Assine o Meio: notícia confiável para quem não tem tempo de ler jornal.



15 de setembro de 2020
Consultar edições passadas

Governo reconhece emergência no Pantanal, fogo é o pior em décadas


Uma mancha de cinza e lama escura se estende pela vasta área de incidência de onças-pintadas do Pantanal em Mato Grosso. Não faltam bandos de bichos tentando escapar do incêndio e encontrar água e comida. O fogo que destrói desde meados de julho o bioma mais úmido do planeta engoliu até agora 64,8% dos 108 mil hectares do Parque Estadual Encontro das Águas, nos municípios de Poconé e Barão de Melgaço. O governo federal reconheceu a situação de emergência no Estado do Mato Grosso do Sul em decorrência dos incêndios florestais que assolam a região. Documentos e celulares de fazendeiros foram apreendidos pela Operação Matáá, da Polícia Federal, deflagrada ontem. Os investigadores veem indícios de queimadas deliberadas para criação de área de pasto onde antes era mata nativa.

É a maior série de queimadas na região nas últimas duas décadas, informa o Inpe. As labaredas engoliram 2 milhões de hectares, uma área equivalente a dez vezes os territórios dos municípios de São Paulo e Rio juntos, destaca o Ibama.

O Brasil registrou 19.392 novos casos e 454 novos óbitos nas últimas 24 horas. No total são 4.349.544 brasileiros infectados e 132.117 mortos pela Covid-19 desde o início da pandemia.

A média móvel de novas mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 731 óbitos, uma variação de -15% em relação aos dados registrados em 14 dias.

Falando de ciência, versões inaláveis das vacinas contra Covid-19 da Universidade de Oxford e do Imperial College serão testadas para determinar se induzem reação imunológica no trato respiratório, disseram pesquisadores britânicos. Os testes da potencial vacina da AstraZeneca contra a Covid-19 continuam suspensos nos EUA até que seja concluída uma investigação local sobre um efeito colateral de um voluntário no Reino Unido, mesmo com a retomada dos testes da vacina em outros países.

Um número crescente de cientistas independentes e especialistas em saúde pública pedem às empresas farmacêuticas que sejam mais transparentes a respeito de como conduzem os testes clínicos para suas vacinas. Normalmente, as farmacêuticas não publicam informações detalhadas sobre os ensaios até que sejam concluídos. É para proteger sua propriedade intelectual e vantagem competitiva. Três delas realizaram testes clínicos avançados para vacinas nos Estados Unidos — Moderna, Pfizer e AstraZeneca —, e nenhuma divulgou seus protocolos ou planos de análise estatística. Eles dizem que divulgaram informações suficientes.

A Rússia e a China já começaram a vacinar sob medidas de uso emergencial e estão fechando acordos internacionais para vender suas vacinas experimentais. De acordo com o site Vox, a China já deu vacinas experimentais a centenas de milhares de pessoas, embora estudos rigorosos ainda não tenham sido concluídos. O relatório veio dias depois de nove fabricantes de medicamentos ocidentais se comprometerem a não apresentar uma vacina até que ela fosse completamente examinada quanto à segurança e eficácia, com o objetivo de reprimir os temores públicos de que as empresas estejam sob pressão do governo Trump.

Vida em Vênus? Uma equipe internacional de cientistas encontrou possíveis sinais de vida microbiana no planeta vizinho. Eles detectaram fosfina na atmosfera, gás que, na Terra, só existe por atividade industrial ou produzido por micróbios de ambientes anaeróbicos (sem oxigênio). O trabalho envolveu pesquisadores de várias áreas do Reino Unido, dos EUA e do Japão, e foi publicado no prestigioso periódico científico Nature Astronomy.

Superquente e hostil, Vênus é o último lugar em que imaginaríamos encontrar vida. Com a superfície acidentada e rios de lava, beira os 470 °C. O ar tem alta concentração de dióxido de carbono (97%) e nuvens de ácido sulfúrico. Assista a um vídeo sobre o planeta mais próximo da Terra.

É uma reviravolta inesperada em um lugar onde poucos pensaram em olhar. A noção de que a fosfina venusiana poderia ter sido produzida por organismos vivos pode parecer absurda, reconheceram os membros da equipe. E ainda é uma das teorias mais plausíveis que eles têm. Essas condições existem nas profundezas do interior dos gigantes gasosos Júpiter e Saturno, mas planetas rochosos como a Terra e Vênus simplesmente não têm os ambientes térmicos que permitiriam a fosfina se formar espontaneamente.“Há duas possibilidades de como isso aconteceu, e são igualmente malucas”, disse a astrobióloga do Massachusetts Institute of Technology, Sara Seager. “Um cenário é algum processo planetário que não conhecemos. O outro é que existe alguma forma de vida na atmosfera de Vênus.”

Precisamos falar de arroz. Com o preço do ingrediente em alta, é hora de garantir que o arroz saia perfeito, soltinho e macio (não dá pra deixar o fundo do arroz queimar). No Panelinha, você escolhe se quer ver o passo a passo na receita. Preste atenção aos tempos, à regulagem do fogão e o uso da tampa E tem vídeo. E se ainda sobrar dúvidas, Rita Lobo responde às perguntas mais comuns. Se sobrar arroz, nada de jogar fora. Você pode congelar as sobras e ir juntando para preparar arroz frito, arroz de forno, bolinho de arroz e salada de arroz.

Política


A equipe econômica tem uma nova proposta para sustentar o pagamento do Renda Brasil, programa do governo que substituirá o Bolsa Família. Os técnicos de Paulo Guedes sugerem desvincular os benefícios previdenciários do salário mínimo e congelar, por dois anos, aposentadorias e pensões. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirma que pode concordar com o congelamento — desde que para quem ganha mais de um salário. Mas o projeto do ministério inclui a ideia de que passe a haver benefícios abaixo deste piso. Desta ideia, Maia discorda. (Estadão)

Os planos para os benefícios destinados a 2 milhões de idosos e pessoas carentes com deficiência são de arroxo. O foco é no Benefício de Prestação Continuada que garante um salário mínimo a quem tem renda familiar de até um quarto de salário. O governo desconfia que, hoje, o auxílio é pago a quem não se adequa ao critério e vai enrijecer na fiscalização. Está em busca de dinheiro. (Folha)

José Casado: “Desde julho, o Planalto recebe pesquisas indicando a formação de nova maioria (um terço) na base eleitoral bolsonarista. É composta por pobres, beneficiários do auxílio emergencial, residentes em pequenas e médias cidades do Norte e do Nordeste. Substitui a fatia do eleitorado de classe média, perdido nas metrópoles. É adesão com discernimento. Quase metade responsabiliza o presidente, mais do que governadores e prefeitos, pela fragilidade do país na pandemia. Há, porém, claro respaldo a Bolsonaro, ancorado na expectativa de continuidade da ajuda. Os pobres temem desemprego e fome na crise do pós-pandemia. É armadilha política porque, sem caixa, o governo terá de escolher beneficiários, dividindo a nova maioria. Mas dá a Bolsonaro a chance de se apropriar de um tema, a desigualdade, monopolizado pela oposição.” (Globo)

Após uma interinidade de mais de três meses, Eduardo Pazuello será nomeado ministro da Saúde. A cerimônia deverá ocorrer amanhã, dia 16. Foi sob comando de Pazuello que foram estabelecidos protocolos mais agressivos para uso de cloroquina no tratamento de Covid-19, por recomendação do presidente Jair Bolsonaro. (Congresso em Foco)

O presidente do Supremo, Luiz Fux, foi testado como positivo para o novo coronavírus. Ele passa bem e deverá presidir a sessão virtual, na quarta.

O cientista político Steven Levitsky, autor de Como as Democracias Morrem, foi designado diretor do Centro David Rockefeller de Estudos Latino-Americanos, da Universidade de Harvard. O departamento, que já foi dirigido pelo brasilianista Kenneth Maxwell, se dedica ao estudo das relações entre EUA e a região. Levitsky é especialista em ascensão de regimes autoritários. (Poder 360)

A Assembleia Legislativa do Rio decide quinta-feira se encaminhará ao plenário denúncia contra o governador Wilson Witzel. Se aprovado por dois terços dos deputados estaduais, na semana que vem, haverá início o processo de impeachment e Witzel terá sido afastado não só pela Justiça, mas também pelo Parlamento. O julgamento será feito por um tribunal misto com cinco deputados e cinco desembargadores, tendo no comando o presidente do Tribunal de Justiça do Rio. (Folha)

Cultura


Watchmen foi a grande vencedora da 36ª edição do TCA Awards, prêmio organizado pela associação dos críticos norte-americanos de televisão que celebra os destaques da temporada 2019-2020. A série da HBO é uma das favoritas ao Emmy, que acontece neste domingo. A HBO ainda garimpou o prêmio de esquete ou programa de variedade, com A Black Lady Sketch Show. A Netflix só ganhou um troféu, o de melhor reality, com Cheer.

Sobre o Emmy, as nomeações deste ano são significativas para a diversidade étnico-racial. As indicações incluem Kerry Washington (Little Fires Everywhere e American Son), Sandra Oh (Killing Eve), Billy Porter (Pose), Regina King (Watchmen), Issa Rae (Insecure) e Sterling K. Brown (This is Us e Watchmen).

Voltando a Watchmen, o drama de realidade alternativa de super-heróis infundido com temas raciais, lidera as indicações com 26 nomeações. Ainda dá tempo de conferir antes de domingo.

Acompanhar músicas novas não é simples. Desde os lançamentos de álbuns semanais até os singles autônomos, a quantidade é tão vasta que é fácil deixar algumas de lado. Pensando nisso, a Uproxx, todas as segundas-feiras, manda uma lista das melhores músicas novas da semana. Confira.

Entre elas, está a nova do Gorillaz — Strange Timez, com Robert Smith.

Cotidiano Digital


Mais um para competir com o TikTok. O Shorts do YouTube será lançado nos próximos dias na Índia, em versão de testes beta, por enquanto ainda sem previsão para chegar no Brasil ou outros países.

Pela primeira vez, a Apple aprovará jogos em streaming em sua App Store. Isso muda uma regra que frustrava empresas, incluindo Microsoft, Nvidia e Google. Os três rivais têm streaming de games que não estão disponíveis nos dispositivos da Apple, enquanto o serviço Arcade da própria Apple pode ser acessado gratuitamente. As mudanças, no entanto, são pequenas e não agradaram as outras big techs: os usuários ainda terão que baixar cada jogo individualmente dentre o catálogo de streaming. Porém, sinalizam a tentativa da Apple de acalmar os ânimos com os desenvolvedores. Ela está em meio a uma batalha judicial com a Epic Games, responsável pelo Fortnite, por causa da comissão de 30% sobre as transações.

Aliás... Hoje acontece o primeiro evento do ano de lançamento de produtos da Apple. Será transmitido pelo site, a partir das 14h, no horário de Brasília. Em geral é em setembro que os novos iPhones são lançados. Desta vez, não deve acontecer. Mas esperam-se novos Apple Watches, um iPad Air redesenhado e talvez as novas versões dos sistemas operacionais — iOS, iPadOS e MacOS.





Bem-vindo ao Meio. A assinatura básica é gratuita, comece agora mesmo.



15 de setembro de 2020
Consultar edições passadas