Biden interrompe férias para monitorar ataque do Irã a Israel

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

O presidente norte-americano Joe Biden decidiu interrromper suas férias e retornar à Casa Branca após a apreensão, por parte do Irã, de um navio português que, segundo os as autoridades iranianas, é ligado à Israel. A volta ocorrer em um clima de tensão, já que houve um alerta de que o Irã deve atacar Israel a qualquer momento. Biden estava em sua casa de férias, em Rehoboth, e voltará à Casa Branca neste sábado. Ele pretende ainda ouvir sua equipe de segurança sobre os acontecimentos no Médio Oriente.

PUBLICIDADE

No início do dia, as forças iranianas apreenderam um navio que, segundo autoridades do país, tem ligações a Israel. Líderes do Médio Oriente e de outros países aguardavam por um sinal de ataque antecipado a Israel em retaliação ao ataque aéreo de Israel em Damasco, ocorrido no dia 1º de abril que matou vários oficiais militares iranianos.

Em Washington, uma porta-voz do Conselho de Segurança Nacional dos EUA, Adrienne Watson, apelou ao Irã para libertar imediatamente o navio e a sua tripulação. “A apreensão de um navio civil sem provocação é uma violação flagrante do direito internacional e um ato de pirataria por parte do Corpo da Guarda Revolucionária Islâmica, uma organização terrorista estrangeira designada”, disse ela num comunicado. “Deve ser condenado inequivocamente e trabalharemos com os nossos parceiros para responsabilizar o Irão pelas suas ações.”(NYT)

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.