Google é processado em US$ 2,3 bilhões por 32 grupos de mídia

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

O Google está sendo alvo de uma ação judicial no valor de US$ 2,3 bilhões movida por 32 grupos de mídia europeu como Axel Springer, que alegam perdas pelas práticas em publicidade digital da gigante de buscas. O processo, que inclui editores da Bélgica, Dinamarca, Finlândia, Hungria, Holanda, Noruega, Polônia, Espanha e Suécia, ocorre no momento em que os reguladores antitruste da União Europeia também coíbem os anúncios do Google. Em comunicado, os advogados da ação, Geradin Partners e Stek, dizem que “sem o abuso da posição dominante do Google, as empresas de mídia teriam recebido receitas significativamente mais altas de publicidade e pago taxas mais baixas por serviços de tecnologia de publicidade”. Eles citam a multa de 220 milhões de euros aplicada pela autoridade da concorrência francesa contra a companhia por seu negócio de publicidade, em 2021, além das acusações da Comissão Europeia, no ano passado. Em nota, o Google disse que se opõe à demanda judicial, a que chamou de “especulativa e oportunista”. (Época Negócios)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.