Assine o Meio: notícia confiável para quem não tem tempo de ler jornal.



9 de junho de 2022
Consultar edições passadas



3 pesquisas mostram Lula no limiar de vencer no 1º turno


A quarta-feira foi marcada pela chegada de três novas pesquisas eleitorais — todas reforçando as chances crescentes de o ex-presidente Lula (PT) vencer no primeiro turno. É exatamente o que aconteceria se as eleições fossem hoje pelo levantamento da Quaest, em que o petista aparece com quase 53% dos votos válidos. O segundo turno, afinal, ocorre quando o candidato líder tem menos da metade dos votos válidos. Se seu total é maior do que a soma dos votos recebidos por todos os outros a vitória é garantida na primeira volta. Os números das outras duas pesquisas apontam para o limiar desta possibilidade. No PoderData ele teria 48% dos votos válidos e, no Ipespe, 47,9%.

Os números do Ipespe, aos quais o Meio teve acesso, não foram divulgados oficialmente. De acordo com Mônica Bergamo, a corretora XP cancelou a distribuição por pressão de clientes e políticos bolsonaristas. O que incomodou foi o dado segundo o qual os eleitores associavam honestidade mais ao petista (35%) que ao presidente (30%). O deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP) encabeçou a pressão sobre a XP. (Folha)

Então... Lula teria 45% dos votos pelo Ipespe contra 34% de Jair Bolsonaro (PL), 9% de Ciro Gomes (PDT), 3% de Simone Tebet (MDB) e 1% para André Janones (Avante), Vera Lúcia (PSTU) e Pablo Marçal (PROS).

A Quaest/Genial mostra Lula na frente com 46% — equivalente a 52,87% dos votos válidos. Em seguida vêm Bolsonaro, com 30%; Ciro, com 7%; Janones, com 2%; e Simone Tebet e Pablo Marçal, com 1% cada. Os números são praticamente os mesmos da pesquisa anterior, mas não podem ser comparados porque esta incluía João Doria (PSDB), que desistiu da candidatura. (UOL)

Também o Poder Data indica estabilidade em relação ao último levantamento. Lula lidera com 43%, mas não supera a soma dos adversários: Bolsonaro (35%), Ciro (6%), Janones (2%) e Tebet, José Maria Emayel (DC) e Luciano Bivar (UB), com 1% cada. Num eventual segundo turno, Lula venceria Bolsonaro por 50% a 40%, cenário que se mantém há três meses. (Poder360)

Esses números estão perturbando Bolsonaro. Os ministros do Supremo ouvidos por Andreia Sadi atribuem o destempero do presidente às pesquisas eleitorais desfavoráveis e ao temor do que possa acontecer a ele e seus filhos em caso de derrota. E isto preocupa seus aliados. O acirramento de seu discurso, conta Valdo Cruz, passa a imagem de “destemperado”, afastando eleitores de centro, cruciais para seus planos de reeleição. (g1)

O PSDB fechou ontem um acordo para apoiar a candidatura da senadora Simone Tebet (MDB-MS) ao Planalto, que deve ser formalizado na reunião de hoje da Executiva Nacional. O pacto foi firmado por líderes dos dois partidos e do Cidadania no gabinete do senador tucano Tasso Jereissati (CE), um dos mais cotados para companheiro de chapa da colega de Senado. Tebet, porém, não estava presente e participou de forma remota. O acordo foi possível após o MDB abrir mão da candidatura ao governo do Rio Grande do Sul em favor do tucano Eduardo Leite. (Estadão)

Após o precedente aberto com o ex-ministro Sérgio Moro (UB), o PSOL quer que o TRE de São Paulo rejeite também a transferência de domicílio eleitoral do ex-ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos), candidato bolsonarista ao governo do estado. “Ele não mora no estado. Se Moro foi impedido de concorrer, é preciso apurar se Tarcísio se encaixa no mesmo caso”, tuitou Juliano Medeiros, presidente nacional do PSOL. (UOL)

O ex-ministro não parece preocupado. A Guilherme Amado, ele disse que sua situação é diferente da de Moro e que o MP Eleitoral não viu irregularidade em sua transferência de domicílio. (Metrópoles)

Enquanto isso... Sérgio Moro se reuniu na noite de ontem com o vice-presidente do União Brasil, Antonio Rueda, para discutir seu destino político, conta Bela Megale. Forçado a concorrer pelo Paraná, o ex-ministro estaria disposto a acatar o que partido decidisse. (Globo)

Três dias depois do desaparecimento do jornalista Dom Phillips e do indigenista Bruno Araújo e a despeito da prisão de um suspeito de envolvimento com o caso, a Polícia Federal se limitou nesta quarta-feira, como mostra o g1, a “não descartar nenhuma linha investigativa” sobre o caso. O secretário de Segurança do Amazonas, general Carlos Alberto Mansur, disse à Folha que “ainda não há indícios fortes de crime” e que o suspeito foi preso por portar munição de uso restrito e uma quantidade de drogas. O dito suspeito, Amarildo da Costa de Oliveira, o Pelado, conta com uma assessoria de peso. Como mostra o Globo os dois advogados que se apresentaram como seus representantes são também procuradores dos municípios de Atalaia do Norte, onde Pelado está preso, e de Benjamim Constant, cidade vizinha.

Nossa assinatura premium não tem pegadinha, daquelas que é mais barata nos primeiros meses e depois dá um salto, ou daquelas outras que você precisa falar com sei lá quantos atendentes para cancelar, precisa dar um tempo? É só ir em nosso site premium e cancelar, depois você pode voltar, quando quiser. Sempre pelo mesmo preço, mais barato do que um lanche na padaria. Assine.

Embratel

Tech no próximo nível


Uma combinação poderosa de inteligência artificial e automação está transformando o mundo do trabalho e pode ter impactos na criação e desempenho de várias atividades profissionais nas próximas décadas. Uma pesquisa da PwC mostra que seis em cada 10 norte-americanos têm medo de que a automação coloque em risco seus empregos. Se você também acredita que a sua área está em risco, é preciso ter consciência da situação em que se encontra e se preparar, principalmente se sua atividade estiver concentrada em tarefas rotineiras, que podem ser feitas por uma máquina. Veja três formas de não perder o seu trabalho para a inteligência artificial.

O metaverso caiu no gosto do brasileiro, segundo indica uma pesquisa do Instituto Ipsos. No levantamento, 60% dos brasileiros veem a tecnologia de realidade aumentada e virtual como algo positivo. O índice é menor que o de países como China (78%) e Índia (75%), mas foi maior que a média global de 50%. Além disso, 63% se mostraram bem-informados sobre o metaverso, reconhecendo o impacto da tecnologia em diversas áreas. (Instituto Ipsos)

Outro estudo mostrou um dado preocupante: a área da saúde foi a terceira mais atacada no Brasil por ransomware em 2021, ficando atrás apenas de Governo e Indústria. De acordo com o mapeamento da Apura Cyber Intelligence, muitas das informações roubadas em ciberataques são vendidas na dark web e chegam a valer mais do que informações bancárias. A pesquisa destaca que, durante a pandemia, hospitais, clínicas e outras instituições da área da saúde passaram a ser alvo principal de hackers, colocando em risco até a vida de pacientes. (Forbes Brasil)

Viver


O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu, ontem, que os planos de saúde não são obrigados a cobrir procedimentos fora da lista da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que abrange exames, cirurgias e fornecimento de medicamentos. Seis dos nove ministros da Segunda Seção do tribunal entenderam que a lista da ANS é taxativa, ou seja, todos os procedimentos cobertos estão fixados no documento, e não exemplificativa, no qual a lista funciona como uma referência mínima de cobertura para os convênios. (Folha)

O entendimento dos ministros prevê algumas exceções, como em casos de procedimentos indicados pelo médico após esgotarem as opções incluídas na lista da ANS ou que não haja substituto terapêutico, além de tratamentos para câncer e remédios utilizados fora da prescrição indicada na bula. Especialistas avaliam que o rol de cobertura da ANS é limitado e não contempla tratamentos importantes e fármacos aprovados recentemente pela Anvisa. A decisão também afeta pessoas com autismo e vários tipos de deficiência, que precisam de tratamentos cujo número de sessões de terapias são limitados pela lista. (g1)

O Brasil confirmou, ontem, seu primeiro caso de varíola dos macacos em um homem de 41 anos que passou por Espanha e Portugal antes de voltar para São Paulo, onde está em acompanhamento médico no Instituto de Infectologia Emílio Ribas, na capital. O paciente apresentou os primeiros sintomas em 28 de maio, como febre e dor muscular. Atualmente, o Ministério da Saúde investiga outros oito possíveis casos no país, sendo dois em Santa Catarina, dois em Rondônia e mais um caso em cada estado de CE, MS, RS e SP. (g1)

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de mil casos de varíola dos macacos já foram confirmados em 29 países em que o vírus não é considerado endêmico. A boa notícia é que não houve nenhuma morte registrada até o momento. (CNN Brasil)

Panelinha no Meio. Quando o inverno chegar, eu quero estar junto a ti. Se possível com uma sopa quentinha. Uma pedida clássica é o caldo verde, mas por que não variar a receita? Em vez do paio, a proteína vem de um rico caldo de suã, um injustamente esquecido corte suíno. Outra bossa é usar a couve rasgada e refogada previamente, em vez de cortada em tiras finas e colocada crua no caldo.

Cultura


O idioma preferencial das estreias hoje nos cinemas é português. A começar pela comédia Jesus Kid (trailer), de Aly Muritiba, na qual Paulo Miklos faz um escritor fracassado que vê seus personagens invadindo a vida real. Já Amado (trailer), de Edu Felistoque e Erik de Castro, mostra a luta de um policial honesto contra bandidos com e sem farda. E o documentário luso-brasileiro Escrita Íntima (trailer) recria, por meio de cartas, fotos e memórias, a história de Maria Helena Vieira Da Silva e Arpad Szenes, artistas que encontraram no Brasil um refúgio da guerra na Europa. Claro, há cinemão americano. Liam Neeson faz um matador com suspeita de Alzheimer em Assassino Sem Rastro (trailer), enquanto Até a Morte (trailer) se escora no talento dramático de Megan Fox. Vá por sua conta e risco.

Confira a programação completa dos cinemas na sua cidade. (AdoroCinema)

Aliás... Acontece de hoje até o dia 15 a 7ª edição do Festival Internacional de Cinema LGBTQIA+, que exibe gratuitamente online 27 filmes de 19 países tratando da diversidade sexual. Os dez longas e 17 curtas estão disponíveis na página do SESC. (Globo)

Lou Reed (Spotify) foi (e ainda é) ao mesmo tempo um dos mais festejados e alternativos cantores e compositores do rock americano, desde sua estreia no grupo Velvet Underground (Spotify), empresariado por Andy Warhol, até sua morte, em 2013. Agora, uma exposição em Nova York, montada a partir dos arquivos pessoais do cantor, mostra, além de 600 horas de áudio, curiosidades como sua coleção de discos de soul e a fita, guardada numa caixa fechada até 2016, com as primeiras versões de músicas que escreveu para o VU. (Estadão)

O Tribunal de Justiça de São Paulo negou recurso de Roberto e Erasmo Carlos contra uma decisão que manteve com a editora Irmãos Vitale os direitos sobre 27 canções que a dupla compôs nos anos 1960. Como conta Rogério Gentile, a lista inclui sucessos como Quero Que Vá Tudo Pro Inferno e Minha Fama de Mau. Os artistas buscam rescindir contratos de cessão de direitos assinados entre 1964 e 1966 e podem recorrer. (UOL)

Cotidiano Digital


A incerteza de conclusão da compra do Twitter pelo bilionário Elon Musk está travando as conversas com empresas sobre o financiamento do negócio, afirmaram fontes à Reuters. Com isso, o executivo precisaria acrescentar mais dinheiro do próprio bolso para manter a oferta de US$ 44 bilhões pela rede social. Nesta semana, advogados de Musk alertaram o Twitter de que ele pode desistir da aquisição se a empresa não fornecer dados sobre spam e contas falsas. Enquanto isso, o Twitter planeja realizar uma votação de acionistas até o início de agosto sobre a venda da empresa, além de fornecer a Elon Musk um acesso sem precedentes aos dados da plataforma sobre bots. (Reuters)

A Microsoft anunciou que está reduzindo suas operações na Rússia devido à invasão na Ucrânia. Desde março, a companhia tem desistido de lançar novos produtos e serviços no país — a decisão vai impactar 400 funcionários no escritório local. O comunicado acrescenta que a Microsoft está “trabalhando em estreita colaboração com os afetados”. Além da gigante de software, a IBM também anunciou que vai encerrar seus negócios na Rússia. (The Verge)

Você já conhece o Pioneiros? O programa de membros traz vários benefícios a quem indica o Meio para os amigos. De newsletter exclusiva a ecobags personalizadas. Faça parte do Pioneiros. Não custa nada.





Bem-vindo ao Meio. A assinatura básica é gratuita, comece agora mesmo.



9 de junho de 2022
Consultar edições passadas