Opositora de Maduro denuncia prisão de mais um aliado

Receba notícias todo dia no seu e-mail.

Assine agora. É grátis.

María Corina Machado, considerada hoje o principal nome da oposição na Venezuela, usou as redes sociais neste sábado para denunciar a prisão pelo serviço secreto de Emil Brandt, seu colega no partido Vente Venezuela. É o quarto integrante da legenda detido pelo governo de Nicolás Maduro em poucas semanas. “Esta ação constitui mais uma violação ao já pisoteado Acordo de Barbados e demonstra que Maduro optou por seguir ‘pelo caminho errado’”, escreveu a líder opositora, referindo-se ao pacto para realização de eleições livres na Venezuela. (Globo)

PUBLICIDADE

Encontrou algum problema no site? Entre em contato.