PF vê ‘omissão’ de ex-comandantes em trama de golpe bolsonarista

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

Em meio a toda a conspiração golpista que vem à tona, dois militares de alta patente se mostraram alheios às movimentações para derrubar o Estado democrático brasileiro até o momento. Ainda assim, a Polícia Federal pretende apurar uma suposta omissão dos dois fardados, que, mesmo sabendo da conspiração bolsonarista, não atuaram para conter os golpistas, algo obrigatório para qualquer servidor público – sobretudo aqueles com o poder para tal. De acordo com um relatório da corporação, os investigadores querem entender a razão por trás da inação do general Freire Gomes, ex-comandante do Exército, e do brigadeiro Baptista Junior, antigo chefe da Força Aérea.

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.