EUA pretendem restringir vendas de chips de IA para China

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

O Departamento de Comércio dos Estados Unidos anunciou nesta terça-feira que planeja impedir a venda de chips mais avançados de inteligência artificial para a China nas próximas semanas. Em restrições anteriores, os chineses foram impedidos de comprar o Nvidia H100, processador preferido de empresas americanas de IA, como a OpenAI, restando apenas versões inferiores, como H800 ou A800. O objetivo é impedir o acesso chinês a semicondutores avançados, que possam proporcionar avanços de IA com uso militar. Segundo altos funcionários do governo americano, as novas regras também deverão restringir o acesso a esses chips e outros vendidos por Intel e AMD. (CNBC)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.