Campos Neto defende compromisso de atingir meta fiscal

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

Em audiência pública na Câmara dos Deputados, o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, defendeu hoje o compromisso de atingir a meta fiscal estabelecida pelo governo Lula. “Hoje, o importante é persistir na meta, é o que a gente tem dito e o que foi delineado na comunicação oficial. A razão pela qual existe um questionamento é porque precisa de receitas adicionais bastante grandes para cumprir esse número”, afirmou. O Ministério da Fazenda traçou como objetivo zerar o déficit primário em 2024 – meta vista com ceticismo pelo mercado. O chefe da instituição também disse que “todo mundo” entende a dificuldade de corte de gastos do governo e de atingir a meta estabelecida, mas reforçou o discurso de perseverança. Campos Neto prestou esclarecimentos sobre política monetária na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara, solicitada pelo deputado Lindbergh Farias (PT-RJ). (Folha)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.