Número de professores formados por EAD em faculdades privadas dobra em 10 anos

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

Um levantamento da ONG Todos Pela Educação, utilizando dados do Inep, mostra que o número de professores formados em cursos de licenciatura à distância, em faculdades particulares, mais do que dobrou em dez anos, enquanto a qualidade dos cursos decaíram ao longo do tempo. Em 2022, 60,2% dos formandos eram dessa modalidade de ensino, ante os 28,2% dos concluintes em 2002. Em que pese o aumento expressivo de alunos formados pelo EAD em outros cursos, o índice ainda é menor do que os da licenciatura – 30,3% em 2022 contra 9,2% dez anos antes. Especialistas avaliam que o excesso de carga teórica na grade e a falta de atividades práticas; a estrutura falha dos estágios obrigatórios; e mecanismos falhos do ministério da Educação no controle de qualidade dos cursos contribuem para a piora da formação de futuros professores. (g1)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.