Republicanos voltam à estaca zero na escolha de um presidente para a Câmara dos EUA

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

Após três derrotas do deputado ultraconservador Jim Jordan, o Partido Republicano voltou à estaca zero na escolha de um speaker – equivalente a presidente – para a Câmara dos EUA. Em uma votação interna secreta, os republicanos decidiram desistir da candidatura de Jordan. Na teoria, o partido que detém a maioria já conta com os 217 votos necessários para ocupar a vaga, mas a divisão interna entre trumpistas e moderados embolou o jogo republicano. Com 222 cadeiras na Câmara, qualquer candidato republicano não pode perder o apoio de mais de quatro colegas para se tornar speaker, e Jordan viu seu desempenho piorar a cada votação: 20 republicanos contrários na quarta-feira, 22 na quinta e 25 na sexta. O partido deu prazo de até o meio-dia de domingo para que seu deputados lancem candidaturas ao cargo, e um novo nome será escolhido na segunda-feira – se houver consenso. Sem um speaker, todo o processo legislativo está parado, o que trava a aprovação, por exemplo, de financiamento do governo e ajuda econômica e militar a aliados como Israel e Ucrânia. (CNN)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.