Ainda não é assinante? Assine. Não custa nada.

 
 


24 de setembro de 2019
Consultar edições passadas

Suprema Corte britânica: Johnson fechou ilegalmente Parlamento


Conforme esta edição do Meio fechava, Lady Brenda Hale, presidente da Suprema Corte do Reino Unido, determinou que o primeiro-ministro Boris Johnson fechou ilegalmente o Parlamento para impedir que conversas sobre o Brexit ocorressem. “O efeito nos fundamentos de nossa democracia foi extremo”, ela afirmou. A decisão da Corte foi unânime, contando com os votos dos 12 ministros. O Speaker of the House, John Bercow, já informou que a Câmara dos Comuns deve voltar a se reunir o mais rápido possível. A função de Speaker corresponde à de um organizador das conversas em plenário. O total impacto desta decisão, uma bomba política de grande magnitude, ainda não é completamente claro e acompanharemos ao longo do dia. (Guardian)

Leia: A decisão completa em PDF.


Após três dias de silêncio, o governador fluminense Wilson Witzel abriu coletiva à imprensa para se manifestar a respeito do assassinato da menina Ágatha Félix. “Também sou pai, tenho uma filha de 9 anos”, disse Witzel. “Você acha que não choro pensando na dor de qualquer pai? Sou uma pessoa de sentimento. Agora, não é porque temos um fato terrível que vamos parar o estado.” O governador falou de seus críticos. “É indecente usar um caixão como palanque.” Ele também informou ter cobrado rigor e celeridade nas investigações. O secretário de Polícia Civil, Marcus Vinícius Braga, aproveitou para explicar que o crime nada tem a ver com a política do governo. “A gente não pode, de maneira nenhuma, ligar a morte da menina Ágatha à política de segurança do Rio de Janeiro.” A menina foi atingida na sexta, com um tiro nas costas, quando estava em uma Kombi com a mãe. Familiares e testemunhas afirmam que o tiro foi disparado pela polícia e que não havia confronto com traficantes na hora. (G1)

Bernardo Mello Franco: “O governador criticou a oposição e disse que ‘é indecente usar um caixão como palanque’. Foi exatamente o que ele fez ao aproveitar o caso para exaltar a sua própria política de segurança. Não chegou nem perto de uma autocrítica pelas mortes de inocentes no Rio. Ao contrário: parabenizou seus secretários e disse que a polícia tem atuado de forma ‘satisfatória e significativa’. Não é a primeira vez que o governador faz exploração política de uma morte. No mês passado, ele deu pulinhos e socou o ar após a morte do homem que sequestrou um ônibus na Ponte Rio-Niterói.” (Globo)

A família da menina recusou todas as ofertas de ajuda feitas pelo governo do Rio. Não quer recurso de nenhuma espécie. (Folha)

Os presidentes de cinco partidos de oposição — PDT, PSB, PT, PSOL e PCdoB — assinaram queixa-crime que apresentaram ao STJ. “A truculência em operações policiais era uma das pautas defendidas por Witzel quando ainda aspirava como candidato”, diz o texto. Os políticos caracterizam a política como de extermínio da população pobre do Rio. (Folha)

Gilmar Mendes: “Os casos de mortes resultantes de ações policiais nas favelas são alarmantes. Ágatha é a quinta criança morta em tiroteios no RJ neste ano. Ao total, 16 foram baleadas no período. Uma política de segurança pública eficiente deve se pautar pelo respeito à dignidade e à vida humana.” (Twitter)

O Grupo de Trabalho que se debruçou na Câmara sobre o Projeto Anticrime do ministro Sergio Moro deve concluir suas funções na semana que vem. Estaria, assim, liberado para votação em plenário. Duas das inovações já foram retiradas. A prisão após condenação em segunda instância saiu porque os deputados consideram que para esta não basta lei, seria necessária uma emenda à Constituição. E a proposta de permitir que Ministério Público e acusados de crimes possam fazer um acordo a respeito das penas continua, mas será necessário o aval de um juiz. A pressão para que o excludente de ilicitude caia aumentou — é o trecho que dificulta a punição de policiais que matam durante o serviço quando ‘movidos a forte emoção’. As mudanças mobilizam a bancada do governo, que cobra do presidente Jair Bolsonaro maior empenho na defesa do texto. Enquanto não vem, deputados já começaram a apresentar projetos paralelos com o mesmo fim. A briga deve agitar o Congresso. (Folha)

Acontecerá hoje o esperado discurso de Jair Bolsonaro na abertura da Assembleia Geral da ONU. Durante o voo até Nova York, o presidente sentiu dores na região da cirurgia, mas, segundo o médico a bordo, o quadro é normal. Hospedado no mesmo hotel de Donald Trump, os dois não se encontraram. Um encontro pode ocorrer ainda hoje. Bolsonaro cancelou quaisquer outras conversas com chefes de Estado. Seus assessores informaram que não quer parecer estar favorecendo ninguém. (Estadão)

Enquanto isso... O talvez futuro embaixador Eduardo Bolsonaro se reuniu com Stephen Bannon, o assessor defenestrado por Trump que organiza o que chama ‘Movimento’, organização da nova direita populista. Bannon ajudou, há uma semana, o chanceler Ernesto Araújo no texto do discurso que o presidente fará. Todos avaliam que o mundo está usando a Amazônia para atacar o governo brasileiro. (Estadão)

O plenário do Supremo decidirá, amanhã, se há diferença entre delatores e delatados na fase de alegações finais em processos. A Justiça vinha dando os mesmos prazos, concomitantes, para ambos. Ao avaliar uma queixa do ex-presidente do Banco do Brasil, Aldemir Bendine, a Segunda Turma compreendeu que as alegações de delatores deveriam vir antes, como as de acusadores. Isto levou à anulação de sua sentença. Se o pleno mantiver a nova compreensão, 32 sentenças envolvendo 143 réus da Lava Jato podem também ser anuladas. (G1)

dasa_1

HealthTech


Um novo sistema de inteligência artificial, lançado pela startup brasileira Hisnek, se propõe a auxiliar os RHs de empresas a orientar funcionários em seus cuidados. Tem motivo: até 2020, a depressão deverá ser a maior causa de afastamento do trabalho, segundo a OMS. Em 2022, o burnout entra na lista de doenças oficiais. Prestar atenção na saúde mental e física de quem trabalha se tornou imperativo. IVI, como o sistema é chamado, recebe as queixas de cada pessoa e sugere tratamentos preventivos de saúde mental, atividade física e nutrição. Com poucas semanas em operação, já atenda a mais de 80 mil pessoas.

A Wing, uma startup de entregas por drones que pertence ao Google, começa no mês que vem a fazer entregas de farmácia. O serviço estará disponível apenas no estado americano da Virgínia e é uma parceria com FedEx e a rede Walgreens. O objetivo é provar que o serviço pode funcionar para entregas rápidas em locais de baixa densidade populacional e grandes distâncias.

Cultura


Uma nova ofensa de diretor da Funarte a Fernanda Montenegro repercutiu nas redes sociais. Roberto Alvim chamou atriz de 'sórdida' e 'mentirosa' em publicação no Facebook e também atacou a obra da escritora francesa Simone de Beauvoir — "uma canalha completa e sem arrependimentos". Ontem, o diretor voltou a ofender Fernanda, diante da repercussão do primeiro texto publicado no domingo. Alvim reafirmou suas declarações e disse desprezar a atriz, que optou por não se manifestar.

O presidente da Funarte se disse "completamente chocado" sobre ofensa de diretor a Fernanda Montenegro e pediu audiência a ministro da Cidadania para falar de mensagens.

Simonal é o grande vencedor do 23º Festival de Cinema Brasileiro de Miami. Ao todo, o longa conquistou quatro prêmios, dentre os quais se destacam o de Melhor Ator para Fabrício Boliveira, responsável por interpretar Simonal, e o de Melhor Filme. O longa também ganhou nas categorias de melhor Direção de Fotografia, com o trabalho de Pablo Baião e de Melhor Filme Eleito por Júri Popular. Em seu discurso de agradecimento, Boliveira dedicou o prêmio a Agatha Vitória Sales Félix, vítima de bala perdida.

Por falar em cinema... o quarto dia da 67ª edição do Festival de de San Sebastián, no norte da Espanha, recebeu a presença de um dos artistas mais aguardados do evento: o ator argentino Ricardo Darín. Ele protagoniza com o filho, o também ator Chino Darín, a comédia La Odisea de Los Giles, que agradou a crítica.

A Netflix divulgou um novo teaser do filme El Camino, longa metragem que é uma continuação dos eventos da premiada série Breaking Bad. O filme será estrelado por Aaron Paul na pele de Jesse Pinkman. E tem mais. O ator Jonathan Banks, intérprete de Mike Ehrmantraut, um dos personagens principais de Better Call Saul, deixou escapar em uma entrevista que também está no elenco.

Viver


E a Cúpula do clima na ONU teve um acordo modesto, com a Europa liderando esforço, mas sem adesão de EUA, China e Índia. Não houve representação do Governo brasileiro. Greta Thunberg liderou discurso de jovens ao lado de brasileira Catarina Lorenzo.

A adolescente,16, dirigiu-se ontem ao plenário da cúpula do clima na ONU."Você vem até nós, os jovens, em busca de esperança. Como ousam?",  criticou. A ativista, símbolo da juventude global que exige ação urgente contra a mudança climática, acusou os líderes mundiais de terem traído sua geração através da falta de ação diante do aquecimento global. "Vocês roubaram meus sonhos e minha infância com suas palavras vazias, mas eu tenho sorte. Pessoas estão sofrendo, pessoas estão morrendo, ecossistemas inteiros estão entrando em colapso".

Enquanto isso... a maior rede de produtos naturais da Suécia suspendeu a compra de produtos brasileiros. Em entrevista ao Estado, Johannes Cullberg diz que medida foi tomada após notícias sobre queimadas na Amazônia e liberação de agrotóxicos. Fundador da Paradiset, ele vendia itens como manga, castanhas, cacau, limão e água de coco de origem brasileira. Mas decidiu parar de vender os produtos para não expor os clientes dos seus supermercados a mercadorias cuja produção usou defensivos agrícolas que são proibidos pelas leis suecas ou que pudessem ter colaborado com o desmatamento.

Os 30 melhores cartazes da greve do clima que começou na última sexta-feira. "Use menos papel", diz um deles em tamanho micro.

Para ler com calma... Uma enxurrada de escândalos recentes no MIT vem revelando o nível de sexismo nas altas esferas da tecnologia, mas é apenas o capítulo mais recente de uma sucessão de casos que há anos mancham empresas e instituições tecnológicas. Como o do famoso ativista Jacob Appelbaum, que demitiu-se de seu cargo no projeto da rede de anonimato TOR por causa de várias acusações de estupro e maus-tratos emocionais. E o de Andy Rubin, o criador do sistema operacional para Android, que saiu do Google por conta de acusação de abuso sexual, mas também com muitas homenagens. (El País)

Fifa The Best. A conquista do Fifa Fan Award (prêmio dedicado a torcedores) por Silvia Grecco, que narra os jogos do Palmeiras para o filho Nickollas, deficiente visual, foi um dos momentos mais emocionantes da cerimônia. Conheça os bastidores da história. Megan Rapinoe levou prêmio de melhor jogadora e pediu mais igualdade no futebol. Lionel Messi foi escolhido o melhor jogador do mundo.

Cotidiano Digital


A Amazon lança, amanhã, uma linha nova de hardware. Entre eles, fones de ouvido com capacidade de medir parâmetros ligados a saúde e uma caixa de som inteligente de boa qualidade com woofer.

Os iPads poderão ser atualizados, hoje, com o novo iPadOS. Vale para modelos iPad e iPad Mini a partir da quinta geração, o Air a partir da segunda, e todos os Pros.





Bem-vindo ao Meio. A assinatura básica é gratuita, comece agora mesmo.




24 de setembro de 2019
Consultar edições passadas