Guedes participou de reunião ministerial onde se discutiu o golpe

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

A reunião ministerial gravada em vídeo na qual Jair Bolsonaro tratou de um golpe de Estado com seus auxiliares foi maior do que fez crer a Polícia Federal, conta Vera Magalhães. Entre os participantes não listados pela PF estava o então ministro da Economia, Paulo Guedes, que se manteve em silêncio quando Bolsonaro conclamou os auxiliares a espalharem desinformação sobre as urnas eletrônicas. (Globo)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.