Assine o Meio: notícia confiável para quem não tem tempo de ler jornal.



21 de julho de 2022
Consultar edições passadas..



PF põe estatal do acordo Bolsonaro-Centrão na mira


A Polícia Federal fez ontem uma operação para apurar denúncias de corrupção na Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), estatal entregue pelo governo Bolsonaro ao Centrão em troca de apoio político. Na ação, que aconteceu em diversas cidades do Maranhão, foram apreendidos R$ 1 milhão em espécie e objetos de luxo, como relógios. Um dos principais alvos foi a empreiteira Construservice, vice-líder em licitações da estatal e que é acusada, entre outras irregularidades, de usar sócios-laranjas para participar de concorrências públicas. A PF suspeita que o esquema de corrupção para beneficiar a empreiteira foi elaborado dentro da Codevasf, que recebeu bilhões de reais durante o governo Bolsonaro por meio de emendas do orçamento secreto. Um dos presos na operação é o empresário Eduardo José Barros Costa, conhecido como “Eduardo Imperador”, sócio oculto da Construservice e que já representou a empreiteira em reunião oficial com o presidente da estatal, Marcelo Moreira. Os agentes acreditam que o empresário atuava com seis empresas de fachada e laranjas para direcionar licitações. (Folha)

A pesquisa do PoderData divulgada ontem trouxe uma boa e uma má notícia para o presidente Jair Bolsonaro (PL). A boa é que, de acordo com os resultados, a probabilidade de a eleição ser resolvida no primeiro turno se tornou muito baixa. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera com 43% das intenções de voto, seis pontos a menos que a soma dos concorrentes: o próprio Bolsonaro, com 37%; Ciro Gomes (PDT), com 6%; Simone Tebet (MDB), com 3%; André Janones (Avante), com 2%; e Pablo Marçal (PROS), com 1%. Os demais não chegaram a um ponto. A má notícia é que Bolsonaro fica estacionado na simulação de segundo turno, subindo para 38%, dentro da margem de erro, enquanto Lula salta 8 pontos e vai a 51%. A chave está na rejeição, já que 52% dos eleitores dizem que não votariam no presidente de forma alguma, contra 38% que rejeitam Lula. (Poder360)

A direção do PL informou ontem ter cancelado 40 mil das 50 mil inscrições para a convenção do partido, que vai confirmar a candidatura à reeleição do presidente Jair Bolsonaro. O evento acontecerá neste domingo, no Rio. Segundo a legenda, haveria um movimento de militantes e parlamentares de esquerda para esvaziar a convenção, reservado lugares e não comparecendo. Em 2020, nos EUA, tática semelhante transformou em fiasco um dos primeiros megacomícios da campanha do republicano Donald Trump. (UOL)

Já o PDT... Realizou ontem, em Brasília, sua convenção nacional e confirmou a candidatura ao Planalto do ex-ministro Ciro Gomes. Candidato pela quarta vez, ele atacou tanto Bolsonaro quanto Lula em seu discurso e afirmou que deseja que a vaga de vice em sua chapa seja ocupada por uma mulher. O nome ainda não foi escolhido porque o partido tentará “até a última hora” uma aliança com outra legenda, o que ainda não aconteceu. (CNN Brasil)

E hoje o PT realiza em Brasília a “convenção protocolar” que homologará a candidatura de Lula. Em campanha no Nordeste, o ex-presidente não participará presencialmente do evento. (Poder360)

Enquanto isso... Lauro Jardim revela que uma ala do MDB quer trocar a candidata Simone Tebet pelo ex-presidente Michel Temer, que, aparentemente a pedido do grupo lulista, propôs o adiamento da convenção partidária, marcada para o dia 27. A aposta é arriscada, pois Temer jamais venceu uma eleição majoritária e deixou o Planalto com apenas 7% de aprovação. (Globo)

A partir da próxima terça-feira estreia uma novidade por aqui. É a #MesaDoMeio, um programa de entrevistas ao vivo, em que Mariliz Pereira Jorge, Christian Lynch e Pedro Doria irão conversar semanalmente com as pessoas que fazem e pensam política no Brasil, com um olhar para as próximas eleições e além. Não perca, nesta terça, dia 26, às 19h, no YouTube.

Meio em vídeo. Má fé rondou o Brasil nesta semana. Presidente mentindo na frente dos embaixadores, trabalhadora perdendo indenização e o obrigado a Paulo Guedes. A Curadoria Meio Maravilhosa desta quarta é sobre a falta de limites do país. (YouTube)

A Polícia Civil do Distrito Federal está tratando como suicídio a morte do diretor de Controles Internos e Integridade da Caixa Econômica Federal, Sérgio Ricardo Faustino Batista. O corpo dele foi encontrado por um vigilante na noite de terça-feira, na sede da instituição, em Brasília. Funcionário de carreira, Batista chefiava desde 2020 a área responsável por receber denúncias, como as de assédio sexual que derrubaram o ex-presidente do banco Pedro Guimarães. (g1)


O Reino Unido terá pela primeira vez um primeiro-ministro descendente de indianos ou pela terceira vez uma mulher. Ontem, na última votação da bancada, os parlamentares do Partido Conservador decidiram que o ex-ministro das Finanças Rishi Sunak e a ex-ministra do Exterior Liz Truss vão disputar nos votos dos 160 mil filiados quem será o próximo líder da legenda e, por conseguinte, o sucessor do premiê demissionário Boris Johnson. (BBC)

Com o Meio Político, você não fica sem argumento. Com a nossa assinatura premium você recebe todas as quartas-feiras a nossa edição exclusiva sobre o cenário político, em profundidade. Conheça os benefícios e assine agora.

Embratel

Tech no próximo nível


As Cidades Inteligentes já são realidade em vários países do mundo graças a tecnologias como Internet das Coisas (IoT), videomonitoramento, inteligência artificial (IA) e analytics. São municípios que usam a inteligência para melhorar os serviços públicos e utilizar os recursos de forma mais eficiente. Entre os benefícios estão o aumento da segurança pública, uso racional de energia para iluminação, melhorias no trânsito e maior compreensão das demandas dos cidadãos. Conheça as possibilidades das smart cities.

O Google anunciou nesta semana que vai testar protótipos de óculos de realidade aumentada no próximo mês. A empresa deve começar as testagens em pequena escala, com um equipamento que leva câmera, microfone e monitores na lente. Os ensaios serão conduzidos por um grupo de pessoas selecionadas nos Estados Unidos e vão analisar funções de sensoriamento de áudio, para transcrição e tradução da fala, e sensoriamento visual, que usa dados de imagens para tradução de texto. (Época Negócios)

Manter os funcionários satisfeitos no trabalho é uma ótima maneira de melhorar a produtividade, aumentar a satisfação do cliente e impulsionar o crescimento da receita em empresas. Garantir que o colaborador tenha as ferramentas necessárias em modelos híbridos e remotos de trabalho tem sido um desafio, principalmente para os gestores de Tecnologia da Informação (TI). Como fornecer suporte rápido e eficiente em qualquer lugar e a qualquer hora? Entenda. (Forbes)

Cultura


Uma das mais amadas peças infantis brasileiras, Pluft, o Fantasminha!, escrita em 1955 por Maria Clara Machado, chega hoje aos cinemas (trailer). Para acentuar o clima sobrenatural, mas divertido, a diretora Rosane Svartman filmou os atores-fantasmas debaixo d’água, com um resultado fofo e arrojado. Fofura, porém, passa longe de outra história de fantasmas, Telefone Preto (trailer), no qual um adolescente preso no porão de um serial killer vivido por Ethan Hawke começa a receber mensagens dos espíritos de vítimas anteriores. E, numa semana de muitas boas estreias, vale destacar Casa de Antiguidades (trailer), de João Paulo Miranda Maria, uma denúncia contra o racismo estrelada por Antonio Pitanga. (Estadão e Folha)

Confira a programação dos cinemas na sua cidade. (Adoro Cinema)

Desde que foi lançada, em 1971, a canção American Pie, de Don McLean, desperta paixão e diferentes leituras. Ao longo de 8,36 minutos – a música mais extensa a chegar ao topo das paradas – sua letra traça um cenário muitas vezes amargo do rock e da juventude americana desde fevereiro de 1959, quando um acidente aéreo matou Buddy Holly, então a grande aposta de renovação do estilo. Agora, o documentário O Dia em Que a Música Morreu, da Paramount+, conta a história da canção e confirma ou desmente as diversas interpretações para cada referência. (Estadão)

Comemorando 125 anos, a Academia Brasileira de Letras (ABL) acumula itens como originais de livros e poemas e correspondência de seus imortais, entre outras relíquias. Catalogado desde 1943 no Arquivo Múcio Leão, esse material foi digitalizado e está à disposição de pesquisadores, estudantes e qualquer pessoa com acesso à internet. Uma das curiosidades é a ata original de uma sessão de janeiro de 1897, em que Machado de Assis e José Veríssimo debatiam se o nome do Brasil deveria ser escrito com Z ou com S. (Globo)

Viver


Uma pesquisa realizada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Ação Educativa revela que, mesmo com acesso às universidades pela Lei de Cotas, a permanência de alunos contemplados por essas políticas afirmativas segue incerta por problemas financeiros. Os pesquisadores afirmam que apenas a reserva de vagas é insuficiente, e o auxílio estudantil é fundamental para que eles tenham condições de concluir o curso superior. O estudo, que ouviu 424 mil alunos de 63 universidades federais em 2018, mostra ainda que o principal motivo para que estudantes negros pensem em desistir da graduação são as dificuldades financeiras, que foram agravadas pela crise econômica dos últimos anos. (UOL)

A rede criminosa ligada à extração irregular de madeira e o garimpo ilegal na Amazônia não se restringe às regiões ocupadas pela floresta, estando espalhada por 254 cidades de 24 estados brasileiros. É o que aponta o estudo do Instituto Igarapé com base em mais de 300 operações da Polícia Federal entre 2016 e 2021. Apenas Alagoas, Pernambuco e Paraíba não estão no mapa da ramificação do crime ambiental descoberto pelos pesquisadores. Longe das áreas de desmatamento, financiadores ou receptadores do material extraído irregularmente se articulam em diferentes regiões pelo país, demonstrando ter um perfil organizado em ações que envolvem crimes violentos, financeiros, tributários, de corrupção e fraude. (Estadão)

Não é só o telescópio James Webb que faz belas imagens, mirando galáxias nos confins do espaço. Olhando para nosso próprio planeta, também temos belos registros. A Estação Espacial Internacional (ISS) divulgou em seu perfil do Twitter imagens que mostram as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba vistas à noite do espaço. As fotos foram feitas quando a estação orbitava 421,6 km acima das capitais no início do mês. (Folha)

Panelinha no Meio. Com o preço do gás nas alturas, a panela de pressão vira uma aliada importante na economia. E como o almoço de domingo está chegando, fica a sugestão deste ragu de costelinha de porco. É uma avalanche de sabor, pode ser feito de véspera e combina com polenta, arroz, massas e o que mais você desejar.

Cotidiano Digital


O Google lançou ontem no Brasil sua carteira digital. O serviço permite reunir em um único aplicativo dados de cartões de crédito, comprovantes de vacinação, bilhetes de transporte e ingressos para eventos. A Carteira do Google está disponível em dispositivos Android e WearOs por relógios inteligentes, enquanto os cartões poderão ser usados via Google Pay. Entre as empresas e instituições parceiras estão Visa, Mastercard, Nubank, Caixa, Bradesco, Ministério da Saúde e Rock in Rio. Segundo o Google, existem medidas de segurança em relação ao compartilhamento de documentos pessoais dos usuários e em caso de roubo, furto ou perda do celular. (g1)

O lucro da Tesla no 2º trimestre veio acima das projeções do mercado. A fabricante de veículos elétricos fundada por Elon Musk registrou lucro líquido de US$ 2,26 bilhões, uma alta de 98% na comparação com igual período do ano passado. Apesar dos problemas na cadeia de suprimentos e o fechamento de fábricas, foram 258 mil carros fabricados no período, com 254 mil entregues. Junho de 2022 registrou o maior número de produção de veículos da história da companhia. (Estadão)

Ainda de acordo com o balanço divulgado, a Tesla vendeu 75% de sua carteira de Bitcoin, o equivalente a US$ 936 milhões. No ano passado, a empresa investiu US$ 1,5 bilhão na criptomoeda e passou a aceitar Bitcoin como pagamento em março de 2022, mas reverteu a decisão apenas 49 dias depois. (The Verge)

Ajude mais pessoas a ficarem bem informadas todos os dias e ganhe recompensas. Com o Pioneiros, nosso programa de membros, quanto mais amigos indicar, mais brindes recebe. Tem newsletter exclusiva, figurinhas para mandar no WhatsApp, acesso premium, ecobags e adesivos personalizados, além de um agradecimento de Pedro Doria no Ponto de Partida. Com apenas 10 indicações você já se torna um pioneiro e começa a ganhar. Conheça o Pioneiros e faça parte.





Bem-vindo ao Meio. A assinatura básica é gratuita, comece agora mesmo.



21 de julho de 2022
Consultar edições passadas