Austrália multa plataforma X em US$ 386 mil por falhas relacionadas a conteúdo com abuso infantil

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

A Comissão de Segurança Eletrônica (eSafety Commissioner, em inglês), órgão regulador da Austrália, multou a plataforma X, ex-Twitter, em US$ 386 mil por não cooperar com uma investigação sobre práticas contra o abuso infantil. A comissão considerou que a empresa não respondeu de forma devida a perguntas sobre o tema. Os questionamentos incluíam quanto tempo a rede social levou para reagir a denúncias de material de abuso infantil na plataforma e os métodos usados para detectá-lo. De acordo com as leis australianas, as empresas de internet são obrigadas a fornecer informações sobre práticas de segurança online. Caso elas não enviem os dados solicitados, terão de enfrentar uma multa. Além disso, o X pode ser processado caso se recuse a pagar a multa. Vale lembrar que a rede social do bilionário Elon Musk também foi instada pela União Europeia (UE) por problemas com moderação e desinformação ligados ao conflito entre Israel e Hamas. O bloco abriu uma investigação com base no recém-criado Digital Services Act (DSA), que exige que as plataformas operem na Europa para policiar conteúdos prejudiciais — podendo aplicar multas significativas para garantir o cumprimento. (Reuters e Olhar Digital)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.