PL já desembolsou R$ 870 mil com Bolsonaro e seus aliados

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

Desde janeiro o PL já desembolsou R$ 870 mil do Fundo Partidário, formado por recursos públicos, com salários para o ex-presidente Jair Bolsonaro e outras 12 pessoas de seu grupo, incluindo a ex-primeira-dama Michelle e o general Braga Netto, que foi ministro no governo anterior e candidato a vice no ano passado. Os dados constam da prestação de contas do partido apresentada à Justiça Eleitoral. Antes de deixar o poder, Bolsonaro negociou com o PL cargos para ele seu grupo com salários equivalentes ao do setor público. Ele é presidente de honra do partido, recebendo R$ 30,4 mil mensais – além de acumular pensões como ex-militar e ex-deputado no total de R$ 34 mil mensais líquidos. Michelle também recebe R$ 30,4 mil por mês como presidente do PL Mulher. (UOL)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.