Investigação da PF acusa ministro, e governo teme desgaste com o Centrão

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

Em meio a votações importantes no Congresso, o governo Lula se vê diante de uma nova fonte de desgaste com o Centrão, mais especificamente com o União Brasil. Uma investigação da Polícia Federal apontou uma “relação criminosa” entre o ministro das Comunicações, Juscelino Filho, indicado pelo UB, com o dono de um empreiteira acusada de desvios em contratos da Codevasf, estatal entregue ao Centrão. A investigação se baseou em escutas telefônicas entre o empresário e Juscelino obtidas em 2022, quando este era deputado da base bolsonarista. Dentro do Palácio do Planalto, a avaliação é que a presença do ministro desgasta o governo, mas que demiti-lo envolveria um conflito com seu partido durante a tramitação de matérias do interesse do governo, como a reforma tributária. Tudo vai depender do quanto avançarem as investigações. (Folha)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.