Ainda não é assinante? Assine. Não custa nada.



23 de setembro de 2020
Consultar edições passadas

meio_greenweek_1408x608_cabecalho

Bolsonaro mente perante a ONU


Em discurso gravado para a abertura da Assembleia Geral das Nações Unidas, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o Brasil é vítima de uma campanha de desinformação a nível internacional. “A Amazônia brasileira é sabidamente riquíssima”, afirmou. “Isso explica o apoio de instituições internacionais a essa campanha escorada em interesses escusos que se unem a associações brasileiras, aproveitadoras e impatrióticas, com o objetivo de prejudicar o governo e o próprio Brasil.” De acordo com a versão do presidente, Amazônia e Pantanal, por serem biomas úmidos, não permitem que o fogo se propague. São as queimadas provocadas por índios e caboclos, para fazer a roça em terras já desmatadas, que fazem levantar fumaça. Bolsonaro também defendeu a ação de seu governo contra a pandemia da Covid-19. “Por decisão judicial, todas as medidas de isolamento e restrições de liberdade foram delegadas a cada um dos 27 governadores das unidades da Federação. Ao Presidente, coube o envio de recursos e meios”, sugeriu, para dizer que esteve de mãos atadas. Nas contas do presidente, seu governo pagou mil dólares a 65 milhões de pessoas no que classificou como o maior programa de assistência aos mais pobres da história do país. Bolsonaro ainda encaixou, no discurso, um apelo à liberdade religiosa e pelo combate à cristofobia. Assista. (Poder 360)

Bem... É o presidente Jair Bolsonaro um dos principais disseminadores de informação errada sobre o Brasil. A própria ideia de que florestas úmidas não queimam não é verdadeira. Tampouco há qualquer indício que sustente a ideia de que o fogo é provocado por indígenas ou população local e, em 2019, pelo menos um inquérito foi aberto para averiguar ações de fazendeiros para provocar queimadas. O STF não determinou que os governadores decidiriam sobre isolamento. A decisão foi de que a responsabilidade era compartilhada por estados e união. A soma do total de nove parcelas do auxílio emergencial resulta em R$ 4.200, que equivaleria aproximadamente a US$ 770. Confira as checagens da Agência Lupa e da Aos Fatos.

A família Bolsonaro fez sucessivas doações em dinheiro vivo para suas campanhas eleitorais entre 2008 e 2014. Foram injetados no período o equivalente a R$ 163 mil. O uso de cédulas se estende. As diversas investigações já contaram a movimentação de pelo menos R$ 3 milhões em dinheiro para quitação de toda sorte de contas, incluindo a de imóveis. (Folha)

Então... Aos 20 anos, o filho Zero Dois, Carlos, comprou um imóvel em dinheiro vivo. (Estadão)

A Assembleia Legislativa do Rio decide hoje se abrirá processo por crime de responsabilidade contra o governador afastado, Wilson Witzel. O ex-juiz deverá ir pessoalmente fazer sua defesa. A sessão abre às 15h e deve se estender até amanhã. Caso 47 dos 70 deputados aprovem, o impeachment é aberto e um tribunal misto com cinco deputados e cinco desembargadores do TJRJ farão o julgamento. (G1)

Pois é... A Assembleia de Santa Catarina e o TJSC definem hoje quem serão os cinco deputados e os cinco desembargadores que julgarão o impeachment do governador Carlos Moisés e de sua vice, Daniela Reinerh. (G1)

A Receita Federal abre hoje, às 9h, a consulta para o último lote de restituições do Imposto de Renda do ano. O crédito será realizado no dia 30 deste mês. Confira.

Meio em vídeo: Na semana em que estreia o documentário O Dilema das Redes, na Netflix, poucas pessoas são tão adequadas para tratar do tema quanto Francisco Brito Cruz. Com doutorado em Sociologia do Direito pela USP, diretor do InternetLab, ele conhece como funciona a internet, a estrutura jurídica do país, a sociedade e também seu jogo político. Assista.

Viver


Pelas imagens de satélite coletadas pelo Inpe, entre os dias 14 e 19 de setembro, é possível ver as partículas liberadas na atmosfera pelas queimadas na Amazônia, no Cerrado e no Pantanal sendo levadas pelo vento em direção às regiões Sudeste e Sul do país.

O rio Paraguai, o oitavo maior em curso de água da América do Sul, está registrando cotas próximas das mínimas históricas em diversos pontos ao longo do seu percurso, de acordo com o Serviço Geológico do Brasil. Dados apresentados pelo órgão ao UOL revelam o estado crítico do rio. Em Mato Grosso, no município de Cáceres, desde junho o Paraguai está registrando o menor nível dos últimos 55 anos. Tal situação agrava o avanço do fogo que já queimou cerca de 3 milhões de hectares da maior planície alagável do planeta, segundo o Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais. O Pantanal vive uma das piores secas de sua história, com uma média de chuva 40% menor que o mesmo período dos anos anteriores. A área queimada já equivale a mais de 10 cidades de São Paulo e Rio de Janeiro juntas.

Um macaco-prego em busca de comida e uma onça-pintada descansando na sombra de uma árvore. Imagens registradas em meio à destruição do Pantanal.

O Brasil registrou 809 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 138.159 óbitos desde o começo da pandemia. No total, 7 estados apresentaram alta de mortes: RJ, AM, AP, BA, MA, PE e RN. É o maior número de estados com crescimento de mortes desde 22 de agosto. Com isso, a média móvel de novas mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 707 óbitos, uma variação de 4% em relação aos dados registrados em 14 dias. Em casos confirmados, já são 4.595.335 brasileiros com o novo coronavírus, 35.252 desses confirmados no último dia. A média móvel de casos foi de 30.148 por dia, uma variação de 7% em relação aos casos registrados em 14 dias.

Os Estados Unidos chegaram a 200 mil mortes pelo novo coronavírus. É o primeiro país a alcançar esse número de vítimas da Covid-19 no mundo. Considerando todo o planeta, o total de mortes pelo coronavírus se aproxima de 1 milhão: são mais de 960 mil vítimas acumuladas no mundo.

Enquanto isso, o Reino Unido prepara novas restrições para conter o aumento de casos do novo coronavírus. As medidas que passam a valer a partir da próxima quinta-feira, devem ser anunciadas pelo primeiro ministro, Boris Johnson. As mudanças no horário de funcionamento de bares e pubs estão entre elas.

A São Silvestre, principal corrida de rua da América Latina, será adiada para 11 de julho de 2021. A prova, que acontece tradicionalmente nas ruas de São Paulo no dia 31 de dezembro, não vai acontecer em 2020 por causa da pandemia do novo coronavírus. Segundo a organização, a medida foi tomada “visando maior segurança dos inscritos, colaboradores, fornecedores e público em geral”.

Galeria. Animais afetados pelos incêndios florestais nos EUA, um tamanduá resgatado no Brasil, cães farejadores de Covid na Alemanha, rinocerontes perto de Nairóbi, baleias-piloto encalhadas na Tasmânia, cegonhas migratórias na Turquia. Eles estiveram na imprensa pela perspectiva de seus observadores humanos e fazem parte de uma série contínua da Atlantic sobre animais nas notícias.

Cultura


É para o passado que o festival É Tudo Verdade se volta neste ano, com diversos filmes de sua programação abordando não só os anos de ditadura no Brasil, como também outras formas de autoritarismos do passado que dão sinais de retorno em muitos países. Essas obras serão exibidas entre hoje e o dia 4 de outubro, quando o maior festival de documentários da América Latina comemora seus 25 anos. Originalmente, a edição deste ano do evento aconteceria em março, mas, com a chegada da pandemia de coronavírus ao Brasil, ela precisou ser adiada. As exibições ocorrem, quase que totalmente, online e seguirão uma lógica parecida com a de festivais presenciais, com horários definidos para que o público assista às obras. Confira a programação.

Construindo uma ponte entre o período ditatorial e alguns dos discursos de Jair Bolsonaro, Fico te Devendo uma Carta sobre o Brasil dá o tom do festival neste ano. E talvez seja o filme que dialoga de forma mais contundente com o presente contexto de ascensão de um discurso autoritário e conservador. “Foi por isso que eu decidi fazer esse filme, porque eu acho que a gente vive uma nova onda de autoritarismo em nível mundial. Eu acredito que o cinema tem uma função social. Não sou ingênua de acreditar que o meu filme vai mudar a história de uma nação, mas o cinema como um todo, ao expressar os tempos em que vivemos, pode despertar novos sentimentos e até mesmo alterar a cultura de um país”, diz Carol Benjamin, diretora, em entrevista à Folha.

O leilão do Banco Santos, que começou ontem à noite sob o comando do leiloeiro James Lisboa, alcançou bons resultados na sua primeira noite, realizada na segunda. Rendeu algo como R$ 16 milhões. A principal venda foi uma pintura do norte-americano Frank Stella, The Foundling #6 (2004), a mais cara do pregão, que alcançou R$ 4,2 milhões, seguida por um esboço de Tarsila do Amaral para a tela Operários (1933), vendido por R$ 1,3 milhão – o lance inicial era de R$ 32 mil. Uma tela do pintor carioca Cildo Meireles, Muro (1986), foi arrematada por R$1.350.000,00, quando o lance inicial era de R$ 20 mil.

E uma gravura do surrealista espanhol Joan Miró, com lance inicial de R$ 3.000, foi arrematada por R$ 88,1 mil. Este é o maior leilão já realizado pela casa paulistana James Lisboa. Venda segue até o dia 2 de outubro, com lances dados por telefone e online.

A Apple TV+ encomendou uma nova comédia. Chamada High Desert, será protagonizada por Patricia Arquette e dirigida, no primeiro episódio, por Ben Stiller, que será produtor executivo da série. Esse é o segundo projeto da dupla, que também colaborou em Escape at Dannemora. De acordo com o site The Wrap, a história mostrará Peggy, uma ex-viciada, que decide recomeçar como uma investigadora autônoma após a morte de sua mãe. Arquette e Stiller ainda farão outra série para o Apple TV+ chamada Severance.

Cotidiano Digital


O Quibi está com os dias contados. Segundo o Wall Street Journal, o streaming de vídeos curtos já está avaliando “opções estratégicas” depois de ficar muito aquém de suas metas de assinantes. Tudo está na mesa: desde levantar mais dinheiro, abrir capital por meio de uma fusão com uma empresa de aquisição ou até ser adquirido por um gigante, como a Disney ou Amazon.

O TikTok quer criar uma coalizão entre as redes sociais para evitar a disseminação de conteúdos sensíveis. A empresa enviou uma carta com a proposta para o Facebook, Google, Instagram, Pinterest, Reddit, Snapchat, Twitch, Twitter e YouTube. Segundo o TikTok, conteúdos com nudez adulta e atividades sexuais são o principal alvo das suas remoções.

No entanto, um estudo do Australian Strategic Policy Institute, mostra que o TikTok e o WeChat têm tornado globais suas políticas de censura usadas na China. Palavras e conteúdos que refletem movimentos políticos, por exemplo, gênero e orientação sexual ou religião também são escondidos ou apagados na maioria dos países onde operam.





Bem-vindo ao Meio. A assinatura básica é gratuita, comece agora mesmo.



23 de setembro de 2020
Consultar edições passadas