Rio Negro volta a subir no Amazonas após seca histórica

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

Após a maior seca de sua história, o Rio Negro voltou a subir, registrando 12,87 metros nesta segunda-feira, 17 centímetros acima dos 12,70 cm de sexta-feira, o menor nível em mais de 120 anos. A estiagem no Amazonas levou 60 cidades a decretarem situação de emergência, prejudicando comunidades locais, como as ribeirinhas, que ficaram ilhadas sem poder transitar com o baixo volume de água do rio. Segundo a Defesa Civil, mais de 600 mil pessoas estão sendo afetadas pela falta de chuvas no estado. (CNN Brasil)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.