Ainda não é assinante? Assine. Não custa nada.



26 de maio de 2022
Consultar edições passadas



PSDB impõe condições pelo apoio a Tebet


Em que pese MDB e Cidadania já terem batido o martelo em favor da candidatura da senadora emedebista Simone Tebet (MS) à presidência, o PSDB, terceiro partido da aliança endurece o jogo. O presidente da legenda, Bruno Araújo, que ajudou a montar o cenário para a desistência do ex-governador paulista João Doria, condiciona o apoio a Tebet à reciprocidade em três estados considerados cruciais pelos tucanos: Rio Grande do Sul, Pernambuco e Mato Grosso do Sul, terra da candidata. “Só vai ter sentido formalizarmos a reunião da executiva quando essa construção política e programática estiver consolidada”, diz Araújo. Ele acrescentou ainda considerar natural que o vice na chapa de Tebet seja de seu partido. (Estadão)

Tebet recebeu ontem um aceno de peso entre os tucanos. O senador Tasso Jereissati (CE) disse que o apoio a ela “deve prevalecer” no partido e ainda indicou o ex-governador gaúcho Eduardo Leite como candidato a vice. “Pessoalmente, seria incoerente defender candidatura própria, que dividiria o centro democrático. O caminho que parece é o de um acordo em torno da candidatura da Simone”, afirmou. (Folha)

Já em modo de campanha, a senadora prometeu ontem que, se eleita, montará um ministério paritário, com a mesma proporção de homens e mulheres e com a presença de negros. Tebet também defendeu que receba mais votos femininos. “Mulher vota em mulher porque a mulher que faz sucesso, que se empodera, puxa outras mulheres para cima”, afirmou. (Poder360)

Josias de Souza: “A presença de um contraponto feminino numa disputa liderada por um candidato que imagina que pode prevalecer no primeiro turno e outro que já se considera com os dois pés no segundo turno faz bem à democracia. O Brasil não termina em 2022. Ainda que Simone não tenha condições de vencer a eleição, é útil que o brasileiro conheça pessoas que possam ser apresentar como alternativas para o futuro.” (UOL)

Ainda faltam mais de quatro meses para o primeiro turno, mas a pesquisa divulgada ontem pelo PoderData mostra estabilidade na disputa eleitoral. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera com 43%, um ponto a mais que no levantamento anterior, enquanto os candidatos seguintes mantiveram os percentuais: Jair Bolsonaro (PL) com 35%, Ciro Gomes (PDT) com 5%, André Janones (Avante) com 3% e Simone Tebet (MDB) com 2%. João Doria (PSDB), que desistiu da candidatura enquanto a pesquisa era realizada, caiu de 4% para 1%. Estabilidade também no segundo turno, com Lula vencendo Bolsonaro por 50% a 39%, a mesma diferença da pesquisa anterior. (Poder360)

Enquanto isso... A campanha de Jair Bolsonaro na internet está usando os ataques de Ciro Gomes a Lula na tentativa de evitar o voto útil e a vitória do petista no primeiro turno, diz a Coluna do Estadão. “Um sinal da estratégia bolsonarista são postagens de aliados do presidente, como a da deputada Bia Kicis (UB-DF) e do delegado Alexandre Ramagem, replicando vídeo em que Ciro diz que Lula não foi inocentado, mas teve o processo anulado no STF.” (Estadão)

O procurador-geral da República, Augusto Aras, considerou constitucional o indulto dado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) ao deputado Daniel Silveira (PTB-RJ), condenado pelo STF a quase nove anos de prisão por incitar atos antidemocráticos e violência contra ministros da Corte. Por outro lado, ele afirma em seu parecer que o parlamentar está inelegível, já que o indulto se restringe à esfera penal, não anulando punições na Justiça Eleitoral. (CNN Brasil)


“Acabo de atirar na cabeça da minha avó. Vou disparar numa escola fundamental agora mesmo.” Essas foram as mensagens enviadas por Salvador Ramos, de 18 anos, a uma adolescente alemã antes de sair de casa e assassinar 19 crianças e duas professoras na escola fundamental Robb, em Uvalde, Texas. Segundo a jovem de 15 anos, os dois começaram a conversar e jogar online no último dia 9, e Ramos parecia à vontade com ela. Ontem, o presidente Joe Biden anunciou que visitará as famílias das vítimas e cobrou que “a indignação se transforme em força” para mudar as leis sobre venda de armas, mas é improvável que o Congresso e o Judiciário ajam nesse sentido. (CNN)

Nossa assinatura premium não tem pegadinha, daquelas que é mais barata nos primeiros meses e depois dá um salto, ou daquelas outras que você precisa falar com sei lá quantos atendentes para cancelar, precisa dar um tempo? É só ir em nosso site premium e cancelar, depois você pode voltar, quando quiser. Sempre pelo mesmo preço, mais barato do que um lanche na padaria. Assine.

Embratel

Tech no próximo nível


No início deste mês, o Conselho Federal de Medicina (CFM) aprovou a telemedicina. O órgão definiu regras sobre como os serviços médicos mediados por tecnologias de comunicação devem ser aplicados no Brasil. A medida faz parte de um debate importante que acontece desde 2018 e que foi acelerado por conta da pandemia de Covid-19. Além da Teleconsulta, que é o atendimento médico não presencial, com médico e paciente localizados em diferentes espaços, a nova resolução da telemedicina também prevê a modalidade da Telecirurgia, quando o procedimento é feito por um robô. Confira as novas formas de atendimento e saúde digital no Brasil.

Por falar em robô, o estado de Nova York vai distribuir dispositivos autônomos para mais de 600 idosos. A ideia é que os robôs “façam companhia”, funcionando com assistentes de voz como a Siri, da Apple, ou a Alexa, da Amazon. O projeto tem o objetivo de ajudar a resolver o problema do isolamento social entre idosos. Nos Estados Unidos, estima-se que 14 milhões de americanos com mais de 65 vivem sozinhos. Segundo a Intuition Robotics, empresa israelense criadora do ElliQ, o robô foi projetado para gerar empatia e criar laços com os usuários. (The Verge)

O 5G ainda não chegou ao mundo todo, mas Pekka Lundmark, CEO da Nokia, já fala em rede móvel 6G, que, segundo ele, deve começar a operar em 2030. Durante o Fórum Econômico Mundial em Davos, o executivo também afirmou que o mundo irá trocar os smartphones pelos óculos inteligentes e outros dispositivos do tipo. Veja as previsões do CEO da Nokia para a próxima década. (Época Negócios)

Viver


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin telefonou ontem para o procurador de Justiça do Rio, Luciano Mattos, se dizendo preocupado com a operação da PM e da PRF que deixou 25 mortos na Vila Cruzeiro, favela na Zona Norte da capital fluminense. Fachin é relator de uma Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) e determinou restrições a ações em comunidades durante a pandemia. Com a atualização do número de mortos, essa é a segunda operação policial mais letal na história do Rio. (CNN Brasil)

Muito criticado por conta das mortes na Vila Cruzeiro, o governador Cláudio Castro (PL) usou a mesma justificativa apresentada na véspera pela PM, dizendo que a favela se tornou “um hotel de luxo” para chefes de facções de outros estados do Brasil. Em apenas um ano do governo Castro, foram registradas 181 mortes em 39 chacinas no estado. (UOL)

O percentual de brasileiros em situação insegurança alimentar saltou de 17% em 2014 para 36% no final do ano passado, segundo pesquisa do Instituto Gallup em 160 países. Além de ser recorde, é a primeira vez que a fome no Brasil ultrapassa a média global, que fechou 2021 em 35% da população. Entre os 20% mais pobres, faixa com o maior número de filhos, a insegurança alimentar no país chega a 75%, contra uma média mundial de 48%. “A insegurança alimentar nesses segmentos tem efeitos de longo prazo preocupantes por causa do maior número de crianças e da desnutrição”, diz Marcelo Neri, diretor do FGV Social. (Folha)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) vetou a inclusão, aprovada pelo Senado, da psiquiatra Nise da Silveira (1905-1999) no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria. Formada em 1926, a médica revolucionou a psiquiatria brasileira ao combater tratamentos agressivos e usar a arte como ferramenta contra as doenças mentais. Para o Planalto, porém, “não é possível avaliar a envergadura dos feitos da médica Nise Magalhães da Silveira e o impacto destes no desenvolvimento da Nação”. (g1)

Panelinha no Meio. Fome e pressa normalmente não combinam, mas não precisa ser assim. Em poucos minutos, uma sobra de arroz na geladeira e dois ovos viram um delicioso arroz frito com omelete japonesa melhor que o de qualquer delivery. E não esqueça do um molho (bem simples) de mel e vinagre.

Cultura


Aos 81 anos, Bob Dylan segue abrindo caminhos. Recentemente, ele regravou diversas de suas canções clássicas usando um novo formato analógico desenvolvido pelo produtor e guitarrista T-Bone Burnet, o Ionic Originals, – um disco de alumínio laqueado que, segundo seu inventor, oferece fidelidade maior que a de vinis, CDs e, claro, mp3. As canções (e a tecnologia) ainda não têm data para lançamento, mas uma das regravações, Blowin’ In The Wind, vai ser leiloada no próximo dia 7 pela Christie’s, de Londres, com um preço inicial de 600 mil libras, cerca de R$ 3,6 milhões. O leilão é parte das comemorações pelos 60 anos da canção (Spotify), gravada em julho de 1962 e lançada em agosto do ano seguinte. (Rolling Stone)

Não chega a ser A Piada em Debate, esquete antológico do programa TV Pirata, mas Fábio Porchat busca discutir como se fez e se faz rir por aqui nos seis capítulos da série O Que Você Não Sabia Sobre o Humor Brasileiro, que estreou ontem na plataforma de streaming Star+. Além apresentar de entrevistas com comediantes de diversas gerações, como Dani Calabresa e Carlos Alberto de Nóbrega, e cenas de arquivos de filmes e programas, a série busca especular quais os caminhos para o humor no Brasil. (Estadão)

Grande chamariz na edição deste ano do Festival de Cannes, Top Gun: Maverick (trailer) é o destaque nas estreias de hoje nos cinemas. Em vias de fazer 60 anos, Tom Cruise retoma o capacete do piloto naval Pete “Maverick” Mitchell para treinar uma nova geração de azes, mostrar que não está obsoleto e tirar o fôlego dos espectadores por sua aparência — mas também pelas acrobacias aéreas. Seu par romântico é Jennifer Connelly, que, aos 51 anos, parece, como o ator, viver em modo Dorian Grey. Quem prefere algo mais denso tem a opção do colombiano Tantas Almas (trailer), sobre um pescador que tem a família assassinada por milicianos. Ou ainda o documentário Suzanne Daveau (trailer), da portuguesa Luisa Homem, sobre a geógrafa e aventureira francesa.

Confira a programação completa dos cinemas na sua cidade. (AdoroCinema)

Cotidiano Digital


O Brasil é uma das prioridades do Google no combate à desinformação, disse Sundar Pichai, CEO da gigante de tecnologia, ao Estadão. Durante uma teleconferência com jornalistas, o executivo afirmou que pretende investir no país, mas que parte do problema está na falta de consenso para tratar do tema. “Sei que tem muitas conversas e propostas legislativas sobre desinformação ocorrendo por aí neste momento. Então, vamos investir muito no Brasil”, disse Pichai. Uma das propostas de regulação no país é o PL das Fake News. O Google, assim como Facebook e Twitter, se opôs à proposta, argumentando que o texto não garante o combate às notícias falsas. (Estadão)

Então… O assunto do momento no Twitter ficou de fora da reunião entre os acionistas da rede social nesta quarta-feira. Os investidores fizeram perguntas sobre os próximos passos da aquisição pelo bilionário Elon Musk, que anunciou recentemente a suspensão das negociações. Mas os executivos da companhia se recusaram a responder e disseram que o acordo seria discutido em outra reunião. O conselho do Twitter também passou por mudanças no encontro de ontem. Além de ter sido o último dia após 16 anos do cofundador da rede social, Jack Dorsey, os acionistas também votaram contra a reeleição de um aliado de Musk para o conselho. (The New York Times)

E se você é um entusiasta dos leitores de livros digitais e tem um Kindle antigo, aqui vai uma má notícia: alguns modelos do dispositivo vão perder o suporte da Amazon e deixarão de ser atualizados ainda este ano. Segundo a empresa, modelos do dispositivo da 5ª geração e anteriores não terão mais acesso à sua loja a partir de agosto de 2022. (iG)

Você já conhece o Pioneiros? O programa de membros traz vários benefícios a quem indica o Meio para os amigos. De newsletter exclusiva a ecobags personalizadas. Faça parte do Pioneiros. Não custa nada.





Bem-vindo ao Meio. A assinatura básica é gratuita, comece agora mesmo.



26 de maio de 2022
Consultar edições passadas