Contrariando Bullrich, ala de sua coalizão fica neutra no segundo turno argentino

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

Na contramão da candidata Patricia Bullrich e o ex-presidente Mauricio Macri, uma ala da coalizão oposicionista Juntos Pela Mudança decidiu ficar neutra no segundo turno da eleição presidencial argentina, marcado para o dia 19 de novembro. Na quarta-feira, Bullrich, terceira colocada na primeira votação, anunciou apoio ao segundo mais votado, o libertário Javier Milei, contra o ministro da Economia Sergio Massa. O grupo dissidente, capitaneado pelo ex-deputado Gustavo Valdés, divulgou uma nota criticando a corrupção e o “populismo econômico” do atual governo, mas dizendo que vai combatê-los reafirmando seus valores, e não entregando sua identidade “ao alquimista de plantão”, referindo-se a Milei. (Clarín)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.