Julgamento de Moro no TRE-PR começa em 1º de abril

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), desembargador Sigurd Roberto Bengtsson, marcou para 1º de abril o início do julgamento de duas ações que podem levar à cassação do senador Sergio Moro (União Brasil-PR), conta a coluna de Malu Gaspar. Haverá outras duas sessões em 3 e 8 de abril. O julgamento foi marcado no mesmo dia em que o presidente Lula oficializou a escolha do advogado José Rodrigo Sade para o cargo de juiz titular do TER-PR, dando ao tribunal o quórum exigido para a análise do caso. Os juízes analisarão duas ações, do PT e do PL, sobre abuso de poder econômico, caixa 2 e uso indevido dos meios de comunicação durante as eleições de 2022. Ninguém terá acesso prévio ao voto do relator, Luciano Carrasco Falavinha, e cada um dos sete integrantes do TRE vai destrinchar o voto com o objetivo de prestar contas à sociedade. (Globo)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.