Relatora da CPMI do 8/1 planeja indiciar Bolsonaro

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

A relatora da CPMI que investiga os atos golpistas de 8 de janeiro, senadora Eliziane Gama (PSD-MA), pretende pedir o indiciamento do ex-presidente Jair Bolsonaro e de pelo menos dois auxiliares diretos dele, Filipe Martins, ex-assessor internacional do ex-presidente, e o general Augusto Heleno, ex-ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI). Ela vai apresentar seu relatório no próximo dia 17 e, mesmo sem que Bolsonaro tenha sido ouvido, acredita ter base jurídica e documental para indiciá-lo. Já a oposição, minoria na comissão, pretende apresentar um relatório paralelo acusando o atual governo de omissão. O presidente da CPMI, deputado Arthur Maia (UB-BA), cancelou a sessão marcada para esta quinta-feira, alegando expectativa de baixo quórum. (CNN Brasil)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.