Ainda não é assinante? Assine. Não custa nada.



5 de fevereiro de 2020
Consultar edições passadas

Nos EUA Buttigieg sobe, Biden desce


Após um longo dia de confusão, o Partido Democrata do estado de Iowa começou a soltar os resultados parciais da prévia ocorrida na segunda-feira. Com os números já apurados de 71% das sessões eleitorais, o ex-prefeito de South Bend, Pete Buttigieg dá indícios de que levará 26,8% dos delegados, seguido do senador Bernie Sanders, com 25,6%. A senadora Elizabeth Warren tem 18,4% e o ex-vice-presidente Joe Biden, 15,5%. Para Biden, que dos quatro é o que menos conseguiu arrecadar doações de campanha, a notícia é terrível justamente num momento em que precisa ampliar os gastos com publicidade. Enquanto isto, mayor Pete, como muitos chamam Buttigieg, se firma como candidato sério à vaga de presidenciável da oposição. (Washington Post)

Pois é... Discursando ontem ao comentar sua possível vitória, Buttigieg se engasgou por um instante. “Espero que signifique algo para muitos que são diferentes, que não sabem se têm espaço em suas comunidades ou mesmo em suas famílias.” O candidato, de 38 anos, é homossexual. Assista. (CNN)

Enquanto isso... O presidente Donald Trump fez ontem seu discurso anual sobre o Estado da Nação, perante uma sessão conjunta do Congresso. A atmosfera era tensa — seu processo de impeachment ainda tramita no Senado, e ele não o citou. Vários democratas se levantaram e foram embora durante a fala de 77 minutos. A presidente da Câmara, Nancy Pelosi, rasgou o discurso em papel na frente das câmeras, com o presidente logo a sua frente. Trump, antes, havia se recusado a apertar sua mão. Ele celebrou uma economia fortalecida, e sugeriu que, nestas condições, não faz sentido tirá-lo da Casa Branca. (New York Times)

E... De olho na campanha, o Twitter tornou mais rígidas suas políticas para deep fakes — os vídeos falsificados por inteligência artificial que parecem mostrar personagens reais em situações que não ocorreram. Serão sempre removidos, caso possam causar dano ou, no mínimo, marcados com a observação de que houve manipulação digital. (Vox)


A PF atendeu pedido do MPF e abriu investigação contra o chefe da Secom. Vai apurar se Fabio Wajngarten cometeu os crimes de corrupção passiva e desvio de recursos públicos. Em documento entregue à Comissão de Ética da Presidência em maio, quando assumia o cargo no governo, o secretário negou que exerceu atividades econômicas ou profissionais ligadas à sua função pública. A AGU, em manifestação entregue à Justiça, negou que o caso se enquadra na lei e defende que Wajngarten cumpre os requisitos formais de sua nomeação. (Folha)

Miguel Caballero: “Um presidente que faz vista grossa a problemas públicos de seus auxiliares assume para si ao menos parte do desgaste. É assim na velha ou na nova política, e o presidente Jair Bolsonaro, por enquanto, dobra a aposta com o ministro da Educação, Abraham Weintraub, e o secretário de Comunicação, Fabio Wajngarten, mantendo ambos nos cargos. O presidente ajusta o sarrafo da tolerância a suspeitas de desvios, a depender de quem é o envolvido. Em outubro, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, foi denunciado pelo MPF sob acusação de comandar o esquema de laranjas no PSL de Minas Gerais. Nada ocorreu ao ministro que trabalhou pela campanha de Bolsonaro em um estado-chave para as eleições presidenciais. Na semana passada, o presidente demitiu o número 2 da Casa Civil por usar um avião da FAB - o que é previsto legalmente - para viajar à Índia.” (O Globo)

Por 2 votos a 1, o TJ-Rio manteve a quebra de sigilo bancário e fiscal de Flávio Bolsonaro. A defesa do senador tinha entrado com habeas corpus para anular decisão judicial. O parlamentar é investigado pelo MP-Rio pela prática de rachadinha em seu gabinete. Teriam sido repassados cerca de R$ 2 milhões para o ex-assessor Fabrício Queiroz. Ainda tramita no STF um pedido da defesa do Filho Zero Um para suspender totalmente a investigação. (O Globo)

Enquanto isso... junto a outros 16 deputados, Eduardo Bolsonaro foi de novo suspenso do PSL pela Executiva do partido. O objetivo é conseguir mais uma vez a maioria da bancada para que Joice Hasselmann seja líder da sigla no lugar de Eduardo. A ala ligada a Luciano Bivar já tinha suspendido o Filho 03 e outros deputados bolsonaristas, mas a decisão foi revogada na Justiça. A medida ainda precisa ser aprovada pelo diretório nacional da legenda. (Folha)

A PF encontrou emails que reforçariam a ideia de que a Oi contratou as empresas do filho do ex-presidente Lula por motivos políticos. Na caixa de mensagens do CEO da Oi, Eurico de Jesus Teles Neto, a PF identificou uma sequência em que é pedido para regularizar o pagamento para a Gol Mobile, uma das empresas de Lulinha, uma vez que este fornecedor não executava uma “prestação de serviço tradicional”. Em uma das mensagens, a Prefeitura do Rio chega a cobrar a Oi sobre os pagamentos. (Estadão)

Cultura


A Mostra Internacional de Teatro de São Paulo começa hoje e vai até 15 de março. São 12 montagens internacionais, com espetáculos de países como Alemanha, Chile, França, Portugal e Suíça. A forma como nos relacionamos em sociedade, a memória enquanto lugar afetivo e hostil e a violência —física ou psicológica— formam um eixo temático da Mostra. Em Burguerz, a performer britânica Travis Alabanza recria uma agressão transfóbica sofrida em Londres, quando teve comida arremessada em sua direção, além de ouvir ofensas de todos os tipos. Ainda como reflexo deste cenário de violência, especialmente contra as mulheres, outros dois espetáculos ganham destaque. Em Sábado Descontraído, a dançarina Dorothée Munyaneza, nascida em Ruanda e radicada na França, apresenta um panorama feminino da guerra ocorrida no país africano no início dos anos 1990. Já Mallika Taneja encena Tenha Cuidado, sobre o peso das tradições no cotidiano da mulher indiana.

Em sua terceira edição, a MITbr também traz um panorama da produção nacional de artes cênicas. São doze espetáculos de Fortaleza, Paraná, Piauí, Amazonas, São Paulo, Bahia, Pernambuco, Minas. Muitos inéditos na cidade.

Antonio Araújo, diretor da Mostra: “No Chile, o Santiago a Mil já teve cinco anos para planejar suas edições, o FIBA, em Buenos Aires, três anos. Aqui, no Brasil, em janeiro estávamos definindo algumas coisas da programação. Um dos entraves é o repasse de recurso pelos parceiros. É preciso acabar com a cultura do último minuto”.

Agora vamos pular para o México...Embora outros centros de arte em todo o país estejam ganhando força - como Monterrey e Guadalajara - a capital ainda é o coração da arte contemporânea. A partir de hoje acontece a Semana de Arte anual da cidade. Vale conferir a programação.

A Cidade do México concentra importantes espaços de arte contemporânea - públicos, privados, independentes, comerciais e sem fins lucrativos. Diego del Valle Rios, do Artsy, fez uma lista com 10 artistas emergentes - alguns expõem em galerias locais, outros não. “Reconheço que toda lista é um ato de exclusão, por isso peço aos leitores que se aproximem dessa lista e de outras com um ceticismo saudável, lembrando que um artista sempre faz parte de uma rede de apoio de vários outros artistas igualmente importantes”.

No dia 28 de dezembro de 1895, dentro da primeira sala de cinema, chamada Eden, foi exibido o primeiro filme de todos os tempos, Arrivée d’un train em gare à La Ciotat (Chegada de um trem à estação da Ciotat). O curta dos irmãos Lumière é um dos clipes de cinema mais famosos da história e agora ganhou uma nova aparência. Com a ajuda de várias redes neurais artificiais, o youtuber Denis Shiryaev escalou o filme para a resolução 4K e 60 FPS. O resultado é esse.

No olho do furacão da disputa ideológica brasileira, a pergunta é: Democracia em Vertigem, documentário de Petra Costa, pode dar o primeiro Oscar ao Brasil? Alguns apostam que sim.  Mas seu principal concorrente também é da Netflix: Indústria Americana. Produzido pelo casal Obama, o documentário conquistou três prêmios em 2019, entre eles o Gothan (uma das principais premiações do cinema independente nos EUA) e o do sindicato dos diretores, o DGA, que tem bastante prestígio.

Viver


O Brasil poderá ter 625 mil novos casos de câncer em 2020. Os números foram divulgados ontem pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca), órgão ligado ao Ministério da Saúde, e fazem parte do estudo "Estimativa 2020", produzido com base em registros populacionais do país e de hospitais de câncer. De acordo com a instituição, 50,3% deverão ocorrer em homens e 49,7% em mulheres. Os tipos mais incidentes no País serão os de pele não melanoma, mama, próstata, cólon e reto, pulmão e estômago. O Nordeste concentra maior incidência de câncer de próstata - a taxa é de 72,35 a cada 100 mil habitantes. Entre as mulheres, o maior número de casos de câncer de mama e se concentra na região Sudeste, com 81,06 a cada 100 mil habitantes. A melhor forma de evitar os casos ainda é a prevenção. O Inca cita como exemplo o câncer de pulmão, que teve redução com as políticas de incentivo contra o fumo. A entidade afirmou que outras indústrias precisam entrar nos esforços de prevenção, como a indústria de alimentos. A OMS também divulgou dados sobre o câncer. Segundo a organização, os registros da doença aumentarão cerca de 81% nos países em desenvolvimento até 2040.

A violência doméstica é uma das principais causas de falta de moradia no Reino Unido. Dados do governo mostram que, até junho de 2019, quase 24.000 pessoas ficaram desabrigadas por causa de abuso doméstico.

E uma pesquisa nos EUA mostra que a maioria das mulheres não aceitaria se candidatar a um emprego em um estado onde o aborto fosse proibido. A pesquisa foi realizada pela Rhia Ventures, empresa que estuda o impacto social da saúde reprodutiva no país e traz ainda outras informações sobre como a escolha por ter filhos afeta as decisões profissionais das mulheres.

Cotidiano Digital


Pela primeira vez foi divulgado faturamento do Youtube: US$ 4,7 bilhões em receita no último trimestre de 2019. O canal de vídeos gera receita anual de US$ 15 bilhões com publicidade, abaixo da estimativa do mercado de US$ 25 bilhões. A Alphabet, dona do Google, também afirmou que o YouTube tem 2 bilhões de usuários mensais, e gerou cerca de US$ 750 milhões em assinaturas. A receita total da Alphabet, no entanto, ficou abaixo da expectativa do mercado, faturando US$ 46,08 bilhões no quarto trimestre. (Folha)

E por falar no YouTube, a viagem que Greta Thunberg fez de barco a vela será compartilhada na plataforma. Os vídeos do seu trajeto até Madrid para participar da COP25 serão lançados em capítulos nas próximas semanas. O primeiro já pode ser conferido.

Os celulares Blackberry deixarão de ser vendidos a partir de agosto. A empresa anunciou fim dos direitos de licenciamento da chinesa TCL Communication, responsável pela produção dos aparelhos. No entanto, a fornecedora continuará oferecendo suporte aos dispositivos até agosto de 2022. A Blackberry não deixou claro o motivo da separação, mas rumores apontam um novo foco da empresa na indústria automobilística. Ela está desenvolvendo uma moto elétrica com a Damon Motorcycles.

Uma foto perturbadora tem tomado conta da internet. Mas é pura ilusão de ótica. Basta virar a imagem e olhar com cuidado para ver que se trata de um doguinho…





Bem-vindo ao Meio. A assinatura básica é gratuita, comece agora mesmo.



5 de fevereiro de 2020
Consultar edições passadas