Polícia belga mata suspeito de assassinar turistas suecos

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

A polícia belga anunciou hoje ter matado um homem de 45 anos, suspeito do ataque que deixou dois turistas suecos mortos na segunda-feira em Bruxelas. Identificado como Abdesalem L., um tunisiano que teve o pedido de asilo na Bélgica negado em 2019, o suspeito tinha um rifle automático do mesmo tipo usado no ataque contra os suecos. Segundo as autoridades, ele chegou a gravar um vídeo reivindicando o atentado em nome do Estado Islâmico e chegou a ser classificado como “radical” e “candidato a jihadista” por uma agência de inteligência estrangeiro. A Bélgica não explicou como Abdesalem continuou a viver no país após ter o asilo negado. (UOL)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.