Para PF, mensagem de Braga Netto é elo entre golpe e 8/1

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

A Polícia Federal acredita já ter a conexão entre a ideia de golpe, tratada numa reunião ministerial em julho de 2022, e a invasão das sedes dos Três Poderes em 8 de janeiro do ano passado. A principal ligação seria uma mensagem do general Walter Braga Netto, candidato a vice na chapa de Jair Bolsonaro (PL), enviada em 27 de dezembro, após a eleição. Respondendo a uma pergunta de um assessor de Bolsonaro sobre um currículo, o general escreveu “se continuarmos, poderia enviar para a Sec. Geral”, dando a entender que via a possibilidade de o então presidente permanecer no poder, mesmo derrotado nas urnas. Além disse, Braga Netto, segundo as investigações, se empenhou em pressionar militares que não aceitavam aderir a uma tentativa de golpe. (Folha)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.