Assine o Meio: notícia confiável para quem não tem tempo de ler jornal.



Share Tweet


Agenda cultural de 12-11-2021



Retomando as atividades do Teatro Oficina, o filme-espetáculo Esperando Godot, adaptado do clássico de Samuel Beckett, está em temporada virtual pela plataforma Simpla Play. A produção tem direção de José Celso Martinez Corrêa e Monique Gardenberg.

Até segunda, o festival Corpas Sonoras realiza encontros de improvisação musical com artistas lésbicas, trans e não-binárias, como Jadsa, Badsista e Maria Beraldo.

A Osesp recebe hoje a regente norte-americana Marin Alsop e a pianista venezuelana Gabriela Montero, que interpretam o Concerto nº 1 de Tchaikovsky. Amanhã, o cantor Alceu Valença apresenta o show Valencianas ao lado da Orquestra Ouro Preto.

A partir dessa sexta, a Mostra Sessão Meia-Noite, Olho Neles e Nelas exibe madrugada adentro trabalhos de novos artistas da dança contemporânea. Na quinta, o espetáculo E Se…, com coreografia de Gabriel Malo e direção de Gisele Bellot, discute a violência contra a mulher na temporada digital do Teatro Sérgio Cardoso.

Aysha Nascimento, Georgette Fadel e Karen Menatti dividem a direção do espetáculo

Antígona Terceirizada, que estreia na segunda com Denise Assunção no elenco e transmissão do CCSP.

No mesmo dia, a atriz e cantora Zezé Motta fala sobre os seus mais de 50 anos de carreira e alguns de seus projetos recentes, como a participação no documentário Prateados – A Vida em Tempos de Madureza, no Roda Viva.

Prêmio Nobel de Literatura em 2006, o escritor turco Orhan Pamuk abre o Seminário Internacional Futuro da Memória na quarta com uma palestra sobre o papel dos museus no século 21.

Na quinta, começa o 3º Burburinho Literário – Festival de Literatura e Tradução, com convidados como Christine Röhrig e André Capilé. No mesmo dia, os historiadores Sidney Chalhoub e Heloisa Starling conversam sobre os movimentos antivacina em live de lançamento da nova revista Serrote.

Para outras dicas de cultura, assine a newsletter da Bravo!.



Share Tweet