Lewandowski anuncia construção de muralhas em presídios federais após fuga de detentos

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, anunciou o plano de construir muralhas nos cinco presídios federais do país, utilizar reconhecimento facial para todos os ingressantes nas unidades, modernizar os sistemas de alertas e videomonitoramento, além de nomear 80 novos policiais penais já aprovados em concurso. Segundo o ministro, as obras na penitenciária de Mossoró (RN) contribuíram para a fuga dos detentos, uma vez que as ferramentas usadas na fuga não estavam guardadas corretamente. Além das falhas no projeto estrutural do presídio, o fato ocorrido pode ter sido facilitado pelo “relaxamento” dos agentes na terça de Carnaval. A pasta acredita que os fugitivos devem estar em um perímetro de 15 km e 300 agentes de segurança foram acionados para as buscas. (UOL)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.