Demora na indicação para a PGR é recorde

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

Já se passaram 17 dias desde o fim do mandato de Augusto Aras como procurador-geral da República sem que o presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) dê sinais da indicação do substituto, um recorde na história do país. Segundo fontes do círculo interno do Planalto, Lula ainda não encontrou um nome que considere de sua inteira confiança e, enquanto essa pessoa não surge, avalia a atuação da PGR interina, Elizeta Ramos. Embora tenha um perfil conservador, ela, na avaliação do Executivo, vem tendo uma atuação discreta, o que é bem-visto. O presidente já deixou claro que, ao contrário de seus governos anteriores, não vai escolher um nome da lista tríplice eleita pelos procuradores, mesma prática adotada por Fernando Henrique Cardoso e Jair Bolsonaro. (Globo)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.