Crime contra indígenas nos EUA marca as estreias dos cinemas

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

Nos EUA, no início do século passado, o petróleo enriqueceu o povo indígena Osage e atraiu homens brancos inescrupulosos, culminando em mais um capítulo na lista de crimes contra os povos originários. Essa história real inspira o longa (longa mesmo, 203 minutos) Assassinos da Lua das Flores (trailer), Martin Scorsese, com Leonardo DiCaprio, Lily Gladstone e Robert De Niro, destaque nas estreias desta quinta-feira nos cinemas. Também merece destaque Elas por Elas (trailer), que reúne sete curtas dirigidos e protagonizados por mulheres de várias partes do mundo. Annette Bening vive o papel título de Nyad (trailer), sobre a maratonista aquática que tentou nadar de Cuba para a Flórida. Na categoria tiros e pancadaria, 97 Minutos (trailer) mostra um agente infiltrado que tem um limite de tempo (adivinhe qual) para impedir a queda de um avião tomado por terroristas. Da França vem o drama O Livro dos Sonhos (trailer), no qual uma mãe usa uma lista de “coisas para fazer” a fim de tirar o filho de um coma. E para alegrar a crianças (e vender bonequinhos), Trolls 3 – Juntos Novamente (trailer) preenche a cota de animações.

PUBLICIDADE

Confira a programação completa nos cinemas da sua cidade. (Adoro Cinema)

Para ler com calma. Para ser histórica e linguisticamente correto, Scorsese contratou consultores do povo Osage, mas mesmo seus colaboradores têm sentimentos ambíguos em relação a Assassinos da Lua das Flores. “Como Osage, eu realmente queria que isso tivesse sido feito pela perspectiva de Mollie (Gladstone) e do que sua família vivenciou, mas acho que seria necessário um Osage para fazer isso”, disse o consultou Christopher Cote. (Veja)

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.