Assine o Meio: notícia confiável para quem não tem tempo de ler jornal.



Share Tweet


Agenda cultural para 15-10-21



Começa hoje, em formato híbrido, o festival Sesc Jazz, cuja programação de shows nacionais e internacionais, mostra de filmes e atividades de formação se estende até o dia 31. O pianista pernambucano Amaro Freitas abre os trabalhos direto do Sesc Pompeia, diante de plateia presencial reduzida e também em transmissão online.

Arvo Volmer e Ricardo Bologna se revezam na regência no concerto da Osesp dessa sexta, com repertório que inclui Ionisation, de Varèse, e Jeu de Cartes, de Stravinsky. Amanhã, a Filarmônica de Minas Gerais interpreta obras de Debussy e Villa-Lobos, entre outros, sob a batuta de José Soares.

O espetáculo Quando Todas as Folhas Caem, de Ciça Ohno com o Núcleo Fu Bu Myo In, abre hoje o Visões Urbanas, festival de dança que apresenta 18 espetáculos de cinco países, além de mostra de vídeo-dança e oficinas, até o dia 24.

Amanhã, o veterano João Donato volta aos palcos pela primeira vez desde a pandemia e se apresenta com trio no Blue Note São Paulo, que transmite o evento.

Para comemorar os 19 anos, o Grupo XIX de Teatro exibe, ao longo de 19 dias, uma mostra digital com alguns de seus principais trabalhos, como Marcha para Zenturo (em parceria com o Grupo Espanca) e Hysteria.

Sara Antunes começa amanhã a temporada online do monólogo Sonhos para Vestir, costurado por cartas que trocou com o pai. A direção é de Vera Holtz.

Na quinta, o compositor Flo Menezes e o filósofo Vladimir Safatle conversam sobre música no lançamento do livro A Potência das Fendas. Realizado pelo Centro de Pesquisa e Formação do Sesc, o debate será mediado por Andrei Reina, da Bravo!.

No mesmo dia, uma performance de Luz Ribeiro e show de Anelis Assumpção marcam a abertura do Dona Ruth: Festival de Teatro Negro de São Paulo, com transmissão do Itaú Cultural.

Para mais dicas de cultura, assine a newsletter da Bravo!.



Share Tweet