Mortes pela polícia baiana cresceram 365% em 13 anos

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

Ao longo dos últimos 13 anos, as mortes por enfrentamento com a polícia na Bahia saltaram 365%, segundo dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2023. Em 2010, a polícia baiana matou 315 pessoas em situações registradas como confrontos, passando para 1.464, o maior número do país, no ano passado. Para se ter uma ideia, a média nacional de mortos em confrontos com autoridades em 2022 foi de 238 óbitos. O secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, defendeu a polícia baiana e minimizou as mortes, dizendo que o crime organizado, armado de fuzis, não pode ser enfrentado “com rosas”. (Poder360)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.