PF tem vídeo de Bolsonaro e ministros discutindo ‘dinâmica golpista’

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

A Polícia Federal tem em seu poder o vídeo de uma reunião realizada em 5 de julho de 2022 para discutir a dinâmica golpista. O material foi apreendido na casa do tenente-coronel Mauro Cid, que foi ajudante de ordens do então presidente Jair Bolsonaro e sua transcrição aparece na decisão do ministro do STF Alexandre de Moraes que embasa a operação desta quinta-feira. Para Moraes, a reunião “nitidamente, revela o arranjo de dinâmica golpista no âmbito da alta cúpula do governo, manifestando-se todos os investigados que dela tomaram parte”. Ele também diz que todos os participantes ajudaram a difundir mentiras no período eleitoral sobre o então candidato Lula (PT), o TSE e os ministros do STF. (UOL)

PUBLICIDADE

Segundo a transcrição, conta Bela Megale, Anderson Torres (ministro da Justiça), diz que está desentranhando as relações do PT com a facção criminosa PCC. Já Paulo Sérgio Nogueira (ministro da Defesa) tratou o TSE como inimigo e disse que a Comissão de Transparência da corte era “pra inglês ver”, constituindo um “ataque à democracia”. O general Heleno (chefe do Gabinete de Segurança Institucional), por sua vez, disse que conversou com o diretor-adjunto da Agência Brasileira de Inteligência “para infiltrar agentes nas campanhas eleitorais”. Mas foi calado por Bolsonaro, que pediu para o tema ser tratado apenas com ele. E destacou a necessidade de os órgãos do governo federal atuarem pela vitória de Bolsonaro. “Não vai ter revisão do VAR. Então, o que tiver que ser feito tem que ser feito antes das eleições. Se tiver que dar soco na mesa é antes das eleições. Se tiver que virar a mesa é antes das eleições.” (Globo)

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.