União Brasil afasta Luciano Bivar da presidência do partido temporariamente

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

A Executiva do União Brasil decidiu nesta quarta-feira — por 11 votos a favor, cinco contra e uma abstenção — pelo afastamento temporário do deputado e atual presidente do partido, Luciano Bivar. O comando da sigla foi assumido pelo vice-presidente e presidente eleito, Antonio Rueda (PE). O pedido de afastamento foi motivado por ameaças contra Rueda, eleito em 29 de fevereiro para comandar o partido, e seus parentes. A reunião foi marcada por pedidos de “questão de ordem” de Bivar, que, por vídeo, tentou impedir a participação de Rueda e sua irmã, Maria Emília de Rueda, tesoureira do partido. Ambos tiveram suas casas de praia em Ipojuca (PE) incendiadas, lançando suspeitas sobre Bivar. O conselho de ética do partido vai analisar o caso em até 60 dias, podendo decidir pela expulsão do parlamentar. Bivar terá cinco dias para enviar sua defesa. (Poder360)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.