Rio de Janeiro tem a pior cobertura da rede de Atenção Primária à Saúde do Brasil

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

Um levantamento do Instituto de Estudos para Políticas de Saúde (IEPS), utilizando dados consolidados de 2021, mostra que o Rio de Janeiro é o estado com pior cobertura da rede de Atenção Primária à Saúde (APS) do Brasil, chegando a apenas 57,2% da população. São Paulo e Distrito Federal aparecem empatados na segunda posição, com 63,2%. Entre os melhores, o Piauí aparece no topo do ranking, com 99,9% dos habitantes amparados pelo serviço, seguido por Paraíba (97,5%) e Tocantins (96,9%). A APS é muito importante para identificar doenças em estágios iniciais e impedir que problemas de saúde tratáveis cheguem a quadros mais graves. (Globo)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.