De olho no fundo partidário para 2026, Tarcísio deve trocar Republicanos pelo PL

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

Eleito governador de São Paulo pelo Republicanos, Tarcísio de Freitas deve deixar o partido em breve e ir para o PL, de Jair Bolsonaro. Os dois conversaram sobre o assunto no último dia 25, quando houve um ato na Avenida Paulista a favor do ex-presidente. Um dos argumentos para a mudança de Tarcísio, já mirando as eleições de 2026, seja para a reeleição em São Paulo ou uma eventual candidatura a presidente, é o fato de o PL ter o maior fundo partidário, por ter eleito o maior número de deputados, 99, em 2022. Além de Tarcísio, o Republicanos – que apoiou a reeleição de Bolsonaro — elegeu outros aliados do ex-presidente, como a ex-ministra Damares Alves e o ex-vice-presidente Hamilton Mourão, que conquistaram vagas no Senado. Por ser ocupante de cargo majoritário, Tarcísio pode deixar o Republicanos quando quiser. (Poder360)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.