Senado aprova regime de urgência para desoneração da folha até o fim de 2027

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

O Senado aprovou nesta terça-feira a urgência do projeto que prorroga por mais quatro anos, até o fim de 2027, a desoneração da folha de pagamento de empresas de 17 setores. Com isso, a tramitação da matéria será acelerada e, segundo o presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), o texto será apreciado nesta quarta-feira pelo plenário. A proposta foi aprovada pelo Senado em junho, mas sofreu mudanças na Câmara dos Deputados em agosto. Por isso, teve de ser submetida novamente à análise dos senadores. Mais cedo, a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) rejeitou todas as mudanças feitas pelos deputados. O projeto permite que empresas de 17 setores substituam a contribuição previdenciária, de 20% sobre os salários dos empregados, por uma alíquota sobre a receita bruta, que varia de 1% a 4,5%, de acordo com o serviço prestado. A prorrogação da medida impacta 8,9 milhões de empregos formais diretos. (g1)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.

Se você já é assinante faça o login aqui.

Fake news são um problema

O Meio é a solução.

Edições exclusivas para assinantes

Todo sábado você recebe uma newsletter com artigos apurados cuidadosamente durante a semana. Política, tecnologia, cultura, comportamento, entre outros temas importantes do momento.


R$15

Mensal

R$150

Anual
(economize 2 meses)
Edição de Sábado: 'O identitarismo promove uma sociedade conflituosa e hostil'
Edição de Sábado: Biden e a sombra de 1968
Edição de Sábado: Descriminalizou, e agora?
Edição de Sábado: Em nome delas
Edição de Sábado: Nova era dos extremos

Sala secreta do #MesaDoMeio

Participe via chat dos nossos debates ao vivo.


R$15

Mensal

R$150

Anual
(economize 2 meses)

Outras vantagens!

  • Entrega prioritária – sua newsletter chega nos primeiros minutos da manhã.
  • Descontos nos cursos e na Loja do Meio

R$15

Mensal

R$150

Anual
(economize 2 meses)