Egito diz que ofensiva no Sul de Gaza pode levar ao fim de seu tratado de paz com Israel

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

O governo egípcio avisou que a anunciada ofensiva israelense sobre a cidade de Rafah, no Sul da Faixa de Gaza, pode levar ao fim do tratado de paz entre os dois países, firmado em 1978 – o primeiro entre Israel e um país árabe. Situada na fronteira com o Egito, Rafah se tornou, inclusive por pressão israelense, um ponto de convergência para os palestinos de Gaza com a ofensiva de Israel no norte do território, deflagrada após os ataques terroristas do grupo Hamas em 7 de outubro. O governo egípcio reforçou a segurança de sua fronteira temendo de, acossada pelos bombardeios israelenses, a população palestina fuja para a Península do Sinai. Apesar da pressão internacional contrária, os membros de extrema direita no governo de Israel defendem exatamente a remoção dos palestinos de Gaza. (New York Times)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.