gates está otimista a respeito do futuro do mundo. Um especial em vídeo da CNN.

Tony de Marco
O botão da oligarquia.
D’après Josias de Souza.
 

Cultura

Em São Paulo, as indicações culturais da Bravo! destacam a mostra do cineasta Jean Renoir, em cartaz no CCBB, a exposição de Anita Malfatti no MAM, entre outros eventos.

No Rio, os destaques incluem a peça O Pão e a Pedra, da Companhia do Latão, no CCBB, e a exposição de fotos em cores de Robert Capa, no Oi Futuro, além de shows de Otto e Emicida, nesta sexta-feira.

Nos cinemas, estreiam a animação Lego Batman: O Filme (trailer) e o drama A Cidade onde Envelheço (trailer). Veja mais lançamentos do final de semana.

Aretha Franklin vai se aposentar neste ano, após 50 anos de carreira. Mas, antes, lançará disco produzido por Stevie Wonder.

Uma diva é uma diva: Aretha levou Obama às lágrimas em apresentação, dois anos atrás. Veja o vídeo e uma galeria de fotos da cantora.

Onde são construídos os palcos de Beyoncé, Madonna ou dos Rolling Stones? O cenário do Oscar? O chão onde Michael Jackson fez seu primeiro moonwalk em 1983? Todos vêm do mesmo lugar: uma empresa na diminuta Lititz, cidade americana com pouco mais de 9 mil habitantes. O Guardian narra a trajetória da fábrica.

Viver

Com drone-inseto, cientistas conseguem polinizar flores. Para imitar uma abelha, o dispositivo ganhou pelos de cavalo na “barriga”, besuntada de gel para fixar o pólen. Solto num campo de lírios japoneses, o drone-inseto cumpriu o ofício das abelhas e carregou pólen de uma flor à outra. (Estadão)

Torre Eiffel será cercada com barreira de vidro. Grades metálicas já haviam sido instaladas em agosto, mas de forma provisória. Já o muro de vidro será definitivo, previsto ainda para este ano. Será blindado, com 2,5m de altura, e custará o equivalente a R$ 66 milhões.

A história de um dos três casais do país que têm autorização judicial para plantar maconha. Marido e mulher construíram uma estufa há poucos meses, estão aprendendo a lidar com a terra e frequentam oficinas na UFRJ para saber identificar a dose de canabinóides nas plantas. Assim, poderão extrair o óleo para tratar do filho Gabriel.

A UFRJ, aliás, precisa de recursos para o laboratório que avalia o percentual de canabinóides no óleo extraído da planta. O processo é caro, e a universidade criou campanha de financiamento coletivo

Um gerador de discursos de Donald Trump – basta inserir palavras do repertório do presidente, e o site apresenta o texto com a voz e a imagem dele. Trump, aliás, é fonte inesgotável para a internet.

Há um panda fugitivo nos Estados Unidos. Após driblar a segurança do zoológico de Virgínia, Sunny, de um ano e meio, escapou e segue desaparecida há duas semanas. O New York Times relembra outras fugas históricas de animais de zoológicos.

Cotidiano Digital

STJ autoriza o Ecad a cobrar por música na internet. O órgão que recolhe direitos autorais pela execução pública de composições poderá, por decisão do tribunal, entender a música na web da mesma forma. 

Por que o Vale do Silício não existiria sem os imigrantes? Texto do New York Times explica que é justamente a abertura para outros países a razão pela qual a área se tornou uma potência em pesquisa e desenvolvimento de tecnologia. Por exemplo, todo o setor de anúncios do Google só existe por obra de dois iranianos e um canadense.

Pedro Doria: Justamente pela preocupação com a guinada conservadora dos EUA, pensadores do Vale do Silício se reuniram para desenhar sua ideia de futuro econômico. (Globo e Estadão)

Apesar do hype, parece que as pessoas não estão interessadas em testar equipamentos de realidade virtual. O Facebook decidiu desativar quase metade dos 500 espaços de demonstração do Oculus, instalados nas lojas da Best Buy, porque os dispositivos são raramente testados.

Assine o Meio: notícia confiável para quem não tem tempo de ler jornal.





Share Tweet



Consultar edições passadas