Haddad deve questionar Campos Neto sobre ritmo de corte de juros

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad disse hoje que vai conversar com o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, para entender uma suposta fala sobre reduzir o ritmo de corte da taxa básica de juros, a Selic. O presidente do BC teria dito que há mais possibilidade de ter um corte de 0,25 ponto percentual na Selic do que de um aumento no ritmo, para alta de 0,75 p.p. A autoridade monetária sinalizou redução de 0,5 p.p. a cada reunião. Campos Neto, que também está em Marrakech para reuniões do FMI, teria falado sobre o assunto com investidores internacionais. Também em reunião no FMI, Haddad também reiterou que vai cumprir as metas primárias e que isso será possível por meio de medidas adicionais para aumentar as receitas. A declaração foi feita após projeções do Fundo de que o país não vai conseguir zerar o déficit das contas públicas em 2024. (Poder360 e CNN)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.