Boeing investiga fixadores soltos em aviões ainda não entregues

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

A Boeing está investigando a qualidade de fixadores usados na produção de aviões 787 Dreamliners ainda não entregues. Duas fontes disseram à reportagem que centenas de fixadores foram colocados e apertados de modo incorreto na fuselagem. São usados mais de 900 fixadores por avião. A Boeing confirmou o problema e disse que ele trará pouco e nenhum problema na entrega das aeronaves aos compradores. Esse é mais um capítulo na série de problemas de qualidade enfrentados pela empresa americana. Em janeiro, um Boeing 737 da Alaskan Airlines perdeu a porta durante voo. Em março, um avião do mesmo tipo aterrissou fora da pista devido à problemas no trem de pouso e, ainda no mesmo mês, a roda de outra aeronave soltou-se também em meio a voo. (Reuters)

PUBLICIDADE

 

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.

Se você já é assinante faça o login aqui.

Fake news são um problema

O Meio é a solução.

Edições exclusivas para assinantes

Todo sábado você recebe uma newsletter com artigos apurados cuidadosamente durante a semana. Política, tecnologia, cultura, comportamento, entre outros temas importantes do momento.


R$15

Mensal

R$150

Anual
(economize 2 meses)
Edição de Sábado: 'O identitarismo promove uma sociedade conflituosa e hostil'
Edição de Sábado: Biden e a sombra de 1968
Edição de Sábado: Descriminalizou, e agora?
Edição de Sábado: Em nome delas
Edição de Sábado: Nova era dos extremos

Sala secreta do #MesaDoMeio

Participe via chat dos nossos debates ao vivo.


R$15

Mensal

R$150

Anual
(economize 2 meses)

Outras vantagens!

  • Entrega prioritária – sua newsletter chega nos primeiros minutos da manhã.
  • Descontos nos cursos e na Loja do Meio

R$15

Mensal

R$150

Anual
(economize 2 meses)