Ainda não é assinante? Assine. Não custa nada.



17 de maio de 2022
Consultar edições passadas



Doria ameaça ir ao TSE contra um PSDB sob risco de implosão


Os advogados do ex-governador João Doria pretendem recorrer já ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra qualquer decisão que ameace a candidatura dele tomada na reunião do PSDB marcada para hoje. O presidente do partido, Bruno Araújo, convocou o encontro da Executiva Nacional mais as bancadas na Câmara e no Senado após Doria divulgar uma carta em que classificou como golpe a contratação de pesquisas para escolher um candidato único de PSDB, Cidadania e MDB. (Estadão)

Pré-candidata do MDB e tida como nome preferido da aliança, a senadora Simone Tebet (MS) disse ontem que, se for vencedora nas pesquisas encomendadas, seguirá “firme e forte” com sua candidatura, mesmo que Doria não aceite o resultado. “Nós aceitamos as regras do jogo, e amanhã temos o resultado dela”, afirmou. (UOL)

Num discurso exaltado em evento de supermercadistas, o presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a dizer que “a liberdade é mais importante que a vida”. “Por Deus que está no céu, eu nunca vou ser preso”, disse, em referência a uma declaração de Lula (PT) de que o presidente teme ser preso caso não se reeleja. Bolsonaro voltou também a fazer ameaças veladas ao processo eleitoral, dizendo aos empresários que as eleições podem ser “conturbadas”. “Poderemos ter outra crise. Poderemos ter eleições conturbadas. Imagine acabarmos as eleições e pairar para um lado, ou para o outro, a suspeição de que elas não foram limpas? Não queremos isso”, completou. (Metrópoles)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) conta, no primeiro turno das eleições de outubro, com 18% dos eleitores que votaram em Jair Bolsonaro (PL) no segundo turno de 2018, segundo pesquisa do PoderData. Ele também leva 77% dos que votaram no petista Fernando Haddad e 34% dos eleitores que anularam ou votaram em branco na eleição presidencial passada. Bolsonaro mantém 61% de sua votação, mas leva somente 8% dos que preferiram Haddad e 14% dos que anularam. (Poder36)

O Ministério Público Eleitoral determinou que a Polícia Federal investigue a mudança de domicílio eleitoral do ex-ministro Sérgio Moro (UB) do Paraná para São Paulo. A investigação parte de notícia crime feita por uma empresária segundo a qual Moro e a mulher, Rosângela, não têm residência fixa na capital paulista, com a qual não teriam vínculo. O União Brasil filiou o ex-juiz com o intuito de lançá-lo à Câmara como um puxador de votos em São Paulo. (g1)

Moro usou sua conta no Twitter para dizer que não há irregularidade em sua mudança e, de quebra, atacar Lula. “É estranho esse questionamento enquanto a candidatura de um condenado em 3 instâncias seja tratada com naturalidade”, escreveu.

Meio em vídeo. Duas histórias de dentro da esquerda, que aconteceram no Twitter, iluminam a maior armadilha que as campanhas contra Bolsonaro enfrentam. A tentação de se manter em guerra está grande. Só que, na truculência, abrindo mão do debate, quem tem vantagem é o atual presidente. Confira no Ponto de Partida. (YouTube)

Atendendo a um pedido do próprio Ministério Público do Rio, o Órgão Especial do Tribunal de Justiça Fluminense rejeitou a denúncia contra o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) no caso das rachadinhas na Alerj. O MP pretende recomeçar a investigação, já que as provas obtidas até agora foram anuladas pelo STJ e o STF. (CNN Brasil)


O presidente da Turquia, Recep Erdogan, confirmou ontem que pretende vetar a entrada na Otan de Finlândia e Suécia, países escandinavos que, na esteira da invasão russa à Ucrânia, pediram adesão à aliança militar. Ele classifica a Suécia como “incubadora de terroristas”, devido ao apoio de Estocolmo ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), que defende uma nação para o povo curdo incluindo parte da Turquia e é classificado pelos turcos como organização terrorista. Nos bastidores, a diplomacia dos EUA trabalha pesadamente para rever a posição turca, uma vez que Suécia e Finlândia foram incentivadas por Washington a pedir ingresso na Otan. (BBC)

Para ler com calma. Vladimir Putin tem dois aliados estratégicos dentro dos principais blocos que lhe fazem oposição. Na União Europeia, o premiê húngaro Viktor Orbán ameaça sanções contra o comércio de petróleo russo apoiadas pelos outros 26 países membros. Na Otan, o turco Recep Erdogan boicota o ingresso de países que fazem fronteira com a Rússia. (CNN)

E terminou o cerco a Mariupol. Segundo o próprio governo ucraniano, os últimos 260 militares, vários deles feridos, que resistiam na siderúrgica Azovstal, depuseram as armas e foram levados para áreas controladas pela Rússia. (AP)

Payton Gendron, o jovem de 18 anos suspeito de matar dez pessoas no mercado de um bairro negro em Buffalo, no estado americano de Nova York, pretendia continuar a chacina em outros locais, disse ontem a polícia. A intenção dele era pegar seu carro e descer a Avenida Jackson, a principal da vizinhança, atirando em outras pessoas negras ou mesmo entrar em outro estabelecimento comercial. Payton teria publicado um manifesto racista na internet viajado por horas desde sua cidade, também no interior do estado, até Buffalo. (Washington Post)

Nossa assinatura premium não tem pegadinha, daquelas que é mais barata nos primeiros meses e depois dá um salto, ou daquelas outras que você precisa falar com sei lá quantos atendentes para cancelar, precisa dar um tempo? É só ir em nosso site premium e cancelar, depois você pode voltar, quando quiser. Sempre pelo mesmo preço, mais barato do que um lanche na padaria. Assine.

Prêmio Nacional do Seguro

Prêmio Nacional do Seguro


Não é de hoje que o setor de seguros no Brasil vem passando por uma transformação. Com o avanço da digitalização, o mercado precisou inovar, e as empresas passaram a diversificar as áreas de atuação de maneira colaborativa com companhias especialistas, adquirir concorrentes e vender carteiras não prioritárias. Um relatório da KPMG aponta que os negócios envolvendo seguradoras e corretoras no Brasil aumentaram 44% em 2018, sobre o ano anterior, com 23 acordos. Embora tenha se mostrado resiliente nos anos de recessão, o mercado segurador sentiu o baque da queda na venda de veículos novos, da quase paralisação das obras públicas, da fraqueza do setor de óleo e gás e do forte desemprego. A reportagem vencedora do Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros (2019), do jornalista Felipe Datt, mostra como essa revolução silenciosa redesenhou o setor bilionário de seguros no Brasil. (Valor)

E as inscrições para um dos maiores prêmios de jornalismo do país estão abertas. Participe do Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros em diversas categorias. Ao todo, são R$ 120 mil aos ganhadores. Acesse premiodejornalismo.ens.edu.br.

Viver


A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou ontem para o risco de a covid-19 se espalhar rapidamente pela Coreia do Norte. O país, uma das ditaduras comunistas mais fechadas do mundo, enfrenta um surto da doença e ainda não começou a vacinar sua população. A entidade informou ter trabalhado com o governo norte-coreano para desenvolver seu plano estratégico nacional de preparação e resposta para a doença e que o país está apto a receber vacinas do consórcio internacional Covax Facility. (CNN Brasil)

Enquanto isso... A cidade de São Paulo aboliu a exigência de passaporte de vacinas para eventos e estabelecimentos fechados, assim como a obrigatoriedade do uso de máscaras em táxis. Elas, porém, continuam necessárias no transporte coletivo e em serviços de saúde. (Folha)

Para ler com calma. A ômicron, cepa dominante da covid-19, tem uma capacidade de reinfecção maior que a das demais variantes. Sua evolução a permite escapar parcialmente de defesas do organismo, o que leva cientistas a preverem que a maioria das pessoas terá pelo menos duas infecções da doença por ano, ainda que as vacinas tornem menos prováveis casos graves. (Globo)

Racismo pode deixar a pé. Viralizou nas redes sociais um vídeo gravado na Pensilvânia (EUA) em que o motorista de aplicativo James W. Bode expulsa uma passageira do carro após comentários preconceituosos. Ao embarcar, Jackie Harford não escondeu a alegria ao ver ao volante “um cara branco” e emendou: “Você é tipo um cara normal. Você fala inglês”. Bode mandou que ela saísse, mas em vez disso, o companheiro de Harford entrou e começou uma discussão, na qual o motorista foi chamado entre outras “ofensas”, de “amante de negros”. O casal só saiu quando Bode ameaçou chamar a polícia. O motorista registrou o caso na delegacia local. (UOL)

Panelinha no Meio. Está em casa, está com fome, está só? Você pode fazer no forno de micro-ondas uma cocotte de cogumelos frescos. Basta ter, além dos cogumelos, creme de leite fresco, ovos e queijo parmesão — e um ramequim ou outra tigela refratária que possa ir nesse tipo de forno. Fica pronto em menos de cinco minutos, mas o sabor deixa uma lembrança duradoura.

Cultura


Começa hoje na França a 75ª edição do Festival de Cannes, um dos mais importantes do cinema mundial. O clima na cidade da Riviera é de festa, após as inúmeras restrições impostas pela covid-19 no ano passado e o cancelamento do festival em 2020. O grande chamariz do público é Top Gun: Maverick (trailer), estrelado por Tom Cruise. Os aviões de caça usados no filme estão expostos na cidade. Mas a guerra mais presente é real, a invasão da Ucrânia. Um dos longas mais aguardados é Mariupolis 2, do lituano Mantas Kvedaravicius, que morreu quando filmava na cidade ucraniana de Mariupol, uma das mais castigadas na invasão russa. A comitiva da Rússia e jornalistas de veículos alinhados com o Kremlin foram barrados em Cannes. (Folha)

Aliás... Estão abertas as inscrições para a 32ª edição do Cine Ceará — Festival de Cinema Ibero-americano, que acontecerá em formato 100% presencial de 3 a 9 de setembro, em Fortaleza. São três mostras competitivas: curtas-metragens brasileiros, longas-metragens ibero-americanos e Olhar do Ceará, com longas e curtas de diretores nascidos no estado.

Enquanto isso... Bob Cuspe — Nós Não Gostamos de Gente (trailer), do diretor brasileiro César Cabral, foi escolhido melhor longa do Prêmio Quirino de Animação Ibero-Americana, em Tenerife, Espanha. Baseado no ícone punk dos quadrinhos, criado por Angeli nos anos 1980, o filme ganhou também por melhor desenho de som e música original. (Estadão)

“Eu estava de saco cheio das minhas merdas de sempre. Do meu piano pesado. Eu estava com saudades de guitarras.” É dessa forma singela que a inglesa Florence Welch se refere a Dance Fever (Spotify), quinto álbum de sua banda, Florence + The Machine, e o primeiro desde 2018. Nele, Florence passa ao largo da grandiloquência de seus últimos trabalhos em favor de uma pegada quase minimalista, com linhas de baixo hipnóticas e as já citadas guitarras. Florence também experimenta novas parcerias com os produtores e compositores Jack Antonoff, famoso pelo trabalho com estrelas pop, e Dave Bayley, líder dos Glass Animals. (Omelete)

Cotidiano Digital


Em mais um capítulo na novela da aquisição do Twitter, Elon Musk e o CEO da rede social, Parag Agrawal, trocaram farpas por conta do número de contas falsas na plataforma. É a razão pela qual Musk decidiu suspender temporariamente a compra da empresa. Agrawal resolveu responder o bilionário com uma thread e reafirmou que o número de contas ativas falsas ou de spam gira em torno de 5% da base de 229 milhões de usuários ativos. Ele também alertou para a importância de informações privadas no processo de verificação e classificação de contas fakes e não apenas de números aleatórios — no sábado, Musk revelou que o tamanho da amostra para as verificações da plataforma sobre contas falsas era de 100 perfis. A resposta do bilionário ao CEO? Um emoji não muito amigável. (Estadão)

Enquanto isso, Musk não descarta buscar um preço mais baixo para comprar o Twitter. Mas, na madrugada desta terça-feira, o bilionário disse que o acordo pode não avançar, a menos que a empresa prove que menos de 5% das contas na plataforma são falsas ou spam. (g1)

E a Uber lançou ontem um serviço piloto de entrega de comida com veículos autônomos e totalmente elétricos em duas regiões da Califórnia, Estados Unidos. A empresa também anunciou testes com um serviço inteligente. Trata-se de um robô que transita nas ruas e calçadas para entregas em curta distância e com retiradas facilitadas. (Forbes Brasil)

Você já conhece o Pioneiros? O programa de membros traz vários benefícios a quem indica o Meio para os amigos. De newsletter exclusiva a ecobags personalizadas. Faça parte do Pioneiros. Não custa nada.





Bem-vindo ao Meio. A assinatura básica é gratuita, comece agora mesmo.



17 de maio de 2022
Consultar edições passadas