Senador aciona CVM para suspender indicações políticas na Petrobras

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

Com o objetivo de barrar indicações políticas na Petrobras, o senador Alessandro Vieira (MDB-SE) acionou nesta terça-feira a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), pedindo a suspensão de mudanças estatutárias que vão na contramão da Lei das Estatais, conta Malu Gaspar. Vieira pediu ao órgão que vete nomeações que fujam da legislação até que o Supremo Tribunal Federal (STF) julgue em definitivo uma decisão monocrática do ex-ministro Ricardo Lewandowski, suspendendo restrições da Lei das Estatais como a nomeação de ministros, funcionários com cargo de confiança e representantes de partidos políticos. Apesar de já terem sido aprovadas pelo Conselho de Administração, as modificações no estatuto da petroleira precisam ser referendadas em assembleia, que ainda não tem data para acontecer. Vieira também relatou à CVM o fato de os conselheiros terem tentado evitar a divulgação das mudanças até que a data da assembleia fosse definida. A comunicação ao mercado só foi aprovada após forte pressão dos conselheiros minoritários na última sexta-feira, mas só foi feita ontem. (Globo)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.